[views count="1" print="0"]

Prefeitura expande a conexão de internet nas escolas municipais

Estudantes das escolas municipais de Montes Claros estão contando com um potente aliado para reforçar o acesso à informação e ao conhecimento: a internet.

Estudantes das escolas municipais de Montes Claros estão contando com um potente aliado para reforçar o acesso à informação e ao conhecimento: a internet. E, com o Programa de Investimento no Cidadão (PIC), lançando no mês passado, a Prefeitura de Montes Claros vai ampliar ainda mais a conectividade nas unidades de ensino. De acordo com a secretária municipal de Educação, Rejane Veloso, 99% das escolas da rede municipal de ensino possuem acesso à internet.

“E a conectividade vem sendo ampliada gradativamente nos últimos anos, refletindo diretamente na melhoria do índice de qualidade da educação do município, sendo, inclusive, apontada como destaque nacional pelo Ranking de Competitividade dos Municípios 2023, estudo realizado pelo Centro de Liderança Política (CLP)”, ressalta.

Conforme a secretária, o PIC prevê a aquisição de 2 mil computadores, sendo 1,7 mil para uso dos alunos em laboratório e 300 para a área da administração escolar. “Também está em estudo a implantação de equipamento de robótica para os cursos do Ensino Integral”, completa.

EDUCAÇÃO CONECTADA

Em 2020, a Prefeitura de Montes Claros aderiu ao programa Educação Conectada do Governo Federal, viabilizado com recursos do programa Dinheiro Direto na Escola, administrados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e repassados diretamente às unidades escolares. “O município fez a indicação das unidades e, após a aprovação do FNDE, as instituições escolhidas realizaram o chamado Plano de Aplicação Financeira, que reúne informações sobre onde o dinheiro será aplicado”, explica a secretária.

Impulsionadas pelo programa, as unidades de ensino do município puderam ampliar sua infraestrutura tecnológica para distribuição do sinal, contratar serviços de conexão de internet e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais, possibilitando aos alunos o amplo acesso à rede mundial de computadores.

Desde então, as escolas municipais passaram a contar com roteadores de alta capacidade, possibilitando a conectividade em praticamente todos os espaços viáveis, e adquiriram equipamentos de gerenciamento para criar uma rede específica para uso da comunidade escolar, melhorando o desempenho e ampliando a segurança. As escolas que assim optaram também puderam aderir a um novo link de internet exclusivo, garantindo melhor qualidade na conexão para utilização nas aulas, ficando o link já existente mais livre para o uso administrativo. Para garantir o pleno desempenho dos novos dispositivos adquiridos através do programa, a Prefeitura de Montes Claros, utilizando recursos do próprio município, ampliou em 900% a conexão de internet das escolas, que atualmente possuem 200 MB de velocidade para uso interno. Anteriormente, eram apenas 20 MB. Também foram adquiridos 21 mil tablets educacionais para os alunos do Ensino Fundamental.

Rejane Veloso destaca, no entanto, que ainda existem desafios a serem superados para garantir que todas as unidades tenham acesso a recursos tecnológicos de qualidade. “Nas escolas de pequeno porte, localizadas na área rural, e nas unidades inauguradas recentemente, já foi iniciado estudo técnico de viabilidade e a expectativa é de que até o final do ano letivo 2023 todas as unidades estejam plenamente conectadas”, anuncia a secretária.

Rejane destaca que o investimento em tecnologia não se limita apenas à aquisição de dispositivos e acesso à internet, mas também inclui o treinamento adequado para educadores e equipes de suporte técnico.

“À medida que avançamos, buscamos manter o equilíbrio entre a tecnologia e as abordagens de ensino, para que possamos colher os benefícios completos dessa transformação educacional. E todo esse trabalho tem sido conduzido com muito zelo pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) da Secretaria, que é o setor responsável por planejar toda a expansão tecnológica nas escolas, criando ambientes educacionais tecnologicamente equipados e sustentáveis, melhorando os resultados sob todas as perspectivas”, avalia.

Prefeitura expande a conexão de internet nas escolas municipais
ALUNOS usam a tecnlogocia para dinamizar o aprendizado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Unimontes abre inscrições para o programa de assistência a alunos
Unimontes abre inscrições para o programa de assistência a alunos
Estimativa do salário-educação para o município é de R$ 15,7 mi
Estimativa do salário-educação para o município é de R$ 15,7 mi
Município inicia a implantação do Ensino em Tempo Integral
Município inicia a implantação do Ensino em Tempo Integral
Prefeitura e UnifipMoc - Afya assinam acordo que garante desconto para servidores e dependentes
Prefeitura e UnifipMoc - Afya assinam acordo que garante desconto para servidores e dependentes
Governo do estado autorizou concurso na Unimontes para a contratação de 321 novos professores para a instituição
Governo autoriza concurso na Unimontes
Concurso da Educação abre 1.440 vagas
Concurso da Educação abre 1.440 vagas
Município investe em qualificação para o aperfeiçoamento da Ensino
Município investe em qualificação para o aperfeiçoamento do Ensino
SME amplia o Ensino em Tempo Integral
SME amplia o Ensino em Tempo Integral
Januária prorroga prazo por um ano para contratação
Cidade realizará uma seletiva dos Jogos Escolares de Minas
Senac abre inscrições para 11 cursos profissionalizantes
Pirapora abre Ano Escolar 2024 com Jornada Pedagógica
Aberta seleção para coordenador de curso na UAB
MP faz recomendação à Prefeitura de Ninheira
Campus Salinas com vagas abertas
IFNMG-Campus Januária abre inscrições para ocupação de vagas remanescentes
BANNER 2
Governo autoriza contratação de 68 profissionais para o HU
PC prende padrasto por abusos cometidos contra enteada
Homem desaparece em Espinosa
Cão ajuda PM a encontrar drogas
Preso acusado de espancamento no Santo Inácio por causa de dívida em boteco