[views count="1" print="0"]

Obras do Hospital de Câncer Infantojuvenil avançam

O câncer representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, no Brasil. Uma dura realidade que pode ser mudada. Isso porque as chances de cura da doença podem ultrapassar 80%.

O câncer representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, no Brasil. Uma dura realidade que pode ser mudada. Isso porque as chances de cura da doença podem ultrapassar 80%. Mas para que isso aconteça, é necessário que o diagnóstico seja precoce e o tratamento realizado em centros especializados. No Norte de Minas não existe um centro especializado exclusivo para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer. A referência é a Santa Casa de Montes Claros, que também atende várias outras especialidades. É por isso que a Fundação Sara se uniu à instituição para construir um Centro de Referência exclusivo para esse público.

“Com a construção do Hospital de Câncer Sara Albuquerque, o atendimento será migrado das atuais instalações da Santa Casa para um espaço totalmente lúdico e com equipe específica para esse público, garantindo que todas as crianças da região tenham acesso a tratamento inovador, assim como já acontece em grandes centros”, explica o presidente da Fundação Sara, Álvaro Gaspar.

CAMPANHA

A campanha para construção da obra é de responsabilidade da Fundação Sara, e a gestão do Hospital será compartilhada com a Santa Casa de Montes Claros. “Este sonho só será possível de ser realizado com o apoio da sociedade, empresários e de todos que possam contribuir de alguma forma. Por isso, convidamos todos a se unirem a nós nesta causa nobre. Juntos, podemos garantir mais chances de futuro para esses pequenos, e o futuro precisa ser construído hoje”, ressalta Álvaro Gaspar.

SOBRE A OBRA

Focado no tratamento de câncer infantojuvenil, o hospital está sendo construído em terreno de aproximadamente 1.200m², localizado na Rua Tiradentes, nº770, no Centro de Montes Claros. O local contará com estrutura de atendimento exclusivo para crianças e adolescentes e adequada ao público, além de equipe técnica especializada, ambiente de trabalho com excelência em clima organizacional, conforto ambiental e, especialmente, eficiência e resolutividade.

A obra, estimada em R$ 8 milhões, será composta por 3 pavimentos: subsolo, térreo e 1º andar. Nesta primeira fase será entregue o Hospital Dia, uma estrutura que contará com 11 leitos pediátricos para quimioterapia, 1 leito de isolamento, 3 apartamentos, ambulatório exclusivo, consultórios médicos, sala de procedimentos, brinquedoteca, sala de reabilitação, espaço família e consultório odontológico.

COMO AJUDAR

Para contribuir, basta doar qualquer valor pela chave pix: fundacacaosara@fundacaosara.org.br. As doações também podem ser por cartão ou boleto bancário, basta acessar www.fundacaosara.org.br/ hospital. Algumas iniciativas da sociedade também estão sendo realizadas em prol da obra. Uma delas partiu da empresária e influenciadora Letícia Turano, que está mobilizando colégios de Montes Claros, por meio do Cofre Solidário. A ação começou esta semana e vai até o Dia das Crianças, 12 de outubro.

A ideia é mobilizar o público infantojuvenil. Alguns empresários e famílias também já garantiram apoio por meio de apadrinhamento de ambientes. São eles: Aguacenter, Brametal, Cemig (Programa Ai6%), Comar, Família Eleutério, Instituto Ronald McDonald, Letícia Turano, Maria Aúrea, Mercolub, Ministério Público do Trabalho, Novo Nordisk, Raízen, Sicoob Credinor, Tambasa e Túlio de Melo.

Obras do Hospital de Câncer Infantojuvenil avançam
Visita técnica à obra. Da esquerda para direita: Janice Gomes (Arquiteta); Maurício Sérgio Souza (Superintendente da Santa Casa de Montes Claros); Osmar Geraldo Rego (Diretor da Construtora Cosmos); Álvaro Gaspar (Diretor Presidente da Fundação Sara)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Mutirão de limpeza contra o Aedes aegypti mobiliza 35 municípios
Mutirão de limpeza contra o Aedes aegypti mobiliza 35 municípios
Santa Casa de Montes Claros A Unilever anunciou um investimento de R$ 80 milhões para a Unilever investe R$ 80 mi em Pouso Alegre discute planejamento estratégico
Santa Casa de Montes Claros discute planejamento estratégico
Presidente do HAT busca apoio financeiro em Brasília
Presidente do HAT busca apoio financeiro em Brasília
Itacarambi realiza avaliações com mais de 100 pacientes
Itacarambi realiza avaliações com mais de 100 pacientes
HDG recicla mais de 20 toneladas de resíduos em 2023
HDG recicla mais de 20 toneladas de resíduos em 2023
Região receberá R$ 12,3 mi para reduzir fila
Região receberá R$ 12,3 mi para reduzir fila
Montes Claros declara guerra à dengue
Montes Claros declara guerra à dengue
SES-MG amplia apoio ao Norte de Minas na eliminação do Aedes aegypti
SES-MG amplia apoio ao Norte de Minas na eliminação do Aedes aegypti
Casos de dengue disparam e CCZ fará outro mutirão neste sábado
Projeto prevê obrigatoriedade de mamógrafo em municípios
Proposta cria programa para monitorar saúde e prevenir doença em idosos
Secretário e coordenador de Saúde explicam que município passa por momento atípicos de casos
Minas Gerais abre inscrições para curso de Trabalho e Saúde Mental
Publicados avisos de licitação para construção de duas UPAs
Câmara aprova projeto que vai beneficiar santas casas
Montalvânia adere a campanha de conscientização
BANNER 2
Rotary repassa recursos ao Lar Padre Henrique
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
PF recaptura condenado a 96 anos que participou da Chacina de Unaí
Mulher baleada no rosto e braço em São João do Paraíso com 38
Retido ônibus com mercadorias avaliada sem R$ 200 mil na BR-135 em Montes Claros