Loja Maçônica, União Paz e Justiça realiza sessão ritualística

A Loja Maçônica União, Paz e Justiça nº 1.781, através do seu venerável mestre Ramon da Silva Ribas, promoveu sessão especial em homenagem ao dia das Mães.

A Loja Maçônica União, Paz e Justiça nº 1.781, através do seu venerável mestre Ramon da Silva Ribas, promoveu sessão especial em homenagem ao dia das Mães. O evento aconteceu segunda-feira (20/ 5), em templo próprio, na Rua Gentil Dias, 430 – Bairro Cândida Câmara. A sessão ritualística especial em homenagem às Mães contou com a presença de vários irmãos, cunhadas, sobrinhos e sobrinhas, além de vários ilustres visitantes.

A sessão contou com as presenças do presidente da Fraternidade Feminina da Loja, a cunhada Flávia Kristina Catone Menezes; os sapientíssimos Irmãos Celso Costa de Souza e Noélio Boaventura; ambos detentores da Medalha Dom Pedro I, e do Venerável Mestre da Loja Deus, União e Trabalho, Ir.’. Danilo Cordeiro.

A sessão especial contou com a presença do superintendente regional d Codevasf, Marco Antônio Câmara e da professora e exsuperintendente regional e Ensino, Salete Souza Netter (palestrante).

O primeiro a discursar foi o “Escudeiro da Távola Redonda”, sobrinho Davi Lourenzo que fez uma linda homenagem às mães, emoldurado pela sua mãe-vovó e do venerável mestre da D.U.T. Danilo Cordeiro, que o apoiava na logística fonográfica. Foi um momento de “castelo”.

Prosseguindo a sessão, os presentes assistiram a palestra do dia: – A palestrante Salete Souza Nette iniciou sua fala agradecendo a presença de todas as mães, bem como tantas outras mães que não puderam estar presentes fisicamente na concorrida sessão pública especial – discorreu acerca do surgimento do dia das mães.

Ela abordou as dores sentimentais de ser mãe, tendo como exemplo seus valores obtidos na infância – estimas, estas, a fizeram lapidar sua pessoalidade – qualidade que a fez ajudar seus alunos que sofriam por insuficiência de alimentação. Ela enfatizou ainda, a sua vocação de ser professora e a união da família – substantivos que robusteceram em face dos conselhos da sua genitora.

Ao final da cerimônia, foi entregue um botão de rosa a todas as mães presentes, as rosas também simbolizavam àquelas que já partiram para o Oriente Eterno (falecidas).

Por fim, o orador Ir. José Ponciano Neto; em suas considerações finais, parabenizou as cunhadas – sobrinhas – sobrinhos e visitantes, em especial, os obreiros da Loja pela iniciativa – discorreu sobre a luta das mães na lida com os filhos (adolescentes e crianças).

Ele alertou as mães diante das maldades do mundo que deixam – os jovens – vulneráveis diante das redes sociais – um mundo que vem fazendo das crianças e adolescentes uns verdadeiros “kamikazes” perante uma sociedade voraz, recheada de malfeitores e ódio. Segundo José Ponciano, foi uma noite especial para a família maçônica, onde a maioria exprimiu suas emoções diante de todas as palavras ditas durante o evento.

A Loja Maçônica União, Paz e Justiça (UPJ), mais uma vez, neste dia tão especial de homenagem às Mães rendeu as homenagens aquelas que são a representatividade da Divindade na Terra, que se doam e amam incondicionalmente de forma despretensiosa.

A Loja U. P. J. parabenizou ainda todos os irmãos obreiros pela belíssima condução da sessão especial de homenagem às mães. A condução da sessão especial foi conduzida pelos mestres: Venerável Mestre Ramon da Silva Ribas; 1º vigilante: Ir.’. Melquíades Ferreira de Oliveira; 2º vigilante: Ir. Gerley Aparecido Guimarães; Orador: Ir. José Ponciano Neto; secretário: Ir. Antônio Lúcio da Silva; mestre de cerimônia: Lucídio Menezes; chanceler: Ir. José Henrique Pereira.

Após os trabalhos, todos se dirigiram ao salão nobre de festas para degustar de uma belíssima ágape – ocasião em que as “Cunhadas-Mães” e os demais presentes externaram as suas emoções pelo o brilhantismo do evento, conforme informou José Ponciano, ex-venerável da Loja Maçônica Deus União e Trabalho nº 3.310 – e ainda suplente de deputado federal no Grande Oriente em Brasília (DF) – CIM: nº 243.540

Loja Maçônica, União Paz e Justiça realiza sessão ritualística
Sessão foi realizada em templo próprio, no Bairro Cândida Câmara pelo venerável mestre Ramon Ribas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Copasa investe R$ 10 milhões em obras de abastecimento de água
Copasa investe R$ 10 milhões em obras de abastecimento de água
Polícia Civil vai investigar incêndio em universidade
Polícia Civil vai investigar incêndio em universidade
Sebrae Minas e APACS realizam 1º Seminário da Cachaça em Salinas
Sebrae Minas e APACS realizam 1º Seminário da Cachaça em Salinas
Congresso da AMM reúne prefeitos
Congresso da AMM reúne prefeitos
Setenta mulheres são capacitadas para montagem de trackers solares
Setenta mulheres são capacitadas para montagem de trackers solares
Copasa garante recursos para universalizar saneamento
Copasa garante recursos para universalizar saneamento
Sexagenário desaparecido é encontrado em Bocaiúva
Sexagenário desaparecido é encontrado em Bocaiúva
Dirigentes se reúnem para votar porte de arma para advogados
Ocorrências de queimadas mais que dobraram em um mês em MG
Posto do Sine disponibiliza 92 vagas de empregos na cidade
CBM anuncia concurso com 329 vagas em Minas
Comunidades recebem Programa Água Doce
Município adia início do prazo de inscrições para o dia 1º de julho
Adolescente chama bombeiros ao ver cobra em refrigerador
Sudene quer criar Rede para fomentar inovação na região
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste