[views count="1" print="0"]

Grupo Maria Cutia apresenta o Auto da Compadecida em Montes Claros

Com trajetória de quase 20 anos, a trupe belo-horizontina traz ao Norte de Minas a releitura do conhecido “Auto da Compadecida”

Com trajetória de quase 20 anos, a trupe belo-horizontina traz ao Norte de Minas a releitura do conhecido “Auto da Compadecida”, obra de Ariano Suassuna, com concepção e direção geral de Gabriel Villela, e ainda a comédia romântica “Como a gente gosta”, peça de William Shakespeare, dirigida por Eduardo Moreira (Grupo Galpão). Tratam-se de espetáculos teatrais e oficinas gratuitos. Nesta sexta-feira (24), às 19h30, a trupe inaugura a circulação na Praça da Catedral, em Montes Claros, com o consagrado “Auto da Compadecida”.

A releitura mineira da obra do paraibano Ariano Suassuna tem concepção e direção geral de Gabriel Villela. Já no sábado (25/11), às 18h30, é a vez de Riacho dos Machados receber a trupe na Quadra da Escola Ediston Alves de Souza, com o clássico “Como a gente gosta”. Livremente inspirado em “As You Like it” de Shakespeare, a peça é dirigida por Eduardo Moreira (Grupo Galpão). E no dia 26, domingo, a turnê encerra em Porteirinha com mais “Auto da Compadecida”, dessa vez em dose dupla: sessões às 17h e às 19h30, no Centro Cultural.

A programação nas três cidades tem acesso gratuito e está disponível no Instagram @grupomariacutiadeteatro. Em Montes Claros, a apresentação teatral conta com interpretação em Libras e audiodescrição com guia-intérprete. E em Porteirinha, as sessões também possuem intérprete de Libras. Este projeto possui patrocínio da Equinox Gold, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, e realização do Grupo Maria Cutia, do Ministério da Cultura e do Governo Federal – União e Reconstrução.

Em 2006, a premiada companhia belo-horizontina colocou, pela primeira vez, os pés na estrada e, desde então, foi da Amazônia à África, passando por seis países e 22 Estados brasileiros. “A gente sempre teve um sonho de conhecer o Brasil todo. Um sonho impossível, né? E a gente une isso à vontade de descentralizar e sair do eixo Rio São Paulo”, revela a atriz e fundadora da trupe, Mariana Arruda.

Nascida em Montes Claros, Mariana conta que voltar às origens suscita muitas lembranças. “Sempre que o Maria Cutia vai ao Norte de Minas, eu me lembro da menina que fui e das primeiras vezes que vi e que brinquei de teatro pela terra onde cresci. Chegar com o ‘Auto da Compadecida’, em Montes Claros e Porteirinha, é uma viagem a esse meu sonho de teatro e toda a poesia que ele me apresentou na infância e que, hoje ainda, me faz pensar, sonhar, mudar”, afirma.

Na versão mineira de Auto da Compadecida, as aventuras picarescas de João Grilo e Chicó tem acento tropicalista. Os atores cantam, ao vivo, canções de Roberto Carlos, Caetano Veloso, entre outros grandes nomes da música brasileira. Nos cenários e figurinos, criados por Gabriel Villela, referências fortes do barroco mineiro.

Já Riacho dos Machados também recebe, pela primeira vez, “Como a gente gosta”. Comédia romântica livremente inspirada na peça “As You Like it” de William Shakespeare, o espetáculo promete ao público muito romance, suspiro e boas risadas. Embora “Como a gente gosta” já tenha uma história antiga com outras praças do Norte de Minas. “Circulamos com a peça pela região, durante a temporada de estreia. Depois, voltamos em outras duas turnês. Lembro-me daquela fila de senhoras com biscoitos e quitutes para botar no chapéu, me perguntando como eu fazia pra decorar tanto texto desse ‘tal Shakespeare’. Existe poesia maior do que essa falada assim pelo público?”, comenta Mariana.

OFICINAS

A oficina Auto no Ato acontece nas cidades de Montes Claros, nesta sexta-feira, das 10 às 12h, na Sala do Curso de Teatro da Unimontes, e, em Porteirinha, no sábado, das 14h às 16h, no subsolo da Biblioteca Pública Municipal Professora Gecy Lima Tolentino (Centro Cultural). Com 25 vagas por cidade, a oficina propõe vivência cênico-musical com técnicas de canto e expressão vocal utilizadas durante a criação da montagem “Auto da Compadecida”.

“Vamos propor jogos de improviso com o objetivo compartilhar nossa experiência e vivência cênica enquanto coletivo, usando várias linguagens como a música, o teatro e a palhaçaria”, adianta a coordenadora de produção da trupe Luisa Monteiro. A oficina é voltada para artistas, estudantes de arte, educadores e interessados em geral.

As inscrições são gratuitas no link na bio @grupomariacutiadeteatro ou presencial. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio de preenchimento de formulário on-line disponível na bio do instagram @grupomariacutiadeteatro. No caso de Porteirinha, os candidatos também podem se inscrever presencialmente na Biblioteca Pública Municipal ou na SEC. Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer – Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer.

Grupo Maria Cutia apresenta o Auto da Compadecida em Montes Claros
CENA do espetáculo Auto da Compadecida, que será apresentado na cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Marcelo Guimarães expõe “Cores Vivas” no Museu
Marcelo Guimarães expõe “Cores Vivas” no Museu
Coral Viva Voz participa de missa sertaneja na Praça de Eventos
Coral Viva Voz participa de missa sertaneja na Praça de Eventos
Montes-clarense lança o livro Parangolares que homenageia artista plástico falecido tragicamente
Montes-clarense lança o livro Parangolares que homenageia artista plástico falecido tragicamente
Cineasta reinicia produção de filme sobre Zé Côco do Riachão
Cineasta reinicia produção de filme sobre Zé Côco do Riachão
LIVRO AROLDO
Livro Parangolares homenageia artista plástico montes-clarense
Município apoia realização de evento cultural em Monte Azul
Município apoia realização de evento cultural em Monte Azul
Museu Regional abre exposição inédita sobre história da cerveja
Museu Regional abre exposição inédita sobre história da cerveja
Secretaria de Cultura e Turismo divulga programação da 42ª Festa de Alto Belo
Secretaria de Cultura e Turismo divulga programação da 42ª Festa de Alto Belo
Semdecult participa de I Chá com Bordado
Filme “U omi qui casô cua mula” será apresentado nesta sexta
Inscrições para participar do evento na capital mineira seguem até o final do mês
Programa Minas para Sempre avança e contempla dez projetos
Drama “Faça a coisa certa” encerra as sessões do Cinema Comentado
Cinemaracas exibirá filme sobre negritude e o combate ao racismo
Mostra Sesc de Cinema começa em Montes Claros na terça-feira
Livro sobre o nascimento do SUS será lançado na cidade-mãe hoje
BANNER 2
Governo autoriza contratação de 68 profissionais para o HU
PC prende padrasto por abusos cometidos contra enteada
Homem desaparece em Espinosa
Cão ajuda PM a encontrar drogas
Preso acusado de espancamento no Santo Inácio por causa de dívida em boteco