[views count="1" print="0"]

Governo se destaca em relação à transparência

Pesquisa aplicada pelos Tribunais de Contas (TCs), por meio da Associação dos membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), classificou a transparência do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais como diamante, posicionando Minas na classificação mais alta proposta pela instituição.

Pesquisa aplicada pelos Tribunais de Contas (TCs), por meio da Associação dos membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), classificou a transparência do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais como diamante, posicionando Minas na classificação mais alta proposta pela instituição. Enquanto o desempenho médio de transparência dos portais públicos no Brasil é de 57,92%, Minas está na faixa das entidades que atingiram entre 95% e 100% da pontuação.

“Na avaliação realizada no último ano, a transparência do Executivo mineiro atingiu 93,68% pontos (nível ouro). O resultado foi satisfatório, mas apontou a necessidade de efetuarmos melhorias no Portal da Transparência. Trabalhamos para atender aos requisitos e, neste ano, atingimos a pontuação de 98,51%, ocupando o nível diamante”, explica a subcontroladora de Transparência, Integridade e Controle Social da Controladoria-Geral do Estado (CGE), Soraia Dias.

“O Governo de Minas e a CGE trabalham juntos para tornar os dados públicos cada vez mais acessíveis para as cidadãs e cidadãos mineiros”, explica o controlador-geral do estado, Rodrigo Fontenelle. “A CGE entende que a transparência é uma das ferramentas mais importantes para o enfrentamento da corrupção e para a gestão eficiente da máquina pública”, concluiu.

PESQUISA – Ainda de acordo com o Índice de Transparência da Atricon, Minas Gerais é uma das unidades da Federação com os portais públicos mais transparentes, com média de 75,12%, somando o desempenho dos Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário). A pesquisa analisou 8.045 portais dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, dos TCs, Ministérios Públicos e Defensorias Públicas, das três esferas de governo: União, estados, municípios e do Distrito Federal, além de entidades da administração indireta federal.

Os dados foram apresentados, nessa segunda-feira, pelo coordenador do Programa Nacional de Transparência Pública (PNTP), Antonio Joaquim, e pelos integrantes do Grupo de Trabalho (GT) da Transparência, Risodalva Castro e Volmar Bucco Júnior, durante o Seminário Transparência em foco. O estudo, em segunda edição, é promovido pela Atricon em conjunto com os Tribunais de Contas da União (TCU) e do Estado do Mato Grosso (TCE-MT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

FABIANO VEM REESTRUTURAR PROGRESSISTAS PARA ELEIÇÕES
Fabiano vem reestruturar Progressistas para eleições
Prefeitura tem mais de R$ 364 mi em caixa
Prefeitura tem mais de R$ 364 mi em caixa
Governador de Minas Gerais promove mudança na equipe
Governador de Minas Gerais promove mudança na equipe
Projeto Jequitaí será licitado na Bolsa de Valores
Projeto Jequitaí será licitado na Bolsa de Valores
Prefeitura anuncia mais um pacote de obras
Prefeitura anuncia mais um pacote de obras
Vices firmam aliança para eleições municipais
Vices firmam aliança para eleições municipais
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Relatório do Código Eleitoral deve prever fim da reeleição
STF invalida regra sobre distribuição de sobras eleitorais
Prefeitos convocados para nova mobilização nacional
Prefeituras vão receber capacitação com foco em projetos sustentáveis
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
TSE vai iniciar análise das resoluções na terça
Governo pagará parcelas da dívida com os municípios
Assembleia recebe vetos parciais ao PPAG e ao Orçamento de 2024
BANNER 2
Escola supera marca de quase 700 mil certificações
Jovem preso com drogas em Janaúba
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares