Comissão pretende realizar debate sobre limites territoriais

Audiência discutiu a situação de comunidades situadas a 43 quilômetros do município a que pertencem

A Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização pretende realizar debate público na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) sobre a necessidade de desmembramento de municípios, a fim de solucionar conflitos relacionados aos limites entre as cidades. O anúncio foi feito nessa segunda-feira pelo vice-presidente da comissão, deputado Leleco Pimentel, do PT, no âmbito de audiência pública que discutiu especificamente o caso de Curral de Dentro e Santa Cruz de Salinas, cidades localizadas no Norte de Minas.

As comunidades rurais de Passagem de Pedra, Laranjão e Caraíbas estão a oito quilômetros da sede do município de Curral de Dentro. Porém, elas pertencem legalmente a Santa Cruz de Salinas, que está a 43 quilômetros de distância. Além disso, para chegar até lá, é necessário passar por Curral de Dentro. “Os moradores dessas comunidades são atendidos hoje por um município ao qual não pertencem, mas querem pertencer”, afirmou o deputado.

A população de Passagem de Pedra, Laranjão e Caraíbas busca uma série de serviços públicos, como os de saúde e educação, no município de Curral de Dentro, que, no entanto, não tem direito aos recursos financeiros relativos ao atendimento a essas pessoas.

O prefeito de Curral de Dentro, Adaildo Moreira, afirmou na audiência dessa segunda-feira que, após negociações com o Ministério da Saúde, conseguiu a criação de uma quarta equipe do Programa Saúde da Família (PSF), para se juntar às outras três preexistentes e atuar diretamente nessas comunidades rurais. Ele acrescentou que também a comunidade de Saltador é atendida prioritariamente pela Prefeitura de Curral de Dentro.

DESMEMBRAMENTO – Tanto Adaildo Moreira quanto o chefe de gabinete da Prefeitura de Santa Cruz de Salinas, Niclei Nunes, destacaram não haver divergências entre os dois municípios sobre maior vinculação dessas comunidades rurais a Curral de Dentro. O problema são as restrições impostas pelas legislações estadual e federal, uma vez que não é da competência dos municípios legislar sobre seus próprios limites territoriais.

A pesquisadora Aliane Maria Baeta, que representou a Fundação João Pinheiro, destacou que, atualmente, essas restrições legais impedem o desmembramento de áreas de um município para anexação a outro. Ela lembrou, ainda, que essas questões são dinâmicas e que a alteração de limites territoriais entre municípios pode resolver alguns problemas, mas gerar outros. “Muitas coisas são legais, mas são injustas”, afirmou, no entanto, o deputado Doutor Jean Freire, do PT, que também participou da discussão.

Por causa da necessidade de mudança em leis estaduais e federais, o deputado Leleco Pimentel pretende realizar debate público amplo, com representantes de órgãos como a Procuradoria-Geral da União, a Procuradoria-Geral do Estado, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a própria Fundação João Pinheiro, além de representantes de municípios. “São milhares de conflitos como esses que estão espalhados no Estado de Minas Gerais”, disse o vice-presidente da comissão.

Comissão pretende realizar debate sobre limites territoriais
Limites territoriais de municípios do Norte de Minas foram discutidos em audiência pública

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emenda que amplia salário será votada
Emenda que amplia salário será votada
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Cidade terá programa Governança Corporativa
Cidade terá programa Governança Corporativa
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Prefeitura presta contas na Câmara
Prefeitura presta contas na Câmara
Zema exalta posse de montes-clarense no TSE
Congresso destaca apoio do Governo às prefeituras
Estado apresenta soluções inovadoras para municípios
Vereadores pedem fim do lixão no bairro Canelas
Deputada do PL vai assumir Secretaria no governo Zema
TRE trabalha com foco nas eleições municipais
Último FPM de maio tem aumento de 20%
Deputados aprovam revisão dos salários para servidores
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste