Com bagagem, Autuori tenta salvar o Cruzeiro

Paulo Autuori foi o nome escolhido para o comando do Cruzeiro até o fim desta temporada. O diretor celeste ocupa a vaga de treinador deixada por Zé Ricardo no último domingo.

Paulo Autuori foi o nome escolhido para o comando do Cruzeiro até o fim desta temporada. O diretor celeste ocupa a vaga de treinador deixada por Zé Ricardo no último domingo. A missão do novo técnico é salvar o time do rebaixamento. Autuori está no clube como diretor técnico desde agosto deste ano. O Cruzeiro informou que “após debates e análises sobre o próximo comandante da equipe, Paulo Autuori atendeu à solicitação da diretoria do Cruzeiro Esporte Clube – SAF para integrar interinamente a comissão técnica da equipe principal”.

O treinador do sub-20, Fernando Seabra, e o auxiliar permanente, Vinicius Rovaris, vão compor a comissão que vai acompanhar Autuori nos próximos seis jogos. O time chegou a tentar a contratação de Vanderlei Luxemburgo, mas sem sucesso. O Cruzeiro afirma que “o objetivo é que o clube mantenha o seu alinhamento operacional interno e concentre todas as forças e energias para os próximos seis jogos da competição”.

O novo treinador pega o time em 17º lugar, com 37 pontos, um a menos que o Bahia, primeiro time fora da zona do rebaixamento. O Cruzeiro tem dois confrontos diretos com clubes que também lutam contra o descenso para a segunda divisão. Vasco e Goiás são jogos importantíssimos para a permanência do time na série A. Paulo Autuori já tem três passagens pelo Cruzeiro como técnico. A primeira foi em 1997, quando conquistou a Libertadores. Ainda trabalhou na Toca em 2000 e 2007. O retorno para a função de diretor técnico, trabalhando próximo à comissão e ao elenco, ocorreu no início de agosto.

Autuori tem 67 anos e vasta experiência no futebol, seja como técnico ou fora das quatro linhas. O último trabalho foi como treinador do Atlético Nacional, da Colômbia, mas, antes disso, vinha exercendo funções nos bastidores. Também à beira do campo, conquistou a Libertadores e o Mundial de 2005, com o São Paulo, além do Brasileirão de 1995, com o Botafogo. Acumula ainda passagens por Bulgária, Catar, Japão, Peru e Portugal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Montes Claros Vôlei segue coma preparação para o Brasileiro
KAIO
Futebol coloca Montes Claros em evidência nacional e internacional
Cruzeiro x Atlético será antes de decisões
Cruzeiro x Atlético será antes de decisões
Líder, North buscará a primeira vitória fora de casa contra o Boa
Líder, North buscará a primeira vitória fora de casa contra o Boa
Atlético pega o San Lorenzo nas oitavas
Atlético pega o San Lorenzo nas oitavas
Milito prepara volta de Paulinho contra o Bahia
Milito prepara volta de Paulinho contra o Bahia
Cruzeiro pega o São Paulo após classificação na Sul–Americana
Cruzeiro pega o São Paulo após classificação na Sul–Americana
North busca revanche contra a URT neste sábado
North busca revanche contra a URT neste sábado
AEESB abre inscrições para aulas gratuitas
Município compra equipamentos para prática de vários esportes
Meia Maratona José Nardel vai distribuir R$ 67 mil em prêmios
Cássio vai defender o Cruzeiro
Cruzeiro precisa vencer Alianza na Colômbia para se manter vivo
Bastidores da venda do Cruzeiro teve choro um "não" preliminar
Unimontes e North Esporte Clube sinalizam parcerias
Tombense e Cruzeiro jogam neste domingo
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste