[views count="1" print="0"]

Atlético corta em 45% distância do líder

O Atlético reagiu no Campeonato Brasileiro, enquanto o líder Botafogo não vence há quatro rodadas. Nas redes sociais, um ou outro torcedor mais otimista do Galo já vislumbra o título.

CCCCCCÉ algo quase impossível. Mas a distância para a primeira colocação ajuda a entender a fase atual do time de Felipão. Ela foi cortada quase pela metade no período de oito rodadas.

A chance de título brasileiro para o Atlético, em 2023, é de ínfimos 1,2% (UFMG). Portanto, falar disso é ilusão. Por outro lado, a distância entre o Galo e o Botafogo, que chegou a ser de 22 pontos, agora virou 12 pontos. O vice-líder da Série A, agora, é o Bragantino, com cinco pontos a mais do que o alvinegro mineiro.

Ao fim da 17ª rodada, o Atlético perdeu em casa para o Flamengo (de virada) no Independência, enquanto o Botafogo goleava o Coritiba por 4 a 1. Ao final da rodada, o Galo ficava em 13º lugar (seu pior cenário até aqui), com 21 pontos, e o Fogão somava 43 pontos.

A virada de chave do Atlético aconteceu logo em seguida. A primeira vitória de Felipão veio diante do São Paulo, por 2 a 0. Houve o tropeço contra o Vasco da Gama no Maracanã, a única derrota desse período, que contou com vitória diante do próprio Botafogo. O Galo somou 19 pontos dos últimos 24 disputados.

Nesse período, o time de Bruno Lage somou nove pontos. Ou seja, a distância que era de 22 pontos caiu em 10 pontos (45%), e hoje está em 12 pontos. Ainda bastante considerável, mas que coloca o time mineiro forte para atacar o G-6.

Naquele momento de grande distância entre Atlético e Botafogo, a equipe estava abaixo do Cruzeiro na tabela. A Raposa somava 23 pontos, contra 21 do Galo. Nos últimos 10 jogos do Brasileiro, o Atlético somou 19 pontos (só o Bragantino fez mais), e o clube comandado por Ronaldo Fenômeno despencou, com apenas oito pontos – só Inter e Coritiba fizeram menos.

Na próxima rodada, o Atlético recebe o Coritiba na Arena MRV, às 18h30, no domingo. Já o Botafogo, que empatou com o Goiás na segunda-feira, irá visitar o Fluminense no clássico carioca. Neste caso, a torcida do Galo espera por um tropeço da equipe de Fernando Diniz (6º). Outro secador ligado é contra o Flamengo (5º), que visita o Corinthians. Assim, se vencer, o Atlético ingressará no G-6.

Atlético corta em 45% distância do líder
COM GOLS, Paulinho ajuda o Atlético na reação no Brasileirão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

América projeta fechar fase na primeira colocação geral
América projeta fechar fase na primeira colocação geral
CRUZEIRO MIRA O 1º LUGAR GERAL CONTRA UBERLÂNDIA EM BH
Cruzeiro mira o 1º lugar geral contra Uberlândia em BH
ATLÉTICO BUSCA VAGA NAS SEMIFINAIS
Atlético busca vaga nas semifinais
Corrida José Nardel voltará a ter 21 km em 30 de junho
Corrida José Nardel voltará a ter 21 km em 30 de junho
Técnico poderá fazer testes no Cruzeiro
Técnico poderá fazer testes no Cruzeiro
Coelho e Galo brigam por classificação
Coelho e Galo brigam por classificação
América tem aproveitamento melhor de quando foi campeão
América tem aproveitamento melhor de quando foi campeão
Atlético terá quatro desfalques no clássico
Atlético terá quatro desfalques no clássico
Atlético fica fora do top 10 dos patrocínios
América tenta avançar em Maringá
Associação Jaíba Olímpica firma parceria com a Vale S/A
Com novo técnico, América vai tentar ser campeão após 7 anos
Itabirito vende o mando de campo e pegará o Atlético em Brasília/DF
Atlético pode repatriar Bernard
Fernando é demitido do cargo de técnico da Seleção Brasileira
Sedese divulga sedes dos Jemg
BANNER 2
Escola supera marca de quase 700 mil certificações
Jovem preso com drogas em Janaúba
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares