[views count="1" print="0"]

Amams cobra socorro aos flagelados pela seca

Quintão sugere a vinda de secretário para discutir ações de combate à fome no Norte de Minas

O secretário nacional de Assistência Social, André Quintão, sugeriu nessa terça-feira à Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) convidar a Secretaria Nacional de Segurança Alimentar do Ministério de Desenvolvimento Social e Cidadania para vir discutir a ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), das cisternas comunitárias e de cestas básicas. Ele veio participar do Seminário de Fortalecimento do Sistema Único de Ação Social (SUAS), realizado no auditório da Amams, quando recebeu o pedido da Amams de liberação de 50 mil cestas básicas para atender aos flagelados pela seca do Norte de Minas.

André Quintão disse que os municípios brasileiros deixaram de aplicar R$ 230 milhões de repasses para a assistência social por causa da pandemia. O Ministério de Desenvolvimento Social e Cidadania publicou portaria permitindo que se aplique esta verba este ano, sem qualquer possibilidade de prorrogação. Quintão lamentou que a assistência social não seja ainda prioridade da maioria dos gestores públicos.

O secretário-executivo da Amams, Ronaldo Soares Mota Dias, mostrou que o Norte de Minas está sendo bastante castigado com a longa estiagem, que agrava o quadro social, pois muitas famílias vivem em situação de vulnerabilidade social e neste momento é necessário o socorro do poder público às vítimas da seca. Eduardo Rabelo, prefeito de Francisco Dumont e membro da diretoria Amams, mostrou a necessidade de ampliação do programa de aquisição de alimentos para todos os municípios e ainda pediu que os municípios sejam financiados para manter as unidades de média e alta complexidade da assistência social, como os abrigos.

A subsecretária estadual de Assistência Social, Mariana de Rezende Franco, salientou que o estado tem procurado o fortalecimento do SUAS no Norte de Minas. Explicou que estão abertas as inscrições para os municípios aderirem ao programa de Cozinhas Comunitárias. Kenia Medeiros, diretora de proteção básica de Montes Claros lembrou que Montes Claros cresceu muito, mas esbarra no crescimento dos casos de usuários de drogas e de pessoas em situação de rua. Ela anunciou a ampliação do número de CRAS na cidade, saindo dos atuais 11 para 12 ou 13.

Amams cobra socorro aos flagelados pela seca
André Quintão participou de reunião na Amams em que se discutiu sobre o agravamento das questões sociais na região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Moradores promovem protesto na MGC-122 neste sábado
Moradores promovem protesto na MGC-122 neste sábado
Crédito do BNB para as micro e pequenas empresas subiu 23%
Crédito do BNB para as micro e pequenas empresas subiu 23%
Câmara da Mulher Empreendedora realiza Café Conexão na terça-feira
Câmara da Mulher Empreendedora realiza Café Conexão na terça-feira
Rede Dr. Laser projeta loja na cidade
Rede Dr. Laser projeta loja na cidade
Barragem do Rio Juramento atinge 100% da capacidade
Barragem do Rio Juramento atinge 100% da capacidade
Cidade aparece bem no Censo do Saneamento
Cidade aparece bem no Censo do Saneamento
XIX Seminário da Mulher Empresária será realizado pela CDL de Montes Claros
XIX Seminário da Mulher Empresária será realizado pela CDL de Montes Claros
Governo acelera programa de regularização fundiária
Governo acelera programa de regularização fundiária
Rotary presta homenagens ao comemorar 30 anos
Dino toma posse como ministro do STF
Cartórios eleitorais do interior estão com telefones alterados
Caixa lança concurso com 2 vagas apenas para M. Claros
ADI questiona artigo do Código de Ética e Disciplina dos Militares de Minas Gerais
Várzea da Palma divulga chamada pública
Prazo para solicitar ou renovar Fies no BNB termina no dia 29
Receita alerta microempreendedor sobre erro na declaração anual
BANNER 2
Rotary presta homenagens ao comemorar 30 anos
Dino toma posse como ministro do STF
Carreta carregada de gesso tomba na Serra de Francisco Sá
Perseguição da PM termina em prisão e recuperação de caminhonete em Patis
Justiça Federal determina retorno de montes-clarense para tratamento em MG