[views count="1" print="0"]

Acusado de matar ex-cunhada é condenado a mais de 40 anos

Leíson Henrique Medeiros Fonseca, acusado de matar a ex-cunhada a facadas em 2022, foi condenado a 45 anos e 10 meses de prisão.

Leíson Henrique Medeiros Fonseca, acusado de matar a ex-cunhada a facadas em 2022, foi condenado a 45 anos e 10 meses de prisão. A sessão do júri popular foi realizada no Fórum Gonçalves Chaves, nessa terça-feira (21), e a sentença foi lida no início da noite. Segundo o Ministério Público, a condenação foi por homicídio qualificado e também pela tentativa de homicídio contra uma testemunha que tentou ajudar a vítima. A defesa do réu informou que vai recorrer da decisão. A cabelereira Claudiélia Miranda de Aguiar saía do salão de beleza no qual era proprietária, quando foi atacada pelo acusado, em março do ano passado.

ENTENDA O CASO – De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, o acusado Leíson Henrique Medeiros Fonseca cometeu o crime por motivo torpe, consistente em vingança porque não aceitava o término do casamento de 24 anos com a irmã da vítima. Após o fim do relacionamento, ele passou a perseguir e ameaçar a ex e os familiares.

Por conta das ameaças, a justiça havia expedido uma medida protetiva que o impedia de se aproximar da ex e dos familiares dela, a menos de 100 metros. No dia do crime, a cabelereira Claudiélia Miranda saía do salão de beleza, quando foi atacada pelo homem com uma faca.

Testemunhas ouviram os gritos de socorro e um homem tentou ajudar, mas também foi atingido com uma facada no quadril. Mesmo ferida, Claudiélia correu para se esconder dentro de um condomínio e caiu na entrada do portão de pedestre. Ela foi atingida na região torácica, cervical e no braço. O acusado foi preso horas após o crime e está recolhido no presídio Regional de Montes Claros. Na época, ele fugiu de bicicleta e foi localizado em um bar no bairro Maracanã.

Acusado de matar ex-cunhada é condenado a mais de 40 anos
Claudiélia Miranda de Aguiar saía do salão de beleza no qual era proprietária, quando foi assassinada a facadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Rapaz esquizofrênico preso após matar homem a facadas
Rapaz esquizofrênico preso após matar homem a facadas
Homem indiciado por estuprar filhas, cunhadas e uma vizinha
Homem indiciado por estuprar filhas, cunhadas e uma vizinha
Estudante ferido a facadas por colega no momento da merenda
Estudante ferido a facadas por colega no momento da merenda
Condenado pelo assassinato do menino Sidney Júnior está de volta ao presídio
Condenado pelo assassinato do menino Sidney Júnior está de volta ao presídio
Dois irmãos presos por tráfico de drogas
Dois irmãos presos por tráfico de drogas
Advogado preso após agredir porteiro de hospital com socos
Advogado preso após agredir porteiro de hospital com socos
Jovem preso com drogas em Janaúba
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares
Polícia realiza primeira ação do Projeto Convivência Harmoniosa
Suspeito de tráfico preso com 100 pedras de crack
Idoso fica ferido ao ser agredido durante assalto
Rapaz preso com cocaína e crack no “Feijão Semeado”
Preso por posse ilegal de arma e maus tratos
Motociclista perde veículo para ladrão no Santo Inácio
BANNER 2
Escola supera marca de quase 700 mil certificações
Jovem preso com drogas em Janaúba
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares