Seminário de Supervisão Clínico-Institucional reforça fortalecimento dos serviços na região

O trabalho implementado pela Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) no Norte de Minas deve se tornar referência para as demais regiões do Estado e a supervisão clínico-institucional dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) deve ser fortalecida, como instrumento de valorização dos profissionais de saúde, bem como de melhoria contínua da assistência prestada aos usuários dos serviços de saúde mental.

O trabalho implementado pela Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) no Norte de Minas deve se tornar referência para as demais regiões do Estado e a supervisão clínico-institucional dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) deve ser fortalecida, como instrumento de valorização dos profissionais de saúde, bem como de melhoria contínua da assistência prestada aos usuários dos serviços de saúde mental.

Essas foram algumas das conclusões do 1º Seminário de Supervisão Clínico-Institucional nos Centros de Atenção Psicossocial: Experiências Bem-Sucedidas nas Macrorregiões Norte e Jequitinhonha, realizado nesta quinta-feira, 19 de outubro, em Montes Claros. Organizado pela Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros, o Seminário contou com a participação de dezenas de profissionais do Norte de Minas e de municípios do Vale do Jequitinhonha.

Na abertura do Seminário a superintendente regional de saúde de Montes Claros, Dhyeime Thauanne Pereira Marques destacou que a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG) tem intensificado as políticas de fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial, “trabalho este que é de fundamental importância para garantir a assistência às demandas de saúde mental da população”.

Por sua vez, o promotor Rodrigo Cavalcante, da Promotoria de Saúde de Montes Claros, lembrou que o tema saúde mental tem importância fundamental na Rede de Atenção Psicossocial, sobretudo por meio dos trabalhos implementados pelos CAPS tanto no que se refere à prevenção e recuperação dos usuários desses serviços. “Com a instituição da política antimanicomial, um dos desafios é fazer chegar ao conhecimento da população como se dá o processo de inclusão social das pessoas com algum tipo de sofrimento mental”, observou o promotor.

O secretário de saúde de Pirapora e representante do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems), Rafael Lana, destacou que os trabalhos de supervisão clínico-institucional constituem a garantia de acesso da população aos serviços de saúde mental, além da valorização do trabalho dos profissionais que atuam nesse segmento de assistência à saúde.

“A partir das experiências bem-sucedidas no Norte de Minas e no Vale do Jequitinhonha, é importante que as iniciativas sejam replicadas para outras regiões do Estado, por meio de um trabalho de educação permanente”, sugeriu Rafael Lana.

Já a referência técnica da Gerência Regional de Saúde de Diamantina, Dominique Mendonça destacou a importância da troca de experiências entre os profissionais que atuam nos serviços de saúde mental, por se constituir importante instrumento de fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial no Estado.

Alcina Mendes Brito, referência técnica em saúde mental na Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros reforçou que “manter a Rede de Atenção Psicossocial bem articulada para garantir o atendimento das demandas da população constitui desafio permanente e, nesse contexto, a supervisão clínico-institucional é um valioso instrumento de apoio aos profissionais de saúde e na garantia da assistência aos usuários”.

Seminário de Supervisão Clínico-Institucional reforça fortalecimento dos serviços na região
O trabalho implementado pela RAPS no Norte de Minas deve se tornar referência para as demais regiões do Estado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Corregedoria-Geral de Justiça realiza 2ª Semana Nacional do Registro Civil
Corregedoria-Geral de Justiça realiza 2ª Semana Nacional do Registro Civil
Líder comunitário arrecada cestas básicas e material de construção na cidade
Líder comunitário arrecada cestas básicas e material de construção na cidade
Nova praça recebe o nome do fotógrafo Aldemário Collares
Nova praça recebe o nome do fotógrafo Aldemário Collares
Mais de 16 mil litros de leite humano são doados em MG
Mais de 16 mil litros de leite humano são doados em MG
Evento para mulheres no Espaço OAB debate empreendedorismo e desenvolvimento pessoal
Evento para mulheres no Espaço OAB debate empreendedorismo e desenvolvimento pessoal
Encontro de inovação vai aproximar meio acadêmico das empresas
Encontro de inovação vai aproximar meio acadêmico das empresas
HDG arrecada donativos para vítimas das enchentes
HDG arrecada donativos para vítimas das enchentes
Cobras de quase 2 metros são capturadas em áreas urbanas
Cobras de quase 2 metros são capturadas em áreas urbanas
Morador em situação de rua morre ao se engasgar
Aberto concurso da Polícia Militar com salários chegando a R$ 7 mil
CB participa de simulado de incêndio em frigorífico
Associação promove festa em Santana
Instituto Cidade Legal inaugura nova sede em Montes Claros
PC e Azul Linhas Aéreas recebem doações para o RS
Municípios são reconhecidos em premiação nacional da Rede de Atendimento
Mostra fotográfica tem apelo para fim daprescrição de casos de abusos sexuais
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito