Sedese e Servas querem impulsionar ações sociais

Contrato prevê iniciativas que visam à redução da desigualdade, erradicação da pobreza e melhoria da qualidade de vida da população

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG) e o Serviço Social Autônomo (SSA-Servas) firmaram, nessa quarta-feira, parceria inédita para impulsionar ações complementares às políticas públicas de desenvolvimento social no estado.

O documento, primeiro contrato de gestão assinado entre o Governo do Estado e um Serviço Social Autônomo, prevê iniciativas que visam à redução da desigualdade, erradicação da pobreza e da fome, além da melhoria na qualidade de vida da população em Minas Gerais.

O contrato de gestão inclui ainda iniciativas que potencializam e aceleram o acesso aos serviços básicos, capacitação profissional, geração de emprego e renda, programas e projetos voltados para a assistência social destinados para os grupos vulneráveis, fomentando uma rede de parceiros capaz de amplificar a inclusão social.

Estão previstas ações de capacitação para os segmentos da assistência social e direitos humanos (criança e adolescente, mulher, idoso, família, população em situação de rua, etc), visando maior profissionalização e sustentabilidade das instituições socioassistenciais do estado de Minas Gerais, por meio de projetos específicos a serem desenvolvidos com diferentes públicos-alvo.

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, afirma que este é o momento de uma nova gestão e de uma nova forma de administrar com mensuração de impacto para a sociedade. O contrato traz uma metodologia que soma à inovação.

“O Servas vai qualificar entidades socioassistenciais, favorecendo o ecossistema de assistência social para prestar melhor serviço de assistência e desenvolvimento social para os mineiros. E isso não tem preço, é uma onda positiva! Nós vamos ser exemplo para todos os estados do Brasil”, finaliza.

Para a presidente do SSA-Servas, Christiana Renault, a celebração desse instrumento jurídico é a forma mais moderna de uma entidade do terceiro setor estreitar a sua relação com o Governo do Estado. “Este passo terá um impacto muito positivo para a assistência social no estado, pois seremos vetores de benefícios para chegar diretamente aos mineiros em situação de vulnerabilidade social”.

A partir deste contrato, o Servas vai estabelecer estratégias com empresas, órgãos públicos e instituições parceiras para garantir recursos materiais e financeiros no apoio a programas e projetos.

Sedese e Servas querem impulsionar ações sociais
Parceria visa adotar medidas para erradicar a pobreza e a fome em Minas Gerais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Bolsa Família paga R$ 18,4 milhões
Bolsa Família paga R$ 18,4 milhões
Programa Água Doce realiza ações no semiárido mineiro
Programa Água Doce realiza ações no semiárido mineiro
DPMG promove Mutirão das Famílias
DPMG promove Mutirão das Famílias
MP Itinerante atende população de 3 municípios norte-mineiros
MP Itinerante atende população de 3 municípios norte-mineiros
Sedese e Servas querem impulsionar ações sociais
Sedese e Servas querem impulsionar ações sociais
Copasa participará das ações do MP Itinerante nesta quinta-feira
Copasa participará das ações do MP Itinerante nesta quinta-feira
Servas participará das ação do MP Itinerante no Norte de Minas
Servas participará das ação do MP Itinerante no Norte de Minas
Prefeitura de Patis entrega títulos para 680 famílias
Prefeitura de Patis entrega títulos para 680 famílias
Parques da região contam com cadeiras adaptadas para pessoas com mobilidade reduzida
OAB oferta treinamento gratuito sobre marketing e tráfego pago
Defensoria Pública realiza nova edição do Projeto Oportunidade
Somente 20% das brasileiras conhecem a Lei Maria da Penha
Vereador garante aplicação de lei em benefício de deficientes
Comissão aprova inclusão de jovens de 18 a 21 anos no Bolsa Família
Ipsemg oferecerá serviço de Assistência Domiciliar
Cliente vai ser indenizado por erro na entrega de ternos
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos