Estado começa georreferenciamento de propriedades rurais

Com investimento de R$ 2,5 milhões, serão beneficiadas mais de 2 mil famílias de agricultores familiares

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG) e o Serviço Social Autônomo (SSA-Servas) firmaram, nessa quarta-feira, parceria inédita para impulsionar ações complementares às políticas públicas de desenvolvimento social no estado.

O documento, primeiro contrato de gestão assinado entre o Governo do Estado e um Serviço Social Autônomo, prevê iniciativas que visam à redução da desigualdade, erradicação da pobreza e da fome, além da melhoria na qualidade de vida da população em Minas Gerais.

O contrato de gestão inclui ainda iniciativas que potencializam e aceleram o acesso aos serviços básicos, capacitação profissional, geração de emprego e renda, programas e projetos voltados para a assistência social destinados para os grupos vulneráveis, fomentando uma rede de parceiros capaz de amplificar a inclusão social.

Estão previstas ações de capacitação para os segmentos da assistência social e direitos humanos (criança e adolescente, mulher, idoso, família, população em situação de rua, etc), visando maior profissionalização e sustentabilidade das instituições socioassistenciais do estado de Minas Gerais, por meio de projetos específicos a serem desenvolvidos com diferentes públicos-alvo.

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, afirma que este é o momento de uma nova gestão e de uma nova forma de administrar com mensuração de impacto para a sociedade. O contrato traz uma metodologia que soma à inovação.

“O Servas vai qualificar entidades socioassistenciais, favorecendo o ecossistema de assistência social para prestar melhor serviço de assistência e desenvolvimento social para os mineiros. E isso não tem preço, é uma onda positiva! Nós vamos ser exemplo para todos os estados do Brasil”, finaliza.

Para a presidente do SSA-Servas, Christiana Renault, a celebração desse instrumento jurídico é a forma mais moderna de uma entidade do terceiro setor estreitar a sua relação com o Governo do Estado. “Este passo terá um impacto muito positivo para a assistência social no estado, pois seremos vetores de benefícios para chegar diretamente aos mineiros em situação de vulnerabilidade social”.

A partir deste contrato, o Servas vai estabelecer estratégias com empresas, órgãos públicos e instituições parceiras para garantir recursos materiais e financeiros no apoio a programas e projetos.

Estado começa georreferenciamento de propriedades rurais
O estado avança com a regularização fundiária rural e a entrega de títulos de propriedade de terras a pequenos agricultores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
Idosa encontrada morta no Rio São Francisco
Idosa encontrada morta no Rio São Francisco
Escoras são colocadas em prédio de 16 andares com risco de cair
Escoras são colocadas em prédio de 16 andares com risco de cair
Estrada que liga Nova Matrona à MG-404 está perto de ser concluída
Estrada que liga Nova Matrona à MG-404 está perto de ser concluída
Mais de 10 mil farão provas na cidade
Mais de 10 mil farão provas na cidade
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Pitbull ataca idoso em comunidade rural
Pitbull ataca idoso em comunidade rural
Associação Grupo da Melhor Idade recebe veículo novo
Associação Grupo da Melhor Idade recebe veículo novo
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Pintor cai de andaime após receber descarga elétrica
Copasa inicia obras para ampliar oferta de esgotamento sanitário
Prefeituras recebem primeiro FPM de abril
Grupo de Trilheiros dá suporte
Trilheiro passa mal e é resgatado pelo CB
Prefeitura anuncia asfalto em Marcela
Circuito de Hipismo acontece neste sábado em Montalvânia
Governo mapeia demandas do mercado de trabalho
Lava-jato era usado com o ponto de tráfico de drogas
Recurso vai definir se polícia pode criar site para identificar envolvidos
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG