Santa Casa realiza procedimento inovador com paciente acordado

No campo da medicina, os avanços na neurocirurgia têm proporcionado novas abordagens para lidar com condições neurológicas desafiadoras.

No campo da medicina, os avanços na neurocirurgia têm proporcionado novas abordagens para lidar com condições neurológicas desafiadoras. Uma dessas técnicas inovadoras é a craniotomia awake, um procedimento cirúrgico que se destaca no tratamento de tumores cerebrais localizados em regiões sensíveis, como a área da fala. O procedimento inovador foi realizado na Santa Casa Monte Claros no último sábado, 16.

“Com a realização desse procedimento, mais uma vez a Santa Casa Montes Claros demonstra o compromisso contínuo em oferecer tratamentos de ponta e cuidados de qualidade aos pacientes. Ao longo dos últimos anos, temos providenciado diversas aquisições de equipamentos médico-hospitalares para proporcionar um atendimento de alto nível e com mais eficácia”, ressalta o superintendente do hospital, Maurício Sérgio Sousa e Silva.

De acordo com o médico neurocirurgião Andrey Alencar, existem vários tipos de tumores intracranianos. “Tumores que estão fora do cérebro, entre o cérebro e o osso, que causam sintomas por comprimir o cérebro e aumentar a pressão intracraniana, ou comprimir um nervo. E tem os tumores intracranianos que são intracerebrais. Esses tumores que estão dentro do cérebro, é necessário fazer uma incisão no córtex cerebral e entrar no cérebro para remover o tumor” explica o médico neurocirurgião.

Andrey Alencar explica como o benefício da avançada técnica é aplicado em tumores localizados em áreas consideradas complexas. “A gente consegue acessar o cérebro com segurança de que não vai causar nenhum dano, nenhuma sequela para o paciente, uma vez que conseguimos preservar as chamadas áreas eloquentes, ou seja, áreas nobres do cérebro”, ressalta.

De acordo com ele, neste caso o tumor estava na área da linguagem, também chamada de área de wernicke, que é a área responsável pela compreensão da linguagem. “Neste tipo de situação, na área da fala, só conseguimos monitorar com o paciente acordado, porque temos que testar a linguagem dele, a compreensão da fala quanto a expressão da fala em si. E isso, testamos com o paciente acordado”, explica Andrey Alencar.

Durante o procedimento, o paciente é submetido a testes como nomeação, identificação de números, de figuras, entre outros. Os testes servem de auxílio à equipe cirurgiã para mapear o cérebro com segurança. “Essa região fica aproximadamente entre o lobo temporal e o lobo parietal. Então, quando os tumores intracerebrais estão nessa região, é necessário acordar o paciente e realizar essa bateria de testes. Estimulamos cada área do córtex cerebral para ver onde, exatamente, é a área da linguagem e onde que podemos de fato fazer o procedimento”, finaliza o médico. O paciente submetido a craniotomia awake teve alta hospitalar 36h após o procedimento, sem nenhum distúrbio de linguagem.

O PROCEDIMENTO foi realizado pelo neurocirurgião Andrey Alencar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Saúde repassa R$ 2,4 milhões para a prevenção de doenças
Saúde repassa R$ 2,4 milhões para a prevenção de doenças
HDG conscientiza colaboradores sobre a segurança no trabalho
HDG conscientiza colaboradores sobre a segurança no trabalho
Santa Casa Montes Claros recebe oficina de libras
Santa Casa Montes Claros recebe oficina de libras
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Deputada repassa R$ 500 mil em emenda ao HDG
Deputada repassa R$ 500 mil em emenda ao HDG
Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Abril Verde e Azul é realizado na Santa Casa
Abril Verde e Azul é realizado na Santa Casa
Setor de endemias promove palestra na Apae de Monte Azul
Setor de endemias promove palestra na Apae de Monte Azul
Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo mosquito Aedes
CRAS realiza campanha nas escolas da sede e zona rural para conscientizar mulheres
Guerra contra o Aedes aegypti chega ao Planalto nesta quinta
Comissão de Saúde é favorável a uso de bactéria no combate à dengue
Unicef faz apelo aos municípios para a vacinação dos estudantes
Consumo de serviços de saúde avança 10,3% após pandemia
Inscrições para o Concurso da Saúde terminam nesta quinta
Mutirão de Prevenção do Câncer será nesta sexta
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos