Ruy Muniz vê pesquisa como indicativo de segundo turno

O empresário Ruy Muniz, pré-candidato a prefeito nas eleições deste ano, em Montes Claros pelo PSB, comenta o resultado da primeira pesquisa eleitoral registrada e legalizada, que aponta o segundo turno nas eleições de outubro deste ano para definir quem administrará Montes Claros a partir de 1º de janeiro de 2025.

O empresário Ruy Muniz, pré-candidato a prefeito nas eleições deste ano, em Montes Claros pelo PSB, comenta o resultado da primeira pesquisa eleitoral registrada e legalizada, que aponta o segundo turno nas eleições de outubro deste ano para definir quem administrará Montes Claros a partir de 1º de janeiro de 2025.

A pesquisa feita pelo Instituto SigDados aponta que a disputa pela cadeira de prefeito será decidida em segundo turno e apontou o atual vice-prefeito, Guilherme Guimarães (União Brasil), com 30,6% das intenções de voto. Já o jornalista Délio Pinheiro (PDT) tem 16,6% e o ex-prefeito Ruy Muniz (PSB) com 16,4%; o deputado federal Paulo Guedes (PT) em quarto lugar, com 7,3%. Maurício Sérgio (PL) com 1,2% e Fábio Máquinas (PMN) com 0,5%.

O levantamento ouviu 950 pessoas em 9 e 14 de maio. A margem de erro é de 3,17%, com nível de confiança de 95%. Brancos e nulos são 17,3%, e não sabem ou não quiseram responder somam 10,1%.

Para Ruy Muniz, “a pesquisa reflete a realidade atual da disputa eleitoral em Montes Claros, indicando um cenário muito aberto e com possibilidade de segundo turno. A liderança de Guilherme Guimarães não se traduz em uma transferência automática da aprovação do prefeito Humberto Souto. Há um grande número de indecisos, e com quatro meses restantes para as eleições, o cenário ainda pode mudar significativamente. É crucial que os eleitores conheçam a verdade e a história de cada candidato para fazer uma escolha informada sobre o futuro prefeito da cidade”.

O pré-candidato a vice-prefeito na chapa de Ruy Muniz, o empresário Kiko Canela afirma que “a pesquisa aponta o esperado, que será uma das eleições mais disputadas de Montes Claros e identifica o teto dos que anunciaram a dois anos suas pré-campanhas e demarca início da migração de apoio e decisões aos demais pré-candidatos, onde Ruy Muniz que vive um dos melhores momentos da sua popularidade, deve crescer muito, por além da sua experiência gestora positiva que toda população reconhece, é o que mais identifica, para resolver o maior problema da cidade que é a Saúde”.

Ruy Muniz vê pesquisa como indicativo de segundo turno
Ruy Muniz e Kiko Canela comentam pesquisa sobre a sucessão municipal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emenda que amplia salário será votada
Emenda que amplia salário será votada
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Cidade terá programa Governança Corporativa
Cidade terá programa Governança Corporativa
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Prefeitura presta contas na Câmara
Prefeitura presta contas na Câmara
Zema exalta posse de montes-clarense no TSE
Congresso destaca apoio do Governo às prefeituras
Estado apresenta soluções inovadoras para municípios
Vereadores pedem fim do lixão no bairro Canelas
Deputada do PL vai assumir Secretaria no governo Zema
TRE trabalha com foco nas eleições municipais
Último FPM de maio tem aumento de 20%
Deputados aprovam revisão dos salários para servidores
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste