Projeto de R$ 300 mi volta a mobilizar a região

Santa Casa busca união política para sensibilizar o governo do estado a construir o Hospital Regional do Trauma

O Norte de Minas retoma a mobilização política para tentar tirar do papel o projeto do Hospital Regional do Trauma, elaborado pela Santa Casa há mais de dez anos e que será fundamental para melhorar a saúde pública no Norte de Minas. Para tanto, contatos foram retomados com o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Tadeu Martins Leite, do MDB e a vice-presidente da Casa, deputada Leninha, do PT, para que façam gestões junto ao governador Romeu Zema, do Novo, mostrando-o a relevância do hospital para a região, no momento em que o governo do Estado retoma a construção dos hospitais regionais. A previsão é de que o projeto consumirá recursos da ordem de R$ 300 milhões em valores atualizados.

Defensor do projeto desde quando assumiu a superintendência da Santa Casa, o empresário Maurício Sérgio Souza e Silva passou a informação sobre o reinício da mobilização pelo Hospital do Trauma ao participar do Programa Na Corda Bamba, na Rádio Terra, nessa quinta-feira pela manhã, apresentado pelo jornalista Hélio Machado. Disse que recentemente discutiu a questão com o presidente e a vice da Assembleia Legislativa, que são naturais de Montes Claros e têm interesse na construção do hospital, que é fundamental para melhorar os serviços de saúde na região, que deixam a desejar, com o aumento da demanda da população.

Além de Tadeuzinho e Leninha, o superintendente da Santa Casa destaca a importância da participação na articulação de toda a bancada do Norte de Minas na Assembleia Legislativa, visando a mostrar sua verdadeira força política junto ao governo estadual. Acredita que a movimentação política seja suficiente para sensibilizar o governador a destinar os recursos necessários para tirar o empreendimento do papel. Para Maurício Sérgio, o Hospital Regional do Trauma é essencial, pelo fato também de Montes Claros ser o segundo entroncamento rodoviário do país, com trânsito intenso pelas rodovias e o risco de acidentes graves, que contribuem para sobrecarregar ainda mais os hospitais da cidade.

RETROSPECTIVA – Disposta a contribuir para combater a superlotação nos hospitais de Montes Claros, que se registra ao longo dos anos, pelo fato de a cidade ser referência em saúde para toda a região e parte da Bahia, a Santa Casa de Montes Claros elaborou o projeto há mais de dez anos e iniciou articulações políticas junto ao governo de Minas para tirá-lo do papel. A iniciativa recebeu o apoio de imediato da Maçonaria. Presidente do Conselho de Veneráveis do Norte de Minas (Convenorte), o atual superintendente do hospital, Maurício Sérgio Souza e Silva promoveu no Buffet Duca e Nazareth com a participação de mais de 1.500 maçons e a presença do então governador Antônio Anastasia, do PSDB.

O projeto do Hospital do Trauma lhe foi apresentado como pauta prioritária do Norte de Minas e ele assumiu o compromisso de construí-lo. Contudo, deixou o governo do Estado e o vice Alberto Pinto Coelho assumiu o comando do Estado e renovou o compromisso com a iniciativa. Entretanto, venceu o mandato e ele também nada fez em relação ao empreendimento. Durante a campanha eleitoral, o ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, do PT, assumiu o mesmo compromisso em visita a Montes Claros, se elegeu, cumpriu o mandato de quatro anos, sem também dar atenção ao Hospital do Trauma, mesmo diante das cobranças das lideranças.

O governador Romeu Zema, que o sucedeu foi outro a se comprometer a construir o hospital, mas também não o fez no primeiro mandato e até agora, no segundo mandato consecutivo, também não se manifesta em relação ao projeto. O governo do Estado somente dá sequência às obras dos demais hospitais regionais, com o propósito de concluí-las e entregá-los à população.

TERRENO – O Hospital do Trauma de Montes Claros será construído em terreno doado pela Prefeitura, à Santa Casa, em uma das administrações do prefeito Luiz Tadeu Leite, do MDB, no bairro Planalto, que o transferiu ao estado como uma das condições para viabilizar o projeto, que até hoje não saiu do papel. Entretanto, com a retomada da mobilização política, Maurício Sérgio espera resultados positivos.

Projeto de R$ 300 mi volta a mobilizar a região
Maurício Sérgio quer sensibilizar Romeu Zema a construir o Hospital do Trauma em Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Deputada repassa R$ 500 mil em emenda ao HDG
Deputada repassa R$ 500 mil em emenda ao HDG
Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Abril Verde e Azul é realizado na Santa Casa
Abril Verde e Azul é realizado na Santa Casa
Setor de endemias promove palestra na Apae de Monte Azul
Setor de endemias promove palestra na Apae de Monte Azul
Dia “D” de mobilização do Vacina Mais Minas mobiliza a região
Dia “D” de mobilização do Vacina Mais Minas mobiliza a região
Resposta às emergência em saúde pauta oficina de preparação em BH
Resposta às emergência em saúde pauta oficina de preparação em BH
SRS conclui oficina com foco na atenção primária e assistência às gestantes
SRS conclui oficina com foco na atenção primária e assistência às gestantes
CRAS realiza campanha nas escolas da sede e zona rural para conscientizar mulheres
Guerra contra o Aedes aegypti chega ao Planalto nesta quinta
Comissão de Saúde é favorável a uso de bactéria no combate à dengue
Unicef faz apelo aos municípios para a vacinação dos estudantes
Consumo de serviços de saúde avança 10,3% após pandemia
Inscrições para o Concurso da Saúde terminam nesta quinta
Mutirão de Prevenção do Câncer será nesta sexta
Modernização do SUS fácil pauta audiência na Assembleia Legislativa
Estado consolida liderança nacional em energia solar
Jovem é agredido e amarrado dentro de casa durante assalto
Roubada carga de 20 toneladas enviada para prédio interditado
Motociclista bate em carro e é arremessado em avenida
Carro furtado em SP é apreendido na MGC-122