PRF discute fiscalização de velocidade em todo o país

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reuniu instituições responsáveis pela normatização e fiscalização de trânsito

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reuniu instituições responsáveis pela normatização e fiscalização de trânsito. O objetivo foi alinhar estratégias para tornar mais eficaz o combate ao excesso de velocidade e reduzir os sinistros nas vias de todo o país.

No encontro, realizado no último dia 15, a PRF apresentou resultados de operações dedicadas exclusivamente à fiscalização de velocidade. Entre as ações exibidas está a Operação Temática de Fiscalização de Velocidade (OTEVEL), realizada no âmbito das superintendências regionais. Durante a OTEVEL há a capacitação de agentes na operação de radares portáteis para uso nas atividades que buscam coibir esse tipo comportamento inadequado.

A preocupação da PRF em discutir o tema é resultado do número de infrações por conduzir acima dos limites de velocidade estabelecidos para a via – uma das principais causas de acidentes – registradas no ano passado. Em 2023, as autuações por excesso de velocidade apresentaram alta de quase 77%, em comparação ao ano anterior: 2022 (417.402) e 2023 – 737.236 (+76,62%).

“As estatísticas sempre nos lembram das vidas perdidas e de histórias pessoais modificadas por acidentes que poderiam ser evitados. Por isso, a definição de requisitos mínimos para a fiscalização de velocidade não trará resultados apenas à esfera técnica, mas poderá salvar vidas de milhares de brasileiros”, destacou o diretor-geral da PRF, Antônio Fernando Oliveira.

Participaram da reunião representantes da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), da Secretaria Nacional de Transporte Rodoviário (SNTR), do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) e da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET).

“Os dados apresentados pela PRF ajudam muito a se tomar decisões, identificar os problemas e identificar os desafios”, lembrou o coordenador-geral do Senatran, Daniel Tavares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Casos de ‘stalking’ crescem 40% em um ano em Minas Gerais
Casos de ‘stalking’ crescem 40%em um ano em Minas Gerais
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Forças de segurança protestam por reajuste
Cegonheira apreendida e motorista detido por direção perigosa na 251
Assaltantes levam mochila com R$ 38 mil
Bandidos invadem casa em Janaúba e roubam R$ 100 mil
Criminosos fingem ajudar motociclista para assaltá-lo
PC investiga suposto envenenamento de duas irmãs de 3 e 6 anos em Jaíba
Operação Corpus Christi nas rodovias do Norte de Minas
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste