PC chama pais para evitar casos de falsos nudes

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) orienta que pais e responsáveis acompanhem seus filhos durante o uso de internet para que novos casos de falsos de nudes, criados a partir da Inteligência Artificial (IA), possam ser evitados.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) orienta que pais e responsáveis acompanhem seus filhos durante o uso de internet para que novos casos de falsos de nudes, criados a partir da Inteligência Artificial (IA), possam ser evitados. A recomendação é feita pelo delegado Ângelo Ramalho, titular na Delegacia Especializada de Apuração de Ato Infracional e responsável por investigar o episódio envolvendo estudantes de uma escola da rede particular de Belo Horizonte.

Um adolescente de 15 anos foi apontado como responsável por editar imagens de pelo menos 20 garotas da mesma unidade de ensino em que ele estuda, criando “falsos nudes”, e divulgá-las em uma rede social. A investigação foi concluída, e o caso encaminhado à Justiça.

“Casos como esse tendem a aumentar exponencialmente com a popularização da Inteligência Artificial (IA) e quando esses episódios ocorrem”, alerta o delegado. Para ele, o fácil acesso a essa ferramenta tecnológica, que pode ser utilizada a partir de um computador e/ou smartphone, além de uma rede de internet, possibilita que novos casos ocorram.

“É algo muito simples de ser feito. Por isso é importante que os pais acompanhem seus filhos na web. Essa supervisão jamais pode ser confundida como invasão de privacidade. Pelo contrário, é uma forma de evitar que aquela criança ou adolescente possa se tornar vítima ou autora desse tipo de crime”, destaca.

Conforme o artigo 241-C do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) simular a participação de crianças ou adolescentes em cena de sexo explícito ou pornográfica é uma prática considerada criminosa.

A lei prevê a prisão de um a três anos, além do pagamento de multa, para as pessoas maiores de 18 anos, consideradas como responsáveis por adulterar, fazer montagens ou modificações em fotos, vídeos ou qualquer outra representação visual, expondo menores de idade a essa situação. Caso o autor seja um menor de 18 anos, o texto indica a possibilidade de internação de até três anos em um Centro Socioeducativo.

“Hoje nós temos uma rede de segurança muito forte, que vai investigar esses casos. É uma mobilização dos órgãos de Justiça, do Ministério Público, da polícia, entre outros. Quando o autor for um menor de idade, é importante destacar que ele será, sim, responsabilizado, e os responsáveis também poderão responder por esse crime”, alerta o delegado Ângelo Ramalho.

Ele afirma que não há registro de outros casos semelhantes na delegacia em que é titular. No entanto, orienta que as vítimas, ao terem conhecimento dos casos, comuniquem com seus responsáveis a fim de que as providências sejam tomadas o quanto antes.

“É extremamente importante que a vítima, ao desconfiar ou saber desse crime, conte para alguém, até mesmo para que ela se sinta acolhida. E nada melhor que os pais para fazer esse acolhimento”, justifica.

O delegado também orienta que seja feito o armazenamento destas imagens, uma vez que elas poderão auxiliar na investigação. “Tire prints ou salve essas imagens e procure, de imediato, a unidade policial mais próximas para que o caso comece a ser apurado. Também é importante denunciar na plataforma em que o conteúdo está publicado para que ele possa ser removido. Caso a plataforma não exclua essas publicações, ela também poderá ser responsabilizada”, conclui.

PC chama pais para evitar casos de falsos nudes
Polícia orienta que os pais e responsáveis acompanhem as crianças e os adolescentes na utilização da web

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

MPMG ajuíza ações contra empresa e seu proprietário por fraude em licitação
MPMG ajuíza ações contra empresa e seu proprietário por fraude em licitação
Procurado pela Justiça preso com drogas, arma e munições
Procurado pela Justiça preso com drogas, arma e munições
Casal preso em quiosque na orla do rio São Francisco após assalto
Casal preso em quiosque na orlado rio São Francisco após assalto
Suspeito de matar homem com vários tiros preso em Janaúba
Suspeito de matar homem com vários tiros preso em Janaúba
Condenado a 113 anos de prisão por estupros de crianças é preso em BH
Condenado a 113 anos de prisão por estupros de crianças é preso em BH
Comitê inicia tratativas para definir estratégias de segurança
Comitê inicia tratativas para definir estratégias de segurança
Lancha explode com casal montes-clarense e três filhos
Lancha explode com casal montes-clarense e três filhos
Motorista de carreta preso ao ser flagrado com arma na cintura
Motorista de carreta preso ao ser flagrado com arma na cintura
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Mulher oferece água e comida para pedintes e acaba sendo assaltada
Rapaz preso em festa com cocaína na cueca em Januária
Casal invade casa e faz a “limpa” em Januária
PC prende suspeito de tráfico de drogas em Ubaí
Homem preso na cidade com celular furtado em loja de BH
Bandidos roubam R$ 36 mil em dinheiro e joias de idoso
Homem esfaqueia a ex na frente da filha deles
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito