Núncio visita Montes Claros para a imposição do Pálio Arquiepiscopal

O Núncio Apostólico e Embaixador da Santa Sé no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, estará em Montes Claros pela primeira vez para a imposição do Pálio (Pallium em Latim) Arquiepiscopal de Dom José Carlos de Souza Campos, quarto Arcebispo Metropolitano de Montes Claros.

O Núncio Apostólico e Embaixador da Santa Sé no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, estará em Montes Claros pela primeira vez para a imposição do Pálio (Pallium em Latim) Arquiepiscopal de Dom José Carlos de Souza Campos, quarto Arcebispo Metropolitano de Montes Claros. O momento solene ocorrerá em Celebração Eucarística na Catedral Metropolitana de Montes Claros, neste sábado (23/ 9), às 10 horas.

O pálio episcopal, símbolo da missão pastoral do arcebispo, foi abençoado e entregue a Dom José Carlos de Souza Campos pelo Papa Francisco, durante a Solenidade de São Pedro e São Paulo, no último dia 29 de junho, em Roma. A insígnia episcopal representa não apenas a autoridade espiritual e a responsabilidade do arcebispo perante sua arquidiocese e as dioceses sufragâneas de sua Província Eclesiástica, mas também simboliza a profunda comunhão entre os arcebispos metropolitanos e a Santa Sé.

Após receber o Pálio das mãos do Papa Francisco, em Roma, Dom José Carlos, segurando o Pálio nas mãos, enviou uma mensagem para todos da Arquidiocese e Província Eclesiástica de Montes Claros. “Com alegria eu recebo e o coloco sobre mim, no tempo oportuno, através das mãos do senhor Núncio Apostólico, como sinal da minha comunhão com o Papa Francisco, com a Igreja que está no mundo inteiro, também em comunhão e em construção de unidade na nossa Arquidiocese e na nossa Província Eclesiástica”, disse.

Quando um arcebispo recebe o Pálio, ele deve usá-lo somente no território de sua Província Eclesiástica. A Província Eclesiástica de Montes Claros é formada pela Arquidiocese de Montes Claros (sede), Diocese de Paracatu, Diocese de Januária e Diocese de Janaúba. O arcebispo de Montes Claros ressaltou a importância da comunhão com toda Igreja. “Seja esse pálio uma expressão da minha comunhão com todos, com o papa, com a igreja local, com a nossa Província Eclesiástica. Deus nos abençoe e nos ajude a construir uma comunhão que seja testemunho e expressão do nosso amor e seguimento a Jesus Cristo!”

A Solene Celebração Eucarística para a Imposição do Pálio será transmitida pelo Canal do Youtube da Arquidiocese de Montes Claros e da Catedral Metropolitana de Montes Claros. Toda a programação da visita do Núncio poderá ser acompanhada pelas redes sociais @arquimoc.

A VISITA

A visita do Núncio Apostólico Dom Giambattista Diquattro é um momento de grande importância para a Arquidiocese de Montes Claros e para toda a região do Norte de Minas Gerais. A comunidade religiosa se reúne em gratidão e expectativa, ansiosa para celebrar e fortalecer os laços de fé e unidade. Está visita representa a continuidade do compromisso da Igreja com o povo da Arquidiocese de Montes Claros e Província Eclesiástica. Não é a primeira vez que um Núncio Apostólico visita a nossa Arquidiocese. A última vez, visitou-nos Dom Giovanni Daniello por ocasião também da imposição do pálio a Dom João Justino de Medeiros Silva, Terceiro Arcebispo Metropolitano, hoje Arcebispo de Goiania.

Dom Giambattista chegará a Montes Claros nesta sexta-feira (22/ 9), e permanecerá até a noite de domingo (24). A visita tem como objetivo a imposição do Pálio, entretanto contará também com uma série de eventos que promovem a comunhão e o compartilhamento de conhecimento e experiências.

PROGRAMAÇÃO

DIA 22 – sexta-feira:

18h45: Chegada do Núncio Apostólico.

DIA 23

8h30: Encontro com o clero arquidiocesano.

10h: Missa com a imposição do pálio na Catedral Metropolitana de Montes Claros.

19h: Missa no Santuário Arquidiocesano do Senhor do Bonfim, em Bocaiúva.

DIA 24

9h: Missa no Carmelo Maria Mãe da Igreja e Paulo VI e encontro com os(as) religiosos(as).

12h: Visita à comunidade dos cônegos da Ordem Premonstratenses.

16h: Encontro no Seminário Maior Imaculado Coração de Maria, com a participação de seminaristas, professores, terapeutas e membros do conselho de formação.

DIAS 23 e 24

A Exposição “Todos Juntos, Ontem e Hoje, Chamados a Evangelizar o Norte Mineiro”, organizada pelo Arquivo da Cúria Arquidiocesana, abordará a história da Arquidiocese de Montes Claros. Será no Centro Paroquial São João Paulo II (ao lado da Catedral Metropolitana) e estará aberta para visitação no sábado das 7h às 9h e das 17h às 21h e no domingo das 8h às 12h e das 18h às 22h.

SOBRE O PÁLIO ARQUIEPISCOPAL

O pálio – derivado do latim Pallium, manto de lã – é uma vestimenta litúrgica usada na Igreja Católica, consistindo de uma faixa de pano de lã branca que é colocada sobre ombros dos Arcebispos. Neste pano representa a ovelha que o pastor carrega nos ombros, assim como fez Cristo com a ovelha perdida. Desta forma podemos dizer que o palio é o símbolo da missão pastoral do bispo. O pálio é também a prerrogativa dos arcebispos metropolitanos, como símbolo de jurisdição em comunhão com a Santa Sé.

Para a confecção do Pálio, dois cordeiros cuja lã é destinada, no ano anterior, são criados pelos monges trapistas da Abadia de Tre Fontane, em Roma. E desde 1644, são abençoados pelo Abade Geral dos Cônegos Lateranenses em Basílica, na Via Nomentana Complexo Monumental de Santa Inês, fora dos muros, no dia em que se faz memória da Santa, em 21 de janeiro. Depois são levados ao Papa no Palácio Apostólico. O Pálio é tecido e costurado pelas freiras de clausura do convento romano de Santa Cecília em Trastevere. Os pálios são armazenados na Basílica de San Pietro, em Roma, aos pés do altar de confissão (altar central), muito próximo ao túmulo do Apóstolo Pedro.

Em sua forma atual, o Pálio é uma faixa estreita de tecido, com cerca de cinco centímetros de largura, tecida em lã branca, curvada no meio para poder repousar sobre os ombros acima da casula e com duas abas pretas penduradas na frente e atrás, de modo que – visto tanto na frente quanto atrás – a vestimenta lembra a letra “Y”.

É decorado com seis cruzes negras de seda (que lembram as feridas de Cristo), uma em cada cauda e quatro na curvatura, e é cortado na frente e atrás, com três alfinetes de gema aciculada em forma de alfinete

Núncio visita Montes Claros para a Unimontes pelos 50 anos imposição do Pálio Arquiepiscopal
O NÚNCIO Apostólico Dom Giambattista Diquattro e o Arcebispo Dom José Carlos de Souza Campos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Corregedoria-Geral de Justiça realiza 2ª Semana Nacional do Registro Civil
Corregedoria-Geral de Justiça realiza 2ª Semana Nacional do Registro Civil
Líder comunitário arrecada cestas básicas e material de construção na cidade
Líder comunitário arrecada cestas básicas e material de construção na cidade
Nova praça recebe o nome do fotógrafo Aldemário Collares
Nova praça recebe o nome do fotógrafo Aldemário Collares
Mais de 16 mil litros de leite humano são doados em MG
Mais de 16 mil litros de leite humano são doados em MG
Evento para mulheres no Espaço OAB debate empreendedorismo e desenvolvimento pessoal
Evento para mulheres no Espaço OAB debate empreendedorismo e desenvolvimento pessoal
Encontro de inovação vai aproximar meio acadêmico das empresas
Encontro de inovação vai aproximar meio acadêmico das empresas
HDG arrecada donativos para vítimas das enchentes
HDG arrecada donativos para vítimas das enchentes
Cobras de quase 2 metros são capturadas em áreas urbanas
Cobras de quase 2 metros são capturadas em áreas urbanas
Morador em situação de rua morre ao se engasgar
Aberto concurso da Polícia Militar com salários chegando a R$ 7 mil
CB participa de simulado de incêndio em frigorífico
Associação promove festa em Santana
Instituto Cidade Legal inaugura nova sede em Montes Claros
PC e Azul Linhas Aéreas recebem doações para o RS
Municípios são reconhecidos em premiação nacional da Rede de Atendimento
Mostra fotográfica tem apelo para fim daprescrição de casos de abusos sexuais
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito