Novo Nordisk passa a gerar 100% da energia consumida na fábrica

A planta da Novo Nordisk, em Montes Claros, que atualmente é a maior fábrica de insulinas da América Latina, acaba de estabelecer uma parceria com a Elétron Energy para a construção de seu parque solar. Com isso, passará a gerar 100% da energia consumida.

A planta da Novo Nordisk, em Montes Claros, que atualmente é a maior fábrica de insulinas da América Latina, acaba de estabelecer uma parceria com a Elétron Energy para a construção de seu parque solar. Com isso, passará a gerar 100% da energia consumida. A iniciativa reforça o compromisso do site com o ESG e as práticas ambientais, sociais e de governança, bem como mostra o caminho adotado pela empresa a favor da gestão circular dos recursos.

O parque solar terá capacidade para gerar 90 megawatts-hora (MWh) e a previsão é que inicie sua operação no início de 2025, com selo Global de Energia Limpa IREC, concedido exclusivamente a empresas que comprovam a origem de suas fontes renováveis de geração. O investimento estimado está em R$ 220 milhões.

“Temos um compromisso com a preservação do meio ambiente que é impulsionado por uma estratégia global de economia circular chamada Circular for Zero. Desenvolvemos um plano que orienta a nossa jornada em direção às melhores práticas, sempre com ênfase na gestão consciente dos mais diversos recursos, como a energia elétrica. A operação desse parque solar contribui diretamente para a nossa estratégia”, ressalta Reinaldo Costa, vice-presidente corporativo da fábrica da Novo Nordisk.

Somado a essa iniciativa, a unidade em Montes Claros está atenta em desenvolver projetos de eficiência energética que fortaleçam a estratégia de circularidade e aproveitamento dos recursos, com a reutilização e a reciclagem ao fim da vida útil. Para se ter uma ideia, nos últimos cinco anos, por meio das iniciativas, a planta gerou uma redução no consumo de energia elétrica de 25.729 Gigajoules (GJ). Esse total é suficiente para abastecer cerca de 6 mil moradias populares durante o período de um ano.

Além da atenção ao meio ambiente, a fábrica da Novo Nordisk em Montes Claros segue focada em criar iniciativas sociais que contribuam para o desenvolvimento das comunidades onde está inserida. Com a construção do parque solar, o objetivo é também envolver os moradores da região para que possam realizar hidroponia (cultivo de plantas ou alimentos sem a presença de solo) e apicultura (criação de abelhas) em parte do terreno, o que refletirá diretamente na geração de renda para as famílias da região.

“A estratégia Circular for Zero estabeleceu metas ousadas de impacto ambiental e tem como prioridades reduzir o uso de recursos naturais e as emissões de gás carbônico, assim como eliminar os resíduos de forma sustentável. Para nós, é realmente importante firmar a parceria com a Elétron Energy para a construção do parque solar, o que trará impactos positivos para o meio ambiente e para a sociedade”, reforça Reinaldo.

“A Novo Nordisk é um modelo em política ESG em todo o planeta. Para nós, é de grande importância social e ambiental liderar, em parceria com a farmacêutica, essa transformação na região, com geração de energia 100% renovável. Estamos há mais de uma década no mercado garantindo soluções únicas e pensando num futuro mais limpo e sustentável”, ressalta André Cavalcanti, CEO da empresa Elétron Energy.

GESTÃO CIRCULAR TAMBÉM NA ÁGUA

A construção do parque solar é mais uma iniciativa dentro dessa ampla estratégia que coloca em prática ações sustentáveis, com ênfase na gestão dos recursos, o que também inclui a água. Hoje, a fábrica de Montes Claros da Novo Nordisk já é considerada circular na gestão desse recurso. A água utilizada na fábrica é proveniente de duas fontes distintas: da concessionária que atende a região e do sistema de captação de água da chuva que existe na unidade. Ambas as fontes passam por um minucioso processo de tratamento e purificação, garantindo a máxima qualidade para serem utilizadas na produção de insulina.

Pensando no desenvolvimento da comunidade local, também foram disponibilizadas à população sistemas de coleta de água da chuva — todos confeccionados com resíduos plásticos reciclados da fábrica. Com isso, já foram coletados cerca de 500 mil litros de água que podem ser reutilizados em atividades cotidianas. Vale ressaltar que a água descartada dos processos produtivos é 100% reutilizada em novos processos, o que eleva o ciclo de uso do recurso natural.

SOBRE A NOVO NORDISK

Novo Nordisk é uma empresa líder global em saúde, fundada em 1923 e com sede na Dinamarca. Nosso propósito é impulsionar mudanças para derrotar doenças crônicas graves, inspirados pela nossa história centenária relacionada ao diabetes. Fazemos isso sendo pioneiros em descobertas científicas, expandindo acesso aos nossos medicamentos e trabalhando para prevenir e, até mesmo, curar doenças.

A Novo Nordisk emprega mais de 64 mil pessoas em 80 países e comercializa seus produtos em cerca de 170 nações. No Brasil desde 1990, a empresa conta atualmente com mais de 2 mil funcionários. Está presente em três estados, com um escritório administrativo em São Paulo (SP), um centro de distribuição em São José dos Pinhais (PR) e um site produtivo em Montes Claros (MG), reconhecido como a maior fábrica de insulinas do Brasil e América Latina.

Novo Nordisk passa a gerar 100% da energia consumida na fábrica
NOVO NORDISK vai gerar 100% da energia consumida na fábrica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
DPMG realizará mutirão em São Francisco
DPMG realiza Mutirão das Famílias nesta sexta
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Jovem que ingeriu colher deixa hospital sem finalizar tratamento
Projeto MP em Movimento será lançado hoje em MOC
TRE instala posto temporário na Assembleia Legislativa
Amams promoverá encontro para discutir assistência social
Januária passará por inspeção técnica na Comarca
Lançamento será em Montes Claros no dia 18
Secretário exalta relevância de programa que atende a região
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos