Montes Claros recebe oficina de micro-planejamento de vacinação

Com o objetivo de melhorar a qualidade dos dados para que as equipes de saúde possam monitorar e, consequentemente, aumentar as coberturas vacinais em todos os segmentos e faixas etárias da população, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) realiza, entre esta segunda (9/10) e quarta-feira, a 1ª Oficina de Formação de Profissionais Multiplicadores para Microplanejamento das Atividades de Vacinação de Alta Qualidade (AVAQ).

Com o objetivo de melhorar a qualidade dos dados para que as equipes de saúde possam monitorar e, consequentemente, aumentar as coberturas vacinais em todos os segmentos e faixas etárias da população, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) realiza, entre esta segunda (9/10) e quarta-feira, a 1ª Oficina de Formação de Profissionais Multiplicadores para Micro-planejamento das Atividades de Vacinação de Alta Qualidade (AVAQ).

MICRORREGIÕES – A capacitação, conduzida pelas coordenadorias de Vigilância em Saúde e de Atenção à Saúde, acontecerá a partir das 8 horas nas dependências do Serviço Ambulatorial Especializado (SAE), da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros. Referência técnica em imunização da SRS de Montes Claros, Mônica de Lourdes Rochido explica que, na segunda quinzena de setembro e na primeira semana deste mês, já foram realizadas oficinas de formação de multiplicadores nas microrregiões de Janaúba/Monte Azul, Salinas e Taiobeiras.

A próxima oficina terá a participação de referências técnicas de imunização e de atenção primária à saúde de 22 municípios que compõem mais quatro microrregiões da área de atuação da SRS: Bocaiúva, Coração de Jesus, Francisco Sá e Montes Claros.

Coordenadora de vigilância em saúde da SRS, Agna Soares da Silva Menezes explica que o microplanejamento das Atividades de Vacinação de Alta Qualidade é dividido em quatro fases. Na primeira, os profissionais analisam a situação das regiões onde atuam, incluindo a organização dos dados, mapeamento e setorização das localidades para identificar a população e a disponibilidade de serviços de vacinação.

Na segunda fase é realizado o planejamento e a programação de ações, com a definição de estratégias de vacinação. Também nesta etapa, os profissionais calculam quais são as necessidades para a execução dos trabalhos, incluindo a definição das equipes.

“Na terceira etapa do microplanejamento, os profissionais realizam o monitoramento rápido de vacinação, oportunidade que são identificadas pessoas que ainda não foram vacinadas e para as quais devem ser realizadas ações de busca ativa. A última etapa compreende a realização de supervisão e avaliação dos avanços obtidos, tendo em vista o cumprimento de metas pré-estabelecidas”, explica Agna Menezes.

A coordenadora entende que, com a ampliação das ações de capacitação dos profissionais que atuam nos serviços de imunização e de atenção primária à saúde, a tendência é que os municípios vão conseguir obter melhores resultados na melhoria das coberturas vacinais da população.

“Para isso, investir no envolvimento dos profissionais das equipes de saúde desde a fase do planejamento até a execução dos trabalhos, incluindo a avaliação dos resultados, é de fundamental importância”, finaliza Agna Menezes.

INVESTIMENTOS – Em julho deste ano, a macrorregião de saúde do Norte de Minas foi contemplada com a disponibilização de recursos superiores a R$ 23,9 milhões destinados para o reforço das ações de vacinação. A Resolução 8.888 viabilizou o repasse de R$ 13,3 milhões para que 86 municípios implementem ações de vacinação fora das unidades de saúde (comunidades urbanas e rurais, em escolas e creches).

Já a Resolução 8.914 destina mais de R$ 10,6 milhões para a execução do Projeto Vacimóvel. Seis municípios (Bocaiúva, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora e São Francisco) e oito consórcios intermunicipais de saúde deverão comprar 26 veículos adaptados para a realização de ações de vacinação da população fora das unidades de saúde.

Montes Claros recebe oficina de microplanejamento de vacinação
CIDADE recebe oficina de formação de profissionais da vacinação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Piso da Enfermagem será de R$ 3 milhões
Piso da Enfermagem será de R$ 3 milhões
População de Jaíba recebe reforço na saúde
População de Jaíba recebe reforço na saúde
Secretaria alerta sobre malefícios do consumo de cigarro
Secretaria alerta sobre malefícios do consumo de cigarro
Inaugurado Hospital do Câncer de Janaúba
Inaugurado Hospital do Câncer de Janaúba
Roda-Hans atende mais de 200 pacientes em Janaúba
Roda-Hans atende mais de 200 pacientes em Janaúba
Região vai receber R$ 750 mil para custear imunobiológicos especiais
Região vai receber R$ 750 mil para custear imunobiológicos especiais
Santa Casa realiza 2º Encontro de Planejamento Estratégico
Santa Casa realiza 2º Encontro de Planejamento Estratégico
Cievs alerta o Norte de Minas sobre casos de Febre Oropouche
Cievs alerta o Norte de Minas sobre casos de Febre Oropouche
Saúde lança campanha de prevenção ao uso de cigarros eletrônicos no País
Semana de formação do Projeto Integra Chagas movimenta profissionais
Governo recebe aeronaves que vão reforçar transporte de órgãos vitais e a segurança
Laudo aponta morte de menina por parada cardiorrespiratória
Exames de câncer bucal serão realizados no Major Prates
Aprovado projeto sobre uso de bactéria para controle do mosquito da dengue
Salas de Vacinação em Montes Claros
Governo antecipa parcelas da dívida com municípios
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste