Lançada oficialmente a moeda pública em Mato Verde

O município de Mato Verde, no Norte de Minas, lançou oficialmente a moeda pública local Verdinha, em cerimônia realizada segunda-feira (27).

O município de Mato Verde, no Norte de Minas, lançou oficialmente a moeda pública local Verdinha, em cerimônia realizada segunda-feira (27). A iniciativa foi motivada pela necessidade de criar mecanismos para reter a riqueza no município, aumentando as transações comerciais no próprio território, e fomentar o desenvolvimento econômico local.

A Verdinha foi criada por meio da lei municipal nº 344, de 2 de dezembro de 2022, e lei nº 372, de 29 de novembro de 2023, e age como uma moeda complementar à nacional. Para os primeiros meses de circulação, mais de 40 mil cédulas foram impressas, totalizando R$ 180 mil (reais) ou V$ 180 mil (Verdinhas). Cada R$ 1 equivale a V$ 1. As notas disponíveis da Verdinha são de 1, 2, 5, 10 e 20. A princípio, a população poderá realizar as operações de câmbio na Sala Mineira do Empreendedor de Mato Verde.

A expectativa é que todo o comércio e empreendedores do município aceitem a moeda local e ofereçam benefícios aos consumidores para pagamento em Verdinha, uma vez que a moeda vai circular livremente, sem a necessidade de fazer um cadastro prévio. Cada estabelecimento poderá definir a porcentagem de desconto e outras vantagens para ampliar, cada vez mais, a utilização das cédulas.

Além da adesão do comércio, a Prefeitura Municipal vai utilizar a Verdinha para realizar pagamentos de benefícios sociais, a fim de colocar em circulação a Verdinha sem implicar em novos gastos para o município. “A nossa moeda vai trazer diversos benefícios econômicos para Mato Verde e gerar um processo de formação cidadã da população, na medida em que as pessoas compreenderem o valor de uma moeda local, que promove o município para os próprios moradores”, destaca o médico e prefeito de Mato Verde, Pedro Henrique Horta Freitas, Pedrinho de Dr. Djalma.

A Verdinha será fiscalizada pelo Conselho Monetário Municipal e Controladoria Geral do Município, todos com o objetivo comum de garantir a sustentabilidade financeira e a legalidade da moeda. A nova moeda possui lastro no Fundo Monetário Municipal, que confere segurança e credibilidade à iniciativa.

“A conscientização e a sensibilização da população são fundamentais, pois o principal benefício é coletivo: fortalecer a economia local, ampliando o processo de geração de renda, emprego e trabalho para todos”, reforça Ralfh Camargo, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo e presidente do Conselho Monetário Municipal.

A criação da moeda pública faz parte do Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico (PMDE) de Mato Verde. Com o apoio do Sebrae Minas, o município definiu ações prioritárias para movimentar a economia e impulsionar a geração de trabalho e renda, com foco no estímulo aos pequenos negócios locais.

Lançada oficialmente a moeda pública em Mato Verde
A moeda pública local começou a circular nessa segunda-feira e visa aumentar as transações comerciais no território e reter a riqueza no município

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Copasa investe R$ 10 milhões em obras de abastecimento de água
Copasa investe R$ 10 milhões em obras de abastecimento de água
Polícia Civil vai investigar incêndio em universidade
Polícia Civil vai investigar incêndio em universidade
Sebrae Minas e APACS realizam 1º Seminário da Cachaça em Salinas
Sebrae Minas e APACS realizam 1º Seminário da Cachaça em Salinas
Congresso da AMM reúne prefeitos
Congresso da AMM reúne prefeitos
Setenta mulheres são capacitadas para montagem de trackers solares
Setenta mulheres são capacitadas para montagem de trackers solares
Copasa garante recursos para universalizar saneamento
Copasa garante recursos para universalizar saneamento
Sexagenário desaparecido é encontrado em Bocaiúva
Sexagenário desaparecido é encontrado em Bocaiúva
Dirigentes se reúnem para votar porte de arma para advogados
Ocorrências de queimadas mais que dobraram em um mês em MG
Posto do Sine disponibiliza 92 vagas de empregos na cidade
CBM anuncia concurso com 329 vagas em Minas
Comunidades recebem Programa Água Doce
Município adia início do prazo de inscrições para o dia 1º de julho
Adolescente chama bombeiros ao ver cobra em refrigerador
Sudene quer criar Rede para fomentar inovação na região
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste