Desempregados poderão acessar R$ 22 bi com fim do saque-aniversário

O Ministério do Trabalho projeta que o pleiteado fim do saque aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) permitirá a 7,2 milhões de pessoas - que estão na modalidade e tiveram contratos de trabalho rescindidos - acessar seus depósitos.

O Ministério do Trabalho projeta que o pleiteado fim do saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) permitirá a 7,2 milhões de pessoas – que estão na modalidade e tiveram contratos de trabalho rescindidos – acessar seus depósitos. Segundo a pasta, o saldo das contas destes brasileiros totaliza R$ 22 bilhões.

Luiz Marinho, titular da pasta disse na última terça-feira (27) que vai enviar ao Congresso Nacional uma proposta para extinguir a modalidade. Ainda não se sabe se o texto irá ao Legislativo em forma de medida provisória (MP) – com efeito imediato -, ou projeto de lei (PL).

Na modalidade, o trabalhador pode sacar parte do valor do Fundo, uma vez ao ano, no mês de seu aniversário – diferente da opção tradicional, em que o saldo é disponibilizado em caso de demissão sem justa causa ou aposentadoria.

Ao optar pela retirada do dinheiro em parcelas anuais, o trabalhador perde o direito de sacar a totalidade de sua conta caso seja demitido sem justa causa. Contudo, continua recebendo a multa rescisória de 40% paga pelo empregador.

A ideia do Ministério é estender o empréstimo consignado a trabalhadores de empresas privadas por meio do FGTS Digital, em contrapartida ao fim do saque-aniversário. Outra alternativa a ser negociada é o crédito consignado na folha de pagamento de trabalhadores de empresas privadas.

Após o ministro indicar que pleitearia o fim do saque-aniversário, a iniciativa foi alvo de críticas. Uma série de atores defenderam que a modalidade incrementa a renda dos trabalhadores para consumo e investimento – mencionando o rendimento do Fundo, abaixo de outras opções consideradas seguras.

No acumulado entre 2017 e 2023 o FGTS teve rendimento de 38%, contra 50% da Selic no período.

Desempregados poderão acessar R$ 22 bi com fim do saque-aniversário
Uma proposta será enviada pelo Ministério do trabalho ao Congresso Nacional para extinguir a modalidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
Idosa encontrada morta no Rio São Francisco
Idosa encontrada morta no Rio São Francisco
Escoras são colocadas em prédio de 16 andares com risco de cair
Escoras são colocadas em prédio de 16 andares com risco de cair
Estrada que liga Nova Matrona à MG-404 está perto de ser concluída
Estrada que liga Nova Matrona à MG-404 está perto de ser concluída
Mais de 10 mil farão provas na cidade
Mais de 10 mil farão provas na cidade
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Pitbull ataca idoso em comunidade rural
Pitbull ataca idoso em comunidade rural
Associação Grupo da Melhor Idade recebe veículo novo
Associação Grupo da Melhor Idade recebe veículo novo
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Pintor cai de andaime após receber descarga elétrica
Copasa inicia obras para ampliar oferta de esgotamento sanitário
Prefeituras recebem primeiro FPM de abril
Grupo de Trilheiros dá suporte
Trilheiro passa mal e é resgatado pelo CB
Prefeitura anuncia asfalto em Marcela
Circuito de Hipismo acontece neste sábado em Montalvânia
Governo mapeia demandas do mercado de trabalho
Lava-jato era usado com o ponto de tráfico de drogas
Recurso vai definir se polícia pode criar site para identificar envolvidos
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG