Com simpósio, Unimontes chama atenção sobre a prematuridade

Nesta quarta-feira (29/11), será realizado no Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), vinculado a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), o II Simpósio da Prematuridade.

Nesta quarta-feira (29/11), será realizado no Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), vinculado a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), o II Simpósio da Prematuridade.

O evento faz parte da campanha ‘Novembro Roxo’, voltada para a sensibilização sobre a prematuridade, que pode ocasionar implicações ao recém-nascido. A proposta é conscientizar a população sobre os cuidados e prevenção do parto prematuro. O II Simpósio da Prematuridade acontecerá no auditório do HU, de 8 às 12 horas, com palestras e debates. O evento será voltado para profissionais da área da saúde, acadêmicos e professores.

Coordenadora de Enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal) do HUCF, Cássia Oliva, uma das organizadoras do II Simpósio da Prematuridade, explica que o evento tem como principal objetivo discutir com a equipe multidisciplinar a importância do cuidado qualificado e humanizado com os recém-nascidos e seus familiares.

No dia 17 de novembro foi comemorado o Dia Mundial da Prematuridade. A data foi escolhida por ter um significado especial para um dos fundadores da EFCNI (European Foundation for the Care of Newborn Infants) que, após a morte de seus trigêmeos prematuros, tornouse pai de uma filha nascida em 17 de novembro de 2008. O roxo simboliza sensibilidade e individualidade, características que são muito peculiares aos prematuros. A cor também significa transmutação, ou seja, mudança, transformação.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, cerca de 340 mil bebês nascem prematuros todo ano, equivalente a seis ocorrências a cada dez minutos. A prematuridade pode ocasionar implicações ao recém-nascido, entre elas, problemas pulmonares, deficiências motoras, infecções respiratórias crônicas, doenças cardiovasculares ou diabetes e possibilidade de ter problemas de aprendizagem ou comportamentais.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) algumas recomendações melhoram os índices de sobrevivência e a saúde de bebês nascidos precocemente – antes de completar 37 semanas de gravidez – ou pequenos, bebês que possuem menos de 2,5 kg ao nascer. Em novas diretrizes, a OMS afirma que o contato pele a pele com a mãe ou um cuidador, chamado de mãe canguru, deve começar imediatamente após o nascimento, sem separação ou período em incubadora. Esse método resulta em benefícios significativos para a saúde das mães e dos bebês prematuros que permanecem próximos.

CLASSIFICAÇÃO

São considerados partos prematuros quando um bebê nasce antes de completar 37 semanas de gestação, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, a prematuridade é classificada de acordo com o tempo em que o bebê permanece no útero. Desse modo, são considerados prematuros extremos bebês que nascem antes das 28 semanas (seis meses); muito prematuros os que nascem entre 28 e 31 semanas (sete meses) e os prematuros moderados que são aqueles que nascem entre 32 e 36 semanas de gestação (oito meses).

Com simpósio, Unimontes chama atenção sobre a prematuridade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Estudantes recebem orientações sobre ações seguras no trânsito
Estudantes recebem orientações sobre ações seguras no trânsito
Estudantes têm estágios garantidos em empresas do Vale do Lítio
Estudantes têm estágios garantidos em empresas do Vale do Lítio
Três equipes de Janaúba em final nacional
Três equipes de Janaúba em final nacional
Divulgadas obras literárias indicadas para o vestibular próprio e PAES
Divulgadas obras literárias indicadas para o vestibular próprio e PAES
Estudantes das escolas municipais participam das campanhas de prevenção Maio Amarelo e Laranja
Estudantes das escolas municipais participam das campanhas de prevenção Maio Amarelo e Laranja
Estudantes participam de curso de formação profissional
Estudantes participam de curso de formação profissional
Universo encantado da literatura invade escolas da rede municipal
Universo encantado da literatura invade escolas da rede municipal
Grupo Escoteiro São José completa 55 anos
Grupo Escoteiro São José completa 55 anos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito
Deputados garantem ampliação de benefícios para universitários
Escola Florêncio Pereira homenageia famílias em Monte Azul
Estado repassou R$ 180 mi para manutenção e custeio das escolas
Câmara comemora o Dia do Movimento Estudantil
Secretaria de Educação está com vagas de estágio abertas em MG
Audiência discute remuneração na educação básica em Minas
Unimontes empossa 52 servidores classificados no concurso público
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito