[views count="1" print="0"]

Câmara discute parcelamento do solo urbano em audiência

O presidente da Comissão, Aldair Fagundes, do Cidadania, destacou a importância da audiência pública para discutir o projeto que visa disciplinar a obrigatoriedade, em edificações para qualquer tipo de uso em áreas superiores a 2 mil metros quadrados, da destinação de 12,5% da área desmembrada para áreas públicas.

A Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara Municipal discutiu, durante audiência pública nessa quarta-feira, o Projeto de Lei (PL) nº 154/ 2023, que altera Lei Municipal nº 3.720/ 2007, que dispõe sobre o parcelamento do Solo Urbano de Montes Claros. O presidente da Comissão, Aldair Fagundes, do Cidadania, destacou a importância da audiência pública para discutir o projeto que visa disciplinar a obrigatoriedade, em edificações para qualquer tipo de uso em áreas superiores a 2 mil metros quadrados, da destinação de 12,5% da área desmembrada para áreas públicas.

No entanto, ela não se aplica aos desmembramentos necessários à execução de obras públicas da União, Estado ou Município. “Nesse caso, trata-se de terreno público da União (Exército), e a Câmara faz a destinação através desta lei para dispensar a compensação de 12,5% da área. E a lei na versão inicial não previa isto, por isso essa discussão para alteração da legislação”, comentou o legislador.

O documento encaminhado pelo Executivo descreve ainda que o projeto de lei possibilitará a realização das obras de ampliação do 55º Batalhão de Infantaria do Exército, bem como a reforma e a instalação do novo traçado do Anel Rodoviário Leste no Município.

O inspetor-chefe da regional Montes Claros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea), Fábio Souto, ressaltou que as discussões na audiência pública são fundamentais para o desenvolvimento de Montes Claros.

O diretor técnico-operacional da Secretaria de Infraestrutura e Planejamento Urbano de Montes Claros, Melquiades Ferreira Oliveira destacou a importância da alteração da legislação para atender aos interesses do Município e melhorar a mobilidade urbana da cidade.

O relator da Comissão de Legislação, Justiça e Redação, Claudim da Prefeitura, da Rede, acentuou a relevância da obra de duplicação da BR-135 como forma de desafogar o trânsito na região sudeste da cidade. “A Câmara de Vereadores ao propor esta discussão visa desburocratizar a liberação desta área para o alargamento da via”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

FABIANO VEM REESTRUTURAR PROGRESSISTAS PARA ELEIÇÕES
Fabiano vem reestruturar Progressistas para eleições
Prefeitura tem mais de R$ 364 mi em caixa
Prefeitura tem mais de R$ 364 mi em caixa
Governador de Minas Gerais promove mudança na equipe
Governador de Minas Gerais promove mudança na equipe
Projeto Jequitaí será licitado na Bolsa de Valores
Projeto Jequitaí será licitado na Bolsa de Valores
Prefeitura anuncia mais um pacote de obras
Prefeitura anuncia mais um pacote de obras
Vices firmam aliança para eleições municipais
Vices firmam aliança para eleições municipais
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Relatório do Código Eleitoral deve prever fim da reeleição
STF invalida regra sobre distribuição de sobras eleitorais
Prefeitos convocados para nova mobilização nacional
Prefeituras vão receber capacitação com foco em projetos sustentáveis
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
TSE vai iniciar análise das resoluções na terça
Governo pagará parcelas da dívida com os municípios
Assembleia recebe vetos parciais ao PPAG e ao Orçamento de 2024
BANNER 2
Escola supera marca de quase 700 mil certificações
Jovem preso com drogas em Janaúba
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares