[views count="1" print="0"]

Brasil teve 2,7 milhões de novas empresas em 2023

Brasil teve 2,7 milhões de novas empresas em 2023

De janeiro a agosto deste ano foram abertas 2.716.269 milhões de novas empresas, totalizando 21,8 milhões de empresas ativas em todo o território nacional. Dessas, 93,7% são de microempresas ou empresas de pequeno porte. Em média, o tempo gasto para abertura de empresas, no segundo quadrimestre, foi de 1 dia e 5 horas. Os dados constam do Mapa de Empresas, elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

O Maranhão foi o Estado que registrou o maior aumento proporcional no número de novas empresas (7,7% em relação ao primeiro quadrimestre), enquanto a Paraíba teve a maior queda proporcional (5,7%). Já em números absolutos, o Estado de São Paulo foi o que registrou o maior número de empresas abertas (408.116), seguido por Minas Gerais (147.147) e Rio de Janeiro (115.264).

Em contraponto à abertura de 2,7 milhões de empresas até agosto deste ano, foram fechadas 1,47 milhão de empresas, totalizando um saldo positivo de 1,23 milhão de negócios abertos de janeiro a agosto. Apenas no segundo quadrimestre do ano, foram abertas 1.382.708 novas empresas e fechados 738.190 negócios, resultando em um saldo positivo de 644.518 empresas abertas nos últimos quatro meses.

Para a diretora do Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração (DREI), Amanda Souto, os números apresentados no segundo quadrimestre “ilustram o contínuo aumento da atividade empreendedora, com relevante saldo de novos negócios no país”. Além do número de estabelecimentos, o Mapa de Empresas avalia o tempo que se leva para abrir uma empresa no país.

No final do segundo quadrimestre deste ano, a média foi de 1 dia e 5 horas, o que representa uma queda de 1 hora (3,3%) em relação ao final do primeiro quadrimestre de 2023. Na comparação com o segundo quadrimestre de 2022, houve aumento de 6 horas.

Assim como no primeiro quadrimestre, Sergipe registrou tempo de 7 horas para a abertura de empresa, mantendo-se como o estado mais ágil nesse quesito. Já o Estado de São Paulo permanece com o maior tempo de registro, com média de 1 dia e 20 horas, mas mostrando uma melhora com uma queda de 6 horas (12,0%) em relação ao primeiro quadrimestre de 2023.

Na avaliação das capitais, Aracaju, Goiânia e Curitiba foram as mais ágeis na formalização de novas empresas, com tempo médio de apenas 2 horas. Por outro lado, Belém teve o desempenho mais baixo, com tempo médio de 3 dias e 6 horas.

Brasil teve 2,7 milhões de novas empresas em 2023
Brasil teve 2,7 milhões de novas empresas em 2023

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Governo investe mais de R$ 17 mi na defesa agropecuária
Governo investe mais de R$ 17 mi na defesa agropecuária
Pequenos negócios geraram 9 em cada 10 empregos
Pequenos negócios geraram 9 em cada 10 empregos
Mulheres formam 70% do público do Crediamigo em Minas Gerais
Mulheres formam 70% do público do Crediamigo em Minas Gerais
BDMG reduz as taxas de financiamento para micro e pequenas empresas
BDMG reduz as taxas de financiamento para micro e pequenas empresas
Aplicações do Banco do Nordeste aumentam 25% em Minas Gerais
Aplicações do Banco do Nordeste aumentam 25% em Minas Gerais
Estado registra saldo superior a 140 mil empregos
Estado registra saldo superior a 140 mil empregos
País fechou 2023 com geração de 1.483.598 postos de trabalho
País fechou 2023 com geração de 1.483.598 postos de trabalho
Sebrae abre edital para credenciar empresas de consultoria em Minas
Sebrae abre edital para credenciar empresas de consultoria em Minas
Cerca de 8 milhões de empresas poderão usar o Desenrola
Sicoob estima liberar R$ 7 bi em crédito rural
Banco Central eleva expectativa da inflação
Governo se alia ao Serasa para ampliar o alcance
Inflação de janeiro fica em 0,42%
Projeto cria programa nos moldes do Desenrola Brasil para empresas
Energia solar atinge mais de R$ 184 bi em investimentos
Produção da indústria fecha com alta de 0,2%
BANNER 2
Rotary presta homenagens ao comemorar 30 anos
Dino toma posse como ministro do STF
Carreta carregada de gesso tomba na Serra de Francisco Sá
Perseguição da PM termina em prisão e recuperação de caminhonete em Patis
Justiça Federal determina retorno de montes-clarense para tratamento em MG