[views count="1" print="0"]

Audiência cobra asfalto para distrito de São João da Vereda

Representante do governo sinaliza para execução das obras em 2024

Após relatarem sofrimento, desesperança e prejuízos, moradores do distrito de São João da Vereda, em Montes Claros, e de outras comunidades rurais da região deixaram a Câmara Municipal, nessa segunda-feira, um pouco mais confiantes de que finalmente o asfalto que dá acesso à localidade está próximo de ser executado. Eles participaram de audiência pública realizada em Montes Claros pela Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O engenheiro do DER-MG, Tibireçá Pires Glória, que representou a Secretaria de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra), na reunião, garantiu que há várias obras já licitadas para a região Norte do Estado e que o projeto para trecho da LMG 654 será concluído no início de 2024. A LMG é a estrada que liga a BR-365, em Montes Claros, ao distrito de São João da Vereda. Segundo participantes da audiência, o distrito, com cerca de 20 mil habitantes, é o único de Montes Claros que ainda não tem acesso por asfalto.

O vice-presidente da comissão, deputado Ricardo Campos, do PT, que solicitou a audiência, também saiu satisfeito e garantiu que estará com o titular da Seinfra ainda esta semana, para pedir também que sejam feitas obras de reparo imediatas ainda este ano, nesse trecho de estrada. O parlamentar citou artigos da Lei 23.574, de 2020, aprovada pela Assembleia Legislativa, por meio da qual os cidadãos podem acompanhar as obras que o Executivo tem obrigação de fazer na malha viária do Estado.

O parlamentar propôs união de esforços e encaminhamentos para solução do problema, que já se ar rasta há vários anos, inclusive uma conversa com a Prefeitura de Montes Claros, para saber se há mesmo interesse em municipalizar a rodovia LMG 654, como teria sido dito em outras reuniões sobre o assunto. “Não fazemos reunião aqui pra marcar território, queremos resolver o problema concreto da população. Precisamos da união de todos os parlamentares da região, para conseguirmos asfaltar esse e vários outros trechos”, afirmou o petista.

A 1ª vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputada Leninha, do PT, também fez apelo às outras lideranças políticas da região, para que as diferenças partidárias não atrapalhem a luta pelo bem estar das comunidades. “Não podemos ficar presos à velha política, onde os diferentes não conversam. A população está sofrendo para se deslocar, para acessar serviços de saúde, para vender seus produtos”, destacou. Segundo Naiara Oliveira Silva, moradora do distrito, já houve inúmeras reuniões para tratar do assunto e outras tantas promessas do DER que não foram cumpridas.

Segundo ela, representantes da Seinfra disseram ano passado que o projeto técnico para contratação da obra já estava pronto, o que não era verdade. “Tomara que realmente saia agora. Mas, infelizmente, o projeto não garante que a estrada será feita ano que vem. Não queremos ter que esperar mais 3, 4, 7 ou 10 anos para ter esse asfalto”, afirmou.

“Na seca é só poeira. No período chuvoso, qualquer chuva de 30 ou 40 minutos nessa estrada prejudica todo mundo, causa inúmeros transtornos para a toda população, além de prejuízos também para os produtores e comerciantes que ali vivem”, afirmou o vereador de Montes Claros Valdecy Contador.

CRÍTICAS – O deputado federal Paulo Guedes, do PT, que também acompanhou a reunião, citou trechos de estradas que estão sob responsabilidade do governo estadual e cujo asfaltamento já deveria ter sido feito há anos. Entre eles, vias em municípios como São João da Ponte, Espinosa, Capitão Enéas, Taiobeiras, Currral de Dentro, Araçuaí e Novo Cruzeiro.

Na opinião do deputado federal, pequena parte do que o Estado arrecada com a concessão e o pedágio da BR-135 seria suficiente para asfaltar os mais de mil quilômetros de todas as estradas citadas na região. Para o parlamentar, Romeu Zema “tem preconceito com os municípios do semiárido mineiro”. Segundo ele, uma das condicionantes para a concessão da BR-135 era que a empresa concessionária resolvesse também a situação da estrada até Coração de Jesus, e nada foi feito.

Audiência cobra asfalto para distrito de São João da Vereda
Reunião na Câmara Municipal discutiu asfaltamento de estrada que liga a BR-365 a São João da Vereda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Deputado libera recursos para mobilidade urbana
Deputado libera recursos para mobilidade urbana
Câmara defende atenção à saúde e infraestrutura
Câmara defende atenção à saúde e infraestrutura
Maurício recebe convites para disputar a Prefeitura
Maurício recebe convites para disputar a Prefeitura
Deputado vê omissão com recursos hídricos
Deputado vê omissão com recursos hídricos
Governo vai retomar obra rodoviária na região
Governo vai retomar obra rodoviária na região
Deputado comemora renegociação das dívidas
Deputado comemora renegociação das dívidas
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
TSE vai iniciar análise das resoluções na terça
Governo pagará parcelas da dívida com os municípios
Assembleia recebe vetos parciais ao PPAG e ao Orçamento de 2024
Prefeituras recebem segundo decênio do FPM de fevereiro
Programa Jovem Senador 2024 já recebe inscrições
Projeto define regras para proteger aposentado no crédito consignado
Câmara aprova PL que institui a Semana de Prevenção ao Bullying
BANNER 2
Rotary presta homenagens ao comemorar 30 anos
Dino toma posse como ministro do STF
Carreta carregada de gesso tomba na Serra de Francisco Sá
Perseguição da PM termina em prisão e recuperação de caminhonete em Patis
Justiça Federal determina retorno de montes-clarense para tratamento em MG