[views count="1" print="0"]

Amams participou de Fórum de Desenvolvimento Regional

Para impulsionar o Vale do Lítio foi aberto nesta quinta-feira (28/09), em Salinas, no espaço Lilia Buffet, o 1º Fórum de Desenvolvimento Econômico Regional, promovido pelo Sebrae Minas, Prefeitura e Associação Comercial de Salinas.

Para impulsionar o Vale do Lítio foi aberto nesta quinta-feira (28/09), em Salinas, no espaço Lilia Buffet, o 1º Fórum de Desenvolvimento Econômico Regional, promovido pelo Sebrae Minas, Prefeitura e Associação Comercial de Salinas. O evento seguiu nessa sexta-feira com debates e palestras para discutir estratégias para o desenvolvimento da região, que também contempla a região do Alto Rio Pardo. A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) participou do evento e recebeu prefeitos, empresários e lideranças políticas da região em seu estande, montado com destacada estrutura.

No primeiro dia do evento, lideranças dos setores público e privado, empresários e empreendedores estiveram reunidos. O vice-governador de Minas Gerais, professor Mateus Simões, destacou as potencialidades do Vale do Jequitinhonha e da região de Salinas com a descoberta do Lítio e o olhar do governador Romeu Zema para novos investimentos e anunciou para os próximos meses pavimentações asfálticas. “Em breve o Governo Estadual vai anunciar a pavimentação asfáltica em trechos de estradas do Alto Rio Pardo”, disse.

O vice-governador pontuou três grandes novidades em ações do Estado: a determinação de privatizar a Cemig aliando construções de novas subestações, a implantação do programa “Trilha do Futuro” com cursos profissionalizantes para qualificar o mercado da mineração e outros setores na região e a criação do primeiro escritório do Investe Minas no interior, em Salinas, para servir como suporte ao Vale do Lítío, e convidou o presidente da Associação Comercial, Reginaldo Ferreira Thiago, para presidir o programa em Salinas.

O presidente da Amams e prefeito de Padre Carvalho, José Nilson Bispo de Sá, o “Nilsinho”, pediu ao vice-governador para ajudar a destravar as licenças ambientais para alavancar o desenvolvimento e a geração de emprego e renda. Ele citou a instalação do Projeto do Bloco 8 da Sam Metais, empresa chinesa que espera do Governo Estadual a liberação da licença ambiental para iniciar em Padre Carvalho e em Grão Mogol suas atividades de extração de minério, e enfatizou que 30% do minério retirado fique na região para atrair mais empresas e gerar mais empregos. Sobre a Amams Nilsinho disse: “a Amams luta por três pautas de grande importância para o desenvolvimento econômico do Norte de Minas, a duplicação da BR-251, que foi incluída no PAC do Governo Federal, a retomada da construção da Barragem de Berizal e a construção da barragem de Jequitaí. Com essas obras daremos um grande salto para o desenvolvimento econômico regional”, disse Nilsinho.

O presidente da Amams agradeceu o presidente da Associação Comercial de Salinas, Reginaldo Ferreira Thiago, pelo convite e por realizar o fórum, que segundo ele, é de grande relevância para o desenvolvimento da região de Salinas. “A maior associação macrorregional do Brasil, a Amams, sempre participou e participa das principais decisões políticas do Estado e do Norte de Minas, com foco no desenvolvimento econômico. Vamos caminhar todos juntos, unidos para o crescimento regional. Que o lítio traga mais progresso e prosperidade”, finalizou.

Amams participou de Fórum de Desenvolvimento Regional
José Nilson Bispo de Sá quer destravar licenças ambientais para impulsionar o progresso do Norte de Minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Governo investe mais de R$ 17 mi na defesa agropecuária
Governo investe mais de R$ 17 mi na defesa agropecuária
Pequenos negócios geraram 9 em cada 10 empregos
Pequenos negócios geraram 9 em cada 10 empregos
Mulheres formam 70% do público do Crediamigo em Minas Gerais
Mulheres formam 70% do público do Crediamigo em Minas Gerais
BDMG reduz as taxas de financiamento para micro e pequenas empresas
BDMG reduz as taxas de financiamento para micro e pequenas empresas
Aplicações do Banco do Nordeste aumentam 25% em Minas Gerais
Aplicações do Banco do Nordeste aumentam 25% em Minas Gerais
Estado registra saldo superior a 140 mil empregos
Estado registra saldo superior a 140 mil empregos
País fechou 2023 com geração de 1.483.598 postos de trabalho
País fechou 2023 com geração de 1.483.598 postos de trabalho
Sebrae abre edital para credenciar empresas de consultoria em Minas
Sebrae abre edital para credenciar empresas de consultoria em Minas
Cerca de 8 milhões de empresas poderão usar o Desenrola
Sicoob estima liberar R$ 7 bi em crédito rural
Banco Central eleva expectativa da inflação
Governo se alia ao Serasa para ampliar o alcance
Inflação de janeiro fica em 0,42%
Projeto cria programa nos moldes do Desenrola Brasil para empresas
Energia solar atinge mais de R$ 184 bi em investimentos
Produção da indústria fecha com alta de 0,2%
BANNER 2
Rotary repassa recursos ao Lar Padre Henrique
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
PF recaptura condenado a 96 anos que participou da Chacina de Unaí
Mulher baleada no rosto e braço em São João do Paraíso com 38
Retido ônibus com mercadorias avaliada sem R$ 200 mil na BR-135 em Montes Claros