AL e MP discutem crise na pediatria

Será realizada nesta quinta-feira, 23, em Janaúba, reunião com representantes de órgãos do estado, entre eles o Ministério Público de Minas Gerais e a Assembleia Legislativa, para discutir a situação da pediatria no Norte de Minas.

Será realizada nesta quinta-feira, 23, em Janaúba, reunião com representantes de órgãos do estado, entre eles o Ministério Público de Minas Gerais e a Assembleia Legislativa, para discutir a situação da pediatria no Norte de Minas. A gravidade da questão tem sido abordada e, inclusive, foi tema de audiência pública, no início deste mês, na Câmara Municipal de Montes Claros.

Presidente da Comissão de Saúde da ALMG, o deputado Arlen Santiago, do Avante, acompanha esse cenário de perto e acredita que a descentralização de leitos para outros hospitais da região é uma saída para tentar desafogar o serviço em Montes Claros. “Estamos trabalhando em parceria com o Ministério Público para que, juntos, consigamos amenizar a situação. Entre essas possíveis soluções, está a implantação da ala de UTI pediátrica na Fundação de Assistência Social de Janaúba (Fundajan)”. Ele informa que o promotor de Justiça Daniel Lessa Costa tem sido fiel escudeiro da saúde norte-mineira, buscando meios e alternativas para manter os serviços de saúde em funcionamento.

O parlamentar explica que a Prefeitura, por meio do prefeito José Aparecido e do secretário municipal de Saúde, Helvécio Campos de Albuquerque, já se prontificou na montagem de 10 leitos no hospital, no entanto, para concretizar a ação, se torna necessária a destinação de equipamentos hospitalares. Arlen Santiago enviou ofício à Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) solicitando, em caráter de urgência, atenção especial quanto à situação e a liberação dos aparelhos necessários ao funcionamento da UTI.

Também buscando atender a situação pediátrica emergencial da região, o Hospital Universitário Clemente de Faria (HU) está propondo a abertura de cinco leitos de UTI pediátrica e a reabertura de cinco leitos pediátricos, bem como uma enfermaria de apoio pediátrico. Para tanto, precisa da alocação de equipamentos e de força de trabalho, por meio da contratação de profissionais.

A UTI pediátrica desempenha papel fundamental na saúde das crianças, especialmente aquelas que enfrentam condições médicas graves ou emergências, já que a estrutura aumenta significativamente as chances de recuperação dos pacientes pediátricos críticos. Segundo o deputado, a UTI em Janaúba auxiliaria o atendimento em Montes Claros, e também municípios vizinhos de toda a macrorregião Norte, que passaria a encaminhar casos graves para a nova unidade, fortalecendo a Rede de Atenção à Saúde.

SITUAÇÃO DO HU – Outro quadro grave, que influencia diretamente os hospitais da região, e que também poderá ser discutido na reunião em Janaúba, diz respeito ao Hospital Universitário Clemente de Faria. Prestes a ter encerrado o contrato de servidores, a unidade vive momentos de grande apreensão.

No início do ano passado, por falta de pessoal, o HU se viu obrigado a fechar leitos. A Prefeitura, como uma forma de evitar um caos ainda maior, acabou contratando e cedendo 160 servidores para o HU. O déficit atual é de 620 servidores. Ocorre que, conforme acordo firmado com o MP, a contratação para cessão se encerra no próximo dia 30 de junho de 2024. Ou seja, nesta data, os servidores perderão o contrato e o HU viverá novamente uma situação caótica. O MP já entrou com ação civil pública e aguarda a decisão sobre o pedido de liminar.

O deputado Arlen Santiago esclarece que, entre tantas desvantagens, uma consequência imediata será a redução do número de leitos. A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), mantenedora do HU, destaca que haverá diminuição de mais de quarenta leitos na unidade. Um fechamento que instalará insegurança aos pacientes e incerteza quanto ao cumprimento de atendimentos.

O parlamentar está em negociação com o Governo do Estado na tentativa de encontrar mecanismos para que a população não seja ainda mais afetada. Entre as alternativas, está o envio de ofício ao vice-governador Mateus Simões, do Novo, solicitando a contratação de servidores, pela nomeação dos excedentes constantes no concurso do Edital de nº 01/2018, para compor a equipe de trabalho adequada do HU.

AL e MP discutem crise na pediatria
Secretário de Saúde de Janaúba, Helvécio Campos, deputado Arlen Santiago e o prefeito José Aparecido

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emenda que amplia salário será votada
Emenda que amplia salário será votada
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Presidente da Amams é homenageado pela AMM
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Prefeitura entrega certidões de regularização fundiária urbana
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Governo aumenta reajuste salarial para 4,62%
Cidade terá programa Governança Corporativa
Cidade terá programa Governança Corporativa
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Projeto prevê proteção à mulher vítima de violência
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Montes-clarense assume o TSE pela segunda vez
Prefeitura presta contas na Câmara
Prefeitura presta contas na Câmara
Zema exalta posse de montes-clarense no TSE
Congresso destaca apoio do Governo às prefeituras
Estado apresenta soluções inovadoras para municípios
Vereadores pedem fim do lixão no bairro Canelas
Deputada do PL vai assumir Secretaria no governo Zema
TRE trabalha com foco nas eleições municipais
Último FPM de maio tem aumento de 20%
Deputados aprovam revisão dos salários para servidores
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste