Setor de seguros cresce no Brasil

O setor de seguros mostrou-se rentável no país e o número de brasileiros que buscam pelo serviço tem apresentado crescimento.

O setor de seguros mostrou-se rentável no país e o número de brasileiros que buscam pelo serviço tem apresentado crescimento. É o que aponta relatório Síntese Mensal da Superintendência de Seguros Privados (Susep). A arrecadação do segmento no primeiro bimestre do ano no Brasil foi de R$ 68,29 bilhões, representando uma alta de 17,3% em relação ao mesmo período de 2023.

De acordo com o relatório, os valores que retornaram à sociedade somaram um total de R$ 38,99 bilhões até o segundo mês do ano, dos quais, R$18,19 bilhões apenas em fevereiro.

A pesquisa da Susep informa ainda que os seguros de pessoas tiveram alta de 23,1%, em comparação ao mesmo período de 2023.

“Existem vários tipos de seguro de vida, cada um projetado para atender a diferentes necessidades e objetivos financeiros. Como disse anteriormente o seguro de vida é um produto democrático e acessível a toda a população. O Seguro de Vida Tradicional oferece uma indenização ao segurado ou aos seus beneficiários no caso de imprevistos com o titular, como falecimento, doenças graves ou acidente”, comenta.

A diretora afirma, ainda, que outra cobertura que vem ganhando cada vez mais destaque são as coberturas para serem utilizadas em vida. “Diagnóstico de doenças graves, que garante ao segurado recursos financeiros para realizar o tratamento de uma doença grave, pois é comum que depois do diagnóstico de câncer, pacientes digam que a vida mudou drasticamente”.

O crescimento do seguro de vida e aqueles para serem utilizado em vida, tem muito as ver com os estigmas relacionados à doença. “Os impactos do tratamento e o resultado – muitas vezes incerto -, são em geral assustadores para quem recebe a notícia. Sendo assim, o seguro contra doenças graves evita o impacto financeiro do custo do tratamento médico, de medicamentos ou da ausência no trabalho, sendo uma compensação a ser recebida em vida”.

PAÍS – Os segmentos de seguros de danos e pessoas, excluindo-se o VGBL, tiveram uma arrecadação de R$ 32,14 bilhões, alta de 12,7% frente ao mesmo período do ano anterior, quando a arrecadação foi de R$ 28,5 bilhões.

Já os seguros de danos apresentaram alta de 10,7% na arrecadação de prêmios. Na linha de negócios do seguro auto, os prêmios atingiram R$ 8,81 bilhões, valor 4,6% superior ao do primeiro bimestre do ano passado. A edição informa ainda que os seguros de pessoas tiveram alta de 23,1%, em comparação ao mesmo período de 2023. Destaque nos produtos de seguros de pessoas durante o período, o VGBL atingiu o montante acumulado de R$29,03 bilhões, valor que representa um crescimento de 25,5% em relação ao mesmo período de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Conab promove o fortalecimento da biodiversidade brasileira
Conab promove o fortalecimento da biodiversidade brasileira
3º Festival gastronômico e cultural valoriza sabores e saberes do sertão mineiro
3º Festival gastronômico e cultural valoriza sabores e saberes do sertão mineiro
Quatro projetos de APLs do Norte receberão recursos da Fapemig
Quatro projetos de APLs do Norte receberão recursos da Fapemig
Artesãos movimentam R$ 115 mil em vendas
Artesãos movimentam R$ 115 mil em vendas
Minas tem novo avanço em energia solar
Minas tem novo avanço em energia solar
Rodas de conversas são realizadas em várias comunidades rurais de Monte Azul
Rodas de conversas são realizadas em várias comunidades rurais de Monte Azul
DLI oferece descontos em produtos e serviços
DLI oferece desconto sem produtos e serviços
Projeto sobre a política de agricultura irrigada gera divergências
Projeto sobre a política de agricultura irrigada gera divergências
Cresce o mercado pet no Estado
Minas tem saldo positivo na geração de empregos
Programa Moeda Pública é uma das soluções desenvolvidas pelo Sebrae
Perfil de venda atrai consumidor
Oito em cada 10 empresários mineiros são impactados pela estação de inverno
Desafios enfrentados pelas fazendas leiteiras contra a mastite
Mais de 300 pessoas já foram capacitadas pelo Norte Empreendedor em menos de dois meses
Dia do apicultor comemorado com boas perspectivas e muitos desafios
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste