SES-MG amplia apoio ao Norte de Minas na eliminação do Aedes aegypti

Com a inclusão de Fruta de Leite e Juramento e continuidade dos trabalhos em Montes Claros e Salinas, nessa segunda-feira (19), a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) aumentou o número de municípios entre eles, Mamonas e Santo Antônio do Retiro, que estão recebendo ações de eliminação de mosquitos adultos do Aedes aegypti, com a utilização de equipamentos de Ultra Baixo Volume (UBV) veicular.

Com a inclusão de Fruta de Leite e Juramento e continuidade dos trabalhos em Montes Claros e Salinas, nessa segunda-feira (19), a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) aumentou o número de municípios entre eles, Mamonas e Santo Antônio do Retiro, que estão recebendo ações de eliminação de mosquitos adultos do Aedes aegypti, com a utilização de equipamentos de Ultra Baixo Volume (UBV) veicular. A iniciativa que neste ano já atendeu Bocaiúva, Capitão Enéas, Engenheiro Navarro, Guaraciama, Francisco Dumont, Glaucilândia, Joaquim Felício, Olhos D´Água, Padre Carvalho e São João da Lagoa, visa conter o avanço das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti em localidades que apresentam alta taxa de incidência de dengue, febre Chikungunya e Zika vírus.

A coordenadora de vigilância epidemiológica da Superintendência Regional de Saúde, Rita de Cássia Rodrigues observa que a utilização de UBV veicular constitui a última opção de controle do Aedes aegypti nos municípios, uma vez que o inseticida aplicado só elimina mosquitos adultos.

“O trabalho mais eficiente de controle do vetor envolve a intensificação das ações dos agentes de controle de endemias e da população em geral na eliminação de focos de proliferação que estão, em sua grande maioria, dentro de residências. Para isso, os agentes de controle de endemias devem utilizar bombas costais visando o bloqueio da transmissão de doenças e, por sua vez, a população precisa contribuir eliminando vasilhames que acumulam água; limpeza de calhas e de caixas d´água”.

Por sua vez, Agna Soares da Silva Menezes, coordenadora de vigilância em saúde e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da SRS de Montes Claros, observa que “neste início de ano, devido à alta incidência de casos notificados de arboviroses, é necessário que os gestores e profissionais de saúde de todos os municípios reforcem as ações de mobilização da população e de educação em saúde pois, sem que isso aconteça, a tendência é de que um maior número de pessoas sejam acometidas por doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, potencializando com isso o aumento de óbitos”.

Desde o final do ano passado as coordenadorias de Vigilância Epidemiológica e de Saúde da SRS de Montes Claros tem incentivado os municípios a realizar ações de mobilização da população para o enfrentamento ao Aedes aegypti. Além de mutirões de limpeza, vários municípios intensificaram a fiscalização em imóveis para a eliminação de focos do mosquito, além da realização de passeatas e blitz educativas.

CENÁRIO – Boletim Epidemiológico divulgado nessa segunda-feira (19) pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG) aponta que, neste ano, em 54 municípios que compõem a área de atuação da SRS de Montes Claros já foram notificados 6 mil 771 casos prováveis de dengue.

Até o momento a Coordenadoria de Vigilância em Saúde da SRS de Montes Claros contabiliza a notificação de doze óbitos suspeitos por dengue, sendo um confirmado em Bocaiúva e outro descartado. Outras dez mortes suspeitas de terem sido causadas por dengue estão em investigação.

Também neste ano já foram notificados 253 casos prováveis de febre Chikungunya, dos quais 29 foram confirmados. Outros seis casos de Zika vírus foram notificados pelos municípios.

De acordo com dados repassados semanalmente à Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica pelas secretarias municipais de saúde, 22 localidades apresentam taxa de incidência de arboviroses acima de 300 casos por 100 mil habitantes. São elas: Francisco Dumont (4.974,06 casos por 100 mil habitantes); Engenheiro Navarro (2.502,36); Joaquim Felício (2.075,77); Padre Carvalho (1.799,13); Fruta de Leite (1.743,06); Bocaiúva (1.688,46); Claro dos Poções (1.367,57); Salinas (1.286,77); Botumirim (1.260,79); Capitão Enéas (900,20); Gameleiras (730,23); Mirabela (644,64); São João da Lagoa (642,89); Montes Claros (569,72); Nova Porteirinha (551,74); Guaraciama (534,55); Coração de Jesus (520,16); Rubelita (475,44); Lagoa dos Patos (422,58); Novorizonte (415,66); Riacho dos Machados (342,62); Montezuma (319,40).

SES-MG amplia apoio ao Norte de Minas na eliminação do Aedes aegypti
Os municípios de Mamonas e Santo Antônio do Retiro são beneficiados com ações de eliminação de mosquitos adultos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Saúde repassa R$ 2,4 milhões para a prevenção de doenças
Saúde repassa R$ 2,4 milhões para a prevenção de doenças
HDG conscientiza colaboradores sobre a segurança no trabalho
HDG conscientiza colaboradores sobre a segurança no trabalho
Santa Casa Montes Claros recebe oficina de libras
Santa Casa Montes Claros recebe oficina de libras
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Deputada repassa R$ 500 mil em emenda ao HDG
Deputada repassa R$ 500 mil em emenda ao HDG
Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Abril Verde e Azul é realizado na Santa Casa
Abril Verde e Azul é realizado na Santa Casa
Setor de endemias promove palestra na Apae de Monte Azul
Setor de endemias promove palestra na Apae de Monte Azul
Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo mosquito Aedes
CRAS realiza campanha nas escolas da sede e zona rural para conscientizar mulheres
Guerra contra o Aedes aegypti chega ao Planalto nesta quinta
Comissão de Saúde é favorável a uso de bactéria no combate à dengue
Unicef faz apelo aos municípios para a vacinação dos estudantes
Consumo de serviços de saúde avança 10,3% após pandemia
Inscrições para o Concurso da Saúde terminam nesta quinta
Mutirão de Prevenção do Câncer será nesta sexta
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos