Seminário qualifica profissionais da atenção primária no pré-natal

Entre as ações voltadas para a implementação do Plano Estadual de Enfrentamento à Mortalidade Materna e Infantil, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) realizou, na última terça-feira (26/3), o Seminário de Qualificação do Pré-Natal na Atenção Primária à Saúde (APS).

Entre as ações voltadas para a implementação do Plano Estadual de Enfrentamento à Mortalidade Materna e Infantil, a Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) realizou, na última terça-feira (26/3), o Seminário de Qualificação do Pré-Natal na Atenção Primária à Saúde (APS). O evento, organizado pela Coordenadoria de Atenção à Saúde da SRS, contou com a participação de coordenadores e enfermeiros de atenção primária de 54 municípios. Eles serão os multiplicadores da capacitação para outros profissionais nas localidades onde atuam.

“A qualificação dos profissionais da atenção primária à saúde é de fundamental importância pois trata-se de um serviço que é a porta de entrada dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Ter profissionais qualificados para prestar assistência adequada às gestantes a partir do pré-natal contribui de maneira significativa para o atendimento das situações de alto risco e, com isso, possibilitando a redução dos índices de mortalidade materna e infantil”, enfatiza a referência técnica de atenção à saúde da SRS de Montes Claros, Eusane Santos.

Durante o Seminário a referência técnica em atenção à saúde da SRS, Patrícia Lima, apresentou os resultados dos indicadores do Programa Previne Brasil, relacionados ao pré-natal. Na sequência, o perfil epidemiológico da mortalidade materna e infantil nos municípios jurisdicionados à Superintendência Regional de Saúde foram apresentados por Eusane Santos.

A Rede de Atenção à Saúde ao Pré-Natal foi tema da apresentação da enfermeira e referência técnica da SRS, Ludmila Barbosa. A programação foi encerrada pela doutora em ciências da saúde e integrante da equipe de atenção primária da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros, Carolina dos Reis Alves, com apresentação da assistência ao pré-natal na atenção primária à saúde. Já Denise Silveira, referência técnica em saúde bucal da SRS, fez abordagens sobre saúde bucal na gestação.

METAS – A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) lançou, no segundo semestre de 2021, o Plano Estadual de Enfrentamento à Mortalidade Materna e Infantil. A iniciativa envolve ações intersetoriais que estão sendo implementadas pela rede de atenção primária e serviços de urgência e emergência. As principais metas são reduzir, até este ano, a razão de mortalidade materna para 40 óbitos por 100 mil nascidos vivos e a taxa de mortalidade infantil para 11,11 por mil nascidos vivos.

Paralelo a várias ações, o Plano prevê a promoção do acompanhamento adequado ao recém- -nascido de risco; a promoção da qualidade do cuidado e a segurança da paciente na assistência materna, conforme as diretrizes do Projeto de Aprimoramento da Gestão de Segurança do Paciente e o fortalecimento dos sistemas de informação e vigilância da saúde materna e perinatal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Clínica quebra todos os paradigmas e torna acessível a saúde especializada a todos
Clínica quebra todos os paradigmas e torna acessível a saúde especializada a todos
NM obtém reforço nas ações de prevenção e tratamento
NM obtém reforço nas ações de prevenção e tratamento
Secretaria destina R$ 3,6 mi à Rede de Cuidados no Norte
Secretaria destina R$ 3,6 mi à Rede de Cuidados no Norte
Procurador apoia projeto do Hospital do Trauma
Procurador apoia projeto do Hospital do Trauma
Saúde repassa R$ 2,4 milhões para a prevenção de doenças
Saúde repassa R$ 2,4 milhões para a prevenção de doenças
HDG conscientiza colaboradores sobre a segurança no trabalho
HDG conscientiza colaboradores sobre a segurança no trabalho
Santa Casa Montes Claros recebe oficina de libras
Santa Casa Montes Claros recebe oficina de libras
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Ministério destina R$ 23,3 mi à região
Procurador-geral de Montes Claros visita HDG em busca de fortalecer laços e colaboração
Assembleia debaterá prioridades das secretarias de Saúde dos municípios
Quase 4 bilhões de pessoas correm risco de infecção pelo mosquito Aedes
CRAS realiza campanha nas escolas da sede e zona rural para conscientizar mulheres
Guerra contra o Aedes aegypti chega ao Planalto nesta quinta
Comissão de Saúde é favorável a uso de bactéria no combate à dengue
Unicef faz apelo aos municípios para a vacinação dos estudantes
Consumo de serviços de saúde avança 10,3% após pandemia
Cimams e Unimontes realizam Seminário
Clínica quebra todos os paradigmas e torna acessível a saúde especializada a todos
Cejuscs de Bocaiúva, Francisco Sá e Buenópolis recebem visita técnica
PEC das Drogas inconstitucional pode agravar cenário de violência
Presos suspeito investigado em 10 furtos cometidos em dois meses