Retido ônibus com mercadorias avaliada sem R$ 200 mil na BR-135 em Montes Claros

Um ônibus com mercadorias com indícios de importação irregular foi retido pela Receita Federal na BR-135, em Montes Claros, quarta-feira (21).

Um ônibus com mercadorias com indícios de importação irregular foi retido pela Receita Federal na BR-135, em Montes Claros, quarta-feira (21). Durante a abordagem, servidores da RFB constataram grande acúmulo de mercadorias de origem estrangeira no interior do veículo. Devido a fortes indícios de irregularidade na importação, coube aos agentes a retenção das mercadorias e, também, do próprio veículo, informou a Receita Federal.

O veículo estava transportava mercadorias avaliadas em R$ 200 mil, em sua maioria eletrônicos e utensílios diversos. Essa é a segunda apreensão desse tipo em menos de 15 dias.

Contudo, as mercadorias tinham com provável destino o comércio irregular praticado em Montes Claros e região, algo que vem causando grandes prejuízos à economia local e à saúde e segurança da população.”

O ônibus e os produtos foram retidos e encaminhados para o depósito da RFB. A retenção do veículo é prevista em lei, na medida em que, quando abordados pela Receita Federal, ficou constatado que as mercadorias eram de procedência estrangeira e estavam desacompanhadas de documentos fiscais, como o conhecimento de transporte. É obrigação do transportador apresentar os documentos fiscais correspondentes às mercadorias.

Após a apreensão, é aberto um procedimento administrativo, no qual a empresa pode apresentar sua defesa. Se comprovadas as irregularidades, poderá ser decretada a pena de perdimento dos produtos e do próprio veículo. Além disso, ao final do procedimento, é possível que seja lavrada uma representação fiscal para fins penais endereçada ao Ministério Público Federal contra a empresa e seus responsáveis, que poderão responder criminalmente pelos seus atos”, explicou a Receita.

Se houver o perdimento, a Receita Federal dá o destino para os bens. Se forem produtos de importação proibida, a destruição é providenciada. Há ainda a possibilidade de leilão das mercadorias, sendo que a renda é revertida aos cofres públicos.

A ação desta quinta faz parte do trabalho de monitoramento e inteligência realizado pela Receita Federal e forças policiais na região.

“Por meio de análises de risco e cruzamento de dados fiscais, a Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal passa a acompanhar a movimentação de veículos e pessoas pelas estradas que apresentam indícios de prática de ilícitos, como o contrabando e o descaminho. Passo seguinte, são alvo de abordagens.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Pássaros da fauna silvestre apreendidos
Pássaros da fauna silvestre apreendidos
PC incinera mais de 200 kg de droga em Taiobeiras
PC incinera mais de 200kg de droga em Taiobeiras
Operação contra desmatamento ilegal gera R$ 15 mi em autuações
Operação contra desmatamento ilegal gera R$ 15 mi em autuações
Alvo de bandidos na 251, carreta dos Correios é localizada pela PM
Alvo de bandidos na 251, carreta dos Correios é localizada pela PM
Cantor morre ao ser atropelado por moto
Cantor morre ao ser atropelado por moto
Governo entregou novas viaturas para Polícia Civil
Governo entregou novas viaturas para Polícia Civil
Carro furtado em SP é apreendido na MGC-122
Carro furtado em SP é apreendido na MGC-122
Caminhão frigorífico cai em ribanceira na BR-251
Caminhão frigorífico caiem ribanceira na BR-251
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Polícia Civil investiga furto em casa após interdição de prédio
Furto de veículos volta a crescer no Estado
Igreja arrombada e armários são revirados
Foragido da Justiça recapturado após perseguição a motociclista
Jovem é agredido e amarrado dentro de casa durante assalto
Roubada carga de 20 toneladas enviada para prédio interditado
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos