Polícia Ambiental registra derrubada de pequizeiros

Depois da derrubada criminosa recente de pequizeiros autuada em Várzea da Palma, na localidade de Buritis das Mulatas, no Norte de Minas, agora a denúncia de destruição criminosa é muito mais grave.

Depois da derrubada criminosa recente de pequizeiros autuada em Várzea da Palma, na localidade de Buritis das Mulatas, no Norte de Minas, agora a denúncia de destruição criminosa é muito mais grave. Uma propriedade em Januária, na beira do Rio Carinhanha, divisa com a Bahia, aproximadamente 500 pequizeiros, além de outras árvores foram derrubadas, sendo enterradas, com o uso de maquinário pesado. A Policia Ambiental e o Instituto Estadual de Florestas (IEF) de Januária já procederam vistoria e autuação.

A área devastada segundo a bióloga de Januária, Débora Takaki, deixou uma mancha branca no local, onde os autores enterraram os pés de pequi, na apa Cochá Gibão, próximo ao Rio dos Bois. Contudo, o proprietário seria um empresário residente em São Paulo e ainda não foi encontrado para comentar sobre as denúncias. A limpeza da área de quase 300 hectares seria para o plantio irrigado de cebola colocando em risco o Rio Cochá Gibão.

“A área dessa fazenda afetada no Carinhanha, na comunidade de Retiro dos Bois é um santuário ambiental. Infelizmente a Unidade de Conservação da APA Pandeiros, Cochá e Gibão não vêm demonstrando nenhum tipo de conservação para o objetivo que se propõe, ou seja, objetivar a proteção e desenvolvimento sustentável da área”, afirmou a bióloga januarense.

“Embora vejo que sem pressão junto ao governo, nada muda. O programa mineiro de Combate ao Desmatamento está com a “faca e o queijo” para de fato reduzir os índices que coloca o Norte de Minas no topo do desmate, conscientização fiscalização. Com tecnologia de imagem satélite esse trabalho é facilitado pelos especialistas”.

Ela aproveitou para elogiar o ambientalista norte-mineiro Eduardo Gomes pelo empenho em identificar tais situações. A ocorrência policial foi lavrada pela Polícia Militar Ambiental e o caso encaminhado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para ser investigado sob o número 2023 -054279489 – 001.

ESCLARECIMENTOS

Segundo o histórico da Polícia Militar Ambiental, narra que considerando a ausência do proprietário responsável, foi lavrado Termo Administrativo para que ele compareça no próximo dia 13 de dezembro junto à sede do 2º Pelotão em Januária, às 10 horas.

O termo foi cientificado a Vanderlei Nagata, o qual se comprometeu a repassar ao proprietário Mário Aratami Filho, todas as informações a fim de prestar maiores esclarecimentos a respeito da intervenção ambiental e as providências cabíveis que serão tomadas.

Os responsáveis deverão apresentar laudo e documentos expedidos, além de licença ambiental, bem como outras documentações exigidas pelos órgãos ambientais em Januária.

Manchas brancas foram deixadas, onde os autores enterraram os pequizeiros e outras árvores nativas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Seminário apresenta projetos nesta quinta
Seminário apresenta projetos nesta quinta
Município adia início do prazo de inscrições para o dia 1º de julho
Montes Claros poderá registrar temperatura mínima de 12ºC
Temperaturas entram em declínio no Norte de Minas
Temperaturas entram em declínio no Norte de Minas
Deputado exalta reunião sobre energia limpa
Deputado exalta reunião sobre energia limpa
Minas celebra redução no desmatamento
Minas celebra redução no desmatamento
Irrigantes se reúnem em Nova Porteirinha e Jaíba
Irrigantes se reúnem em Nova Porteirinha e Jaíba
Parceria projeta potencializar o extrativismo em Montes Claros
Parceria projeta potencializar o extrativismo em Montes Claros
Parque Estadual de Botumirim inaugura novas estruturas
Parque Estadual de Botumirim inaugura novas estruturas
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Cerrado e caatinga apresentam índices de 43% e 37% em Minas
Programa da Prefeitura investe em sustentabilidade e inclusão
Estado entrega 81 novos carros para unidades regionais do IEF
Defesa Civil faz alerta para nova onda de calor em Minas Gerais
Simpósio acontecerá em Salvador
Membros do CBHSF participam do encontro de comitês em BH
Dnocs participa de evento de apresentação do prognóstico de chuvas e seca no semiárido
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste