Pedido de socorro em sandália ajuda bombeiros resgatar grupo de amigos

Um pedido de socorro escrito em uma sandália ajudou os bombeiros a resgatar um grupo de oito amigos que ficou ilhado por cerca de cinco horas em uma cachoeira na zona rural de Itacambira, no Norte de Minas.

Um pedido de socorro escrito em uma sandália ajudou os bombeiros a resgatar um grupo de oito amigos que ficou ilhado por cerca de cinco horas em uma cachoeira na zona rural de Itacambira, no Norte de Minas. Segundo os militares, os turistas passavam o domingo na cachoeira quando o nível da água aumentou, repentinamente, por conta de uma cabeça d’água logo após chover na região. Eles ficaram ilhados em cima de pedras, sem conseguir retornar para as margens da cachoeira.

“Em um dado momento, um senhor que tem uma fazenda nas proximidades passou pelo local. Ele escutava os gritos, mas não conseguia entender por conta do barulho intenso da cachoeira. Um dos rapazes estava com uma caneta e escreveu o pedido de socorro na sandália, e jogou a cerca de 50 metros”, explicou o sargento Diego Soares Dias.

O jovem colocou o telefone da mãe na sandália e pediu que o morador ligasse no número, informando que ele estava ilhado com o grupo de amigos. No local, não havia sinal de telefone e o morador fez a ligação assim que chegou em casa. “Após receber o telefonema, a mãe entrou em contato com a gente e nos acompanhou até o local. Ela conhecia a região porque já havia trabalhado como guia”. A equipe saiu de Montes Claros que fica a cerca de 99km de Itacambira.

Ao chegarem na região, os militares precisaram percorrer cerca de 2 km a pé em uma área de trilha alagada e com muitas pedras. Assim que identificaram o local exato onde as vítimas estavam, foi iniciado o resgate com uso de uma corda, ancorada em árvores. Os militares retiraram uma pessoa de cada vez e o resgate durou cerca de 40 minutos. Os turistas não ficaram feridos e retornaram para Montes Claros, onde moram, por meios próprios.

Pedido de socorro em sandália ajuda bombeiros resgatar grupo de amigos
Bombeiros usaram uma corda ancorada em árvores para resgatar as vítimas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
Idosa encontrada morta no Rio São Francisco
Idosa encontrada morta no Rio São Francisco
Escoras são colocadas em prédio de 16 andares com risco de cair
Escoras são colocadas em prédio de 16 andares com risco de cair
Estrada que liga Nova Matrona à MG-404 está perto de ser concluída
Estrada que liga Nova Matrona à MG-404 está perto de ser concluída
Mais de 10 mil farão provas na cidade
Mais de 10 mil farão provas na cidade
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Pitbull ataca idoso em comunidade rural
Pitbull ataca idoso em comunidade rural
Associação Grupo da Melhor Idade recebe veículo novo
Associação Grupo da Melhor Idade recebe veículo novo
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Pintor cai de andaime após receber descarga elétrica
Copasa inicia obras para ampliar oferta de esgotamento sanitário
Prefeituras recebem primeiro FPM de abril
Grupo de Trilheiros dá suporte
Trilheiro passa mal e é resgatado pelo CB
Prefeitura anuncia asfalto em Marcela
Circuito de Hipismo acontece neste sábado em Montalvânia
Governo mapeia demandas do mercado de trabalho
Lava-jato era usado com o ponto de tráfico de drogas
Recurso vai definir se polícia pode criar site para identificar envolvidos
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG