PC prende estelionatária que causou R$ 600 mil em prejuízo

Uma ex-funcionária de uma agência bancária foi alvo de uma operação que apura o crime de furto qualificado em Januária, no Norte de Minas.

Uma ex-funcionária de uma agência bancária foi alvo de uma operação que apura o crime de furto qualificado em Januária, no Norte de Minas. Ela é investigada por aplicar golpes na cidade. De acordo com o delegado Willian Araújo, o mandado de prisão preventiva foi cumprido na última sexta-feira (26/4) em Belo Horizonte, para onde a mulher, de 29 anos, fugiu. Já o de busca e apreensão foi executado na casa dela, em Januária. O prejuízo causado às vítimas é de pelo menos R$ 600 mil.

“A suspeita escolhia preferencialmente vítimas vulneráveis, como idosos e pessoas de baixa instrução escolar. Aproveitando- -se dessa vulnerabilidade, realizava empréstimos em nomes das pessoas e posteriormente fazia transferências para contas bancárias pessoal e de terceiro com quem ela mantinha relacionamento.”

Segundo o delegado, a investigação encontrou, por meio do cruzamento de dados, registros de algumas pessoas que afirmavam que empréstimos foram contratados em seus nomes sem autorização. Elas relatavam ainda que os valores não eram creditados em suas contas.

Durante os levantamentos, a Polícia Civil descobriu que a investigada se aproveitou do cargo que tinha em um banco para realizar vários empréstimos. Após ser descoberta, foi demitida. Mas, para continuar com os golpes, ela passou a fingir que trabalhava em outra agência da cidade.

 “No local, ela abordava as vítimas oferecendo ajuda e, assim, realizava contratação de empréstimos.” Conforme o delegado, foram apreendidos cartões bancários e documentos na casa da mulher. Ela foi localizada na capita mineira com o apoio da Delegacia Especializada Antissequestro (DAS) pertencente ao Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp). Todas as provas serão anexadas ao procedimento em trâmite que apura o crime de furto qualificado. As investigações continuam.

PC prende estelionatária que causou R$ 600 mil em prejuízo
Investigada por aplicar golpes que somam pelo menos R$ 600 mil em idosos e pessoas com baixa escolaridade é alvo de operação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

MPMG ajuíza ações contra empresa e seu proprietário por fraude em licitação
MPMG ajuíza ações contra empresa e seu proprietário por fraude em licitação
Procurado pela Justiça preso com drogas, arma e munições
Procurado pela Justiça preso com drogas, arma e munições
Casal preso em quiosque na orla do rio São Francisco após assalto
Casal preso em quiosque na orlado rio São Francisco após assalto
Suspeito de matar homem com vários tiros preso em Janaúba
Suspeito de matar homem com vários tiros preso em Janaúba
Condenado a 113 anos de prisão por estupros de crianças é preso em BH
Condenado a 113 anos de prisão por estupros de crianças é preso em BH
Comitê inicia tratativas para definir estratégias de segurança
Comitê inicia tratativas para definir estratégias de segurança
Lancha explode com casal montes-clarense e três filhos
Lancha explode com casal montes-clarense e três filhos
Motorista de carreta preso ao ser flagrado com arma na cintura
Motorista de carreta preso ao ser flagrado com arma na cintura
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Mulher oferece água e comida para pedintes e acaba sendo assaltada
Rapaz preso em festa com cocaína na cueca em Januária
Casal invade casa e faz a “limpa” em Januária
PC prende suspeito de tráfico de drogas em Ubaí
Homem preso na cidade com celular furtado em loja de BH
Bandidos roubam R$ 36 mil em dinheiro e joias de idoso
Homem esfaqueia a ex na frente da filha deles
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito