Município oferece centenas de empregos para os vulneráveis

A Prefeitura de Montes Claros, através da Diretoria de Qualificação Profissional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e da Diretoria de Licitações, reuniu-se na terça-feira (12/3), com representantes do Conselho da Comunidade Penal de Montes Claros, do Programa de Ressocialização de Egressos do Sistema Prisional (PRESP) e do Instituto Masdhe, para tratar do fluxo do Banco de Oportunidades, criado pelo município através da Lei 5.079, de 2018, que prevê o encaminhamento, para empresas que prestam serviços à prefeitura, de egressos do Sistema Prisional e de pessoas em situação de rua.

A Prefeitura de Montes Claros, através da Diretoria de Qualificação Profissional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e da Diretoria de Licitações, reuniu-se na terça-feira (12/3), com representantes do Conselho da Comunidade Penal de Montes Claros, do Programa de Ressocialização de Egressos do Sistema Prisional (PRESP) e do Instituto Masdhe, para tratar do fluxo do Banco de Oportunidades, criado pelo município através da Lei 5.079, de 2018, que prevê o encaminhamento, para empresas que prestam serviços à prefeitura, de egressos do Sistema Prisional e de pessoas em situação de rua.

O Banco de Oportunidades é parte integrante da metodologia usada pelos projetos Para Além das Prisões e Jardins para Borboletas, que trabalham com a inclusão socioeconômica desses dois públicos. Os projetos foram criados sob a direção do Ministério Público de Minas, na pessoa do promotor de justiça Paulo César Vicente de Lima, e envolveu parcerias com a Prefeitura de Montes Claros, Polícia Militar, Unimontes, Conselho na Comunidade Penal da Comarca de Montes Claros, dentre outros.

No momento, há mais de 100 obras em andamento no município e 5% das vagas são destinados a estes projetos, que têm mudado a vida de muitas pessoas e suas famílias, reintegrando-as, de forma economicamente produtiva, à sociedade. Muitos deles eram dependentes químicos e foram recuperados.

Os projetos não apenas oferecem emprego, mas também ressignificam e dignificam a vida dessas pessoas, através de uma metodologia inédita denominada Resiliência Empreendente, que embarca o MASDHE (Marco Sequencial de Desenvolvimento Humano Empreendente), uma tecnologia social que, de forma gradativa, reestrutura a capacidade cognitiva afetada pela exclusão e pelas drogas e centra a identidade do indivíduo na construção de novos propósitos de vida.

Resultado de estudos, aplicações e pesquisas feitas por cerca de 20 anos, o MASDHE tornou-se ferramenta indispensável no trabalho com públicos hipervulneráveis. Seu idealizador, o professor Wellington F. Silva, a disponibiliza para qualquer Organização da Sociedade Civil que a queira utilizar. “É um conhecimento que precisa ser disseminado pelo país todo e que está disponível para quem quiser. O Instituto MASDHE foi criado com esse objetivo”, afirma ele.

Município oferece centenas de empregos para os vulneráveis
REUNIÃO com representantes do Conselho, Programa de Ressocialização e do Instituto Masdhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Cejuscs de Bocaiúva, Francisco Sá e Buenópolis recebem visita técnica
Cejuscs de Bocaiúva, Francisco Sá e Buenópolis recebem visita técnica
Programa de Voluntariado Cemig entrega as doações da Campanha
Programa de Voluntariado Cemig entrega as doações da Campanha
Sicoob Credinor inaugura 35 mil pessoas compareceram na Fenicafé Centro Cooperativo Heli Penido
Sicoob Credinor inaugura Centro Cooperativo Heli Penido
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
DPMG realizará mutirão em São Francisco
DPMG realiza Mutirão das Famílias nesta sexta
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Agricultores de 3 municípios vão receber o Garantia-Safra
Ministério confirma horários de provas e mudança na segurança
Jovem que ingeriu colher deixa hospital sem finalizar tratamento
Projeto MP em Movimento será lançado hoje em MOC
TRE instala posto temporário na Assembleia Legislativa
Amams promoverá encontro para discutir assistência social
Januária passará por inspeção técnica na Comarca
Lançamento será em Montes Claros no dia 18
Cimams e Unimontes realizam Seminário
Clínica quebra todos os paradigmas e torna acessível a saúde especializada a todos
Cejuscs de Bocaiúva, Francisco Sá e Buenópolis recebem visita técnica
PEC das Drogas inconstitucional pode agravar cenário de violência
Presos suspeito investigado em 10 furtos cometidos em dois meses