Município começa a enfrentar período de amplitude térmica

Montes Claros começou a enfrentar dias de amplitude térmica, com altas temperaturas durante o dia e baixas à noite, com grande oscilação também dos índices de umidade relativa do ar.

Montes Claros começou a enfrentar dias de amplitude térmica, com altas temperaturas durante o dia e baixas à noite, com grande oscilação também dos índices de umidade relativa do ar. Na tarde dessa quarta-feira (24/4), a máxima chegou a 31ºC, com umidade do ar de 49%. Não há previsão de chuvas para os próximos dias. Mas as precipitações que ocorreram no início de abril superaram em muito a média histórica para o mês, que é de 38mm. Foram registrados 91mm de chuvas em Montes Claros, o que corresponde a 239% da média.

Para esta quinta-feira (25/4), previsão de temperatura máxima de 31ºC, mínima de 20ºC e índices de umidade relativa do ar entre 35% e 79%. O Sol deverá surgir no horizonte da cidade por volta das 6h06m e se pôr em torno de 17h40, com predominância da Lua Cheia. Para os próximos dias, até o dia 30, a temperatura máxima deverá se manter na casa dos 30ºC, a mínima variar entre 19ºC e 21ºC, com índices de umidade relativa do ar entre 34% e 91%.

Já a partir do primeiro dia de maio, a amplitude térmica deverá se acentuar, com a máxima subir e oscilar entre 31ºC e 32ºC e a mínima cair e variar entre 16ºC e 17ºC, aumentando a diferença entre a temperatura máxima e a mínima. Muita gente reclama quando passa por um dia de grande amplitude térmica no outono/inverno porque sente frio de manhã cedo, e tem que usar vários casacos, mas por volta do meio-dia já está quente e é preciso tirar os agasalhos.

Esse tira e põe de roupas (e muitas vezes ter que carregá-las depois) é o que parece mais incomodar. Este é o famoso “efeito cebola”, segundo a meteorologista Josélia Pegorim, da empresa Climatempo. Dias de grande amplitude térmica são muito comuns durante o outono, inverno e na primavera no Sudeste, Centro-Oeste, no interior do Nordeste e em áreas da região Norte, como o Tocantins.

ONDA DE CALOR

O Brasil se prepara para enfrentar uma nova onda de calor que está prevista para fechar o mês de abril. Esta deverá ser a quarta onda de calor desde o início de 2024 e sua origem está associada a uma área de alta pressão na média atmosfera, que deverá atuar como um bloqueio atmosférico. Este sistema favorece a manutenção do ar seco e quente, que provoca altas temperaturas. Uma das características desse sistema é intensificar o ar de cima para baixo, inibindo a formação de nuvens e favorecendo a intensificação do calor.

O processo pode contribuir para elevar as temperaturas dia após dia, mesmo estando no outono, época em que as temperaturas costumam cair. A falta de uma massa de ar frio forte o suficiente para provocar uma mudança significativa nas condições tempo mantém o domínio do ar quente sobre grande parte do país. Todo este calor deverá persistir em boa parte do Centro-Sul do Brasil pelo menos até o dia 2 de maio. No entanto, os modelos meteorológicos indicam uma possível manutenção desse padrão além deste período, podendo perdurar ao longo da primeira semana de maio, o que será monitorado nos próximos dias para avaliar seu impacto e duração.

Município começa a enfrentar período de amplitude térmica
NOS PRÓXIMOS dias, o pôr-do-sol deverá ocorrer em torno das 17h40 em Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Seminário apresenta projetos nesta quinta
Seminário apresenta projetos nesta quinta
Município adia início do prazo de inscrições para o dia 1º de julho
Montes Claros poderá registrar temperatura mínima de 12ºC
Temperaturas entram em declínio no Norte de Minas
Temperaturas entram em declínio no Norte de Minas
Deputado exalta reunião sobre energia limpa
Deputado exalta reunião sobre energia limpa
Minas celebra redução no desmatamento
Minas celebra redução no desmatamento
Irrigantes se reúnem em Nova Porteirinha e Jaíba
Irrigantes se reúnem em Nova Porteirinha e Jaíba
Parceria projeta potencializar o extrativismo em Montes Claros
Parceria projeta potencializar o extrativismo em Montes Claros
Parque Estadual de Botumirim inaugura novas estruturas
Parque Estadual de Botumirim inaugura novas estruturas
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Cerrado e caatinga apresentam índices de 43% e 37% em Minas
Programa da Prefeitura investe em sustentabilidade e inclusão
Estado entrega 81 novos carros para unidades regionais do IEF
Defesa Civil faz alerta para nova onda de calor em Minas Gerais
Simpósio acontecerá em Salvador
Membros do CBHSF participam do encontro de comitês em BH
Dnocs participa de evento de apresentação do prognóstico de chuvas e seca no semiárido
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste