MP faz recomendação à Prefeitura de Ninheira

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) expediu, em 31 de janeiro, Recomendação ao município de Ninheira, para que adote as medidas necessárias para garantir que alunos com autismo ou outras deficiências intelectuais, matriculados na rede básica de ensino municipal, permaneçam acompanhados pelos professores de apoio com os quais estabeleceram vínculos de confiança e de afeto, de modo que estes profissionais apenas sejam substituídos em casos de: indicação médica; estudo social que recomende a providência, a ser apresentado ao MPMG; pedido expresso e justificado dos pais.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) expediu, em 31 de janeiro, Recomendação ao município de Ninheira, para que adote as medidas necessárias para garantir que alunos com autismo ou outras deficiências intelectuais, matriculados na rede básica de ensino municipal, permaneçam acompanhados pelos professores de apoio com os quais estabeleceram vínculos de confiança e de afeto, de modo que estes profissionais apenas sejam substituídos em casos de: indicação médica; estudo social que recomende a providência, a ser apresentado ao MPMG; pedido expresso e justificado dos pais.

Segundo o promotor de Justiça Breno Alexei Rodrigues de Oliveira, tal Recomendação foi motivada pelo atendimento ao público realizado na Promotoria de São João do Paraíso, em que mães de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) relataram a constante troca de professores de apoio no município de Ninheira, sem motivação justificada. De acordo com as mães, os filhos autistas necessitam permanecer acompanhados dos mesmos profissionais de apoio, com os quais desenvolvem vínculos de afeto e de confiança, medida que se revela fundamental – conforme laudos médicos apresentados por elas – para o progressivo desenvolvimento da criança especial.

Outro objeto da Recomendação foi para que o transporte das crianças autistas e dos seus acompanhantes para consultas nos municípios vizinhos se realize adequadamente, em veículos de pequeno porte e em horários compatíveis com as consultas, exames e procedimentos necessários, evitando-se longas esperas, em espaços inadequados, como relataram as mães na Promotoria de Justiça. “Avalio que tal medida seja muito importante para reduzir o tempo de espera a que são submetidos os pacientes especiais e os seus acompanhantes e, consequentemente, eliminar, tanto quanto possível, os desgastes físicos e psicológicos atrelados ao pleno exercício do direito à saúde”, afirma o promotor de Justiça.

A Recomendação destaca que, de acordo com a legislação, “incumbe ao poder público assegurar, criar, desenvolver, implementar, incentivar, acompanhar e avaliar um sistema educacional inclusivo em todos os níveis e modalidades, bem como o aprendizado ao longo de toda a vida, promovendo o aprimoramento dos sistemas educacionais, visando a garantir condições de acesso, permanência, participação e aprendizagem, por meio da oferta de serviços e de recursos de acessibilidade que eliminem as barreiras e promovam a inclusão plena”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Mostra Sua UFMG Montes Claros terá mais de 2,6 mil participantes
Mostra Sua UFMG Montes Claros terá mais de 2,6 mil participantes
O bom desempenho da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) no Índice Geral de Cursos (IGC), medido pelo Ministério da Educação (MEC), por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi enaltecido pelo governador Romeu Zema, do Novo. A qualidade do ensino teve a qualidade do ensino reconhecida com o recebimento do conceito 4 no IGC, que varia de 1 a 5. Em mensagem de vídeo, o governador destaca que o resultado da avaliação realizada pelo MEC, relativa a 2022, é uma demonstração da qualidade do ensino na Unimontes. “Eu fico muito feliz com esse resultado”, afirmou o governador. “Isso só reforça a qualidade de ensino que a Unimontes oferece e que foi considerada de excelência, nível que é alcançado por pouco mais do que 27% das instituições de ensino superior do Brasil”, declarou o governador. Esse reconhecimento, com toda certeza, é resultado do empenho da Unimontes na aplicação de metodologias inovadoras na qualificação continuada do corpo docente e também na ampliação das políticas de assistência estudantil e dos projetos de pesquisa. Por todo esse trabalho e por essa grande conquista, ficam aqui os meus parabéns a todos que compõem a Unimontes. Os alunos, professores e servidores”, afirmou o governador. A boa avaliação da Universidade no IGC/2022 também foi enaltecida pelo reitor da Unimontes, professor Wagner de Paulo Santiago. Ele lembrou que o percentual de 27,7% das instituições de ensino superior brasileiras obteve as notas 4 e 5 na avaliação promovida pelo MEC. “Com o conceito alcançado, a Unimontes ficou entre as melhores universidades do país, em um nível de excelência. Isso é um mérito dos nossos professores, alunos e servidores técnico-administrativos, os quais cumprimentamos por esse feito extraordinário”, observou o reitor. Ao comentar sobre a importância do desempenho da Unimontes na avaliação do MEC, o reitor Wagner de Paulo Santiago também ressaltou o apoio do Governo do Estado que também contribui para o resultado no IGC. “Na oportunidade, agradecemos o empenho de todo a equipe do Governo do Estado, nas pessoas do governador Romeu Zema e do vice-governador Mateus Simões, que não tem medidos esforços para atender as demandas da nossa universidade”, afirmou. Por sua vez, a presidente da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Unimontes, professora Viviane Carrasco, salienta que a boa posição da instituição no sistema avaliativo do MEC é uma conquista coletiva, envolvendo toda a comunidade acadêmica, e serve como referência para a universidade aprimorar suas ações. “Trata-se de um reconhecimento à instituição, fortalecendo o seu compromisso de seguir as diretrizes de educação no país segundo o INEP/ MEC, buscando melhorias para ensino, pesquisa e extensão de excelência”, afirma a educadora.
Governador destaca desempenho da Unimontes
IFNMG inicia em Salinas a operação do Centro Colaborador de análises laboratoriais
IFNMG inicia em Salinas a operação do Centro Colaborador de análises laboratoriais
IFNMG abre as inscrições para a Olimpíada Brasileira de Robótica
IFNMG abre as inscrições para a Olimpíada Brasileira de Robótica
Proerd promove campanha de combate ao bullying no ambiente escolar
Proerd promove campanha de combate ao bullying no ambiente escolar
Mostra Sua UFMG no campus Montes Claros será no dia 13
Mostra Sua UFMG no campus Montes Claros será no dia 13
Município amplia oferta de vagas na EJA
Município amplia oferta de vagas na EJA
DPU apoia parecer do CNE sobre educação de pessoas com autismo
DPU apoia parecer do CNE sobre educação de pessoas com autismo
Abertas inscrições para pré-vestibular municipal
Governo publica último lote de nomeações de excedentes
Servidores federais de educação paralisam suas atividades em 360 unidades de ensino
Unimontes recebe nota 4 em avaliação do Inep
IFNMG-Campus Januária abre inscrições
O promotor de justiça Paulo Cesar Dias, o juiz da Comarca, Marcos Antônio Ferreira, e a servidora do Cejusc Rosane Rabelo
Parfor Equidade vai abrir 100 vagas pelo IFNMG e Unimontes
Colégio Sesc comemora 10 anos em Minas
Governo mapeia demandas do mercado de trabalho
Lava-jato era usado com o ponto de tráfico de drogas
Recurso vai definir se polícia pode criar site para identificar envolvidos
Vaca cai em reservatório de 4 metros de profundidade
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG