Montante aumenta 2,59% e paga R$ 18,2 milhões em Montes Claros

A Caixa Econômica Federal paga, nesta sexta-feira (19), a parcela de outubro do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 3.

A Caixa Econômica Federal paga, nesta sexta-feira (19), a parcela de outubro do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 3. Neste mês, o benefício terá um adicional para mães de bebês de até 6 meses de idade. Chamado de Benefício Variável Familiar Nutriz, o adicional corresponde a seis parcelas de R$ 50 para garantir a alimentação da criança. Com o novo acréscimo, que destinará R$ 14 milhões a 287 mil mães neste mês, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome informa que está concluída a implementação do novo Bolsa Família.

Em outubro, o Governo Federal contempla 21,45 milhões de famílias em todo o País. São R$ 14,67 bilhões investidos, com benefício médio de R$ 688,97. O novo adicional soma R$ 14 milhões neste mês para atender as famílias de mais de 287 mil nutrizes. Para o recebimento, a família deve atualizar os dados no Cadastro Único informando o nascimento de mais um integrante. Já o Benefício Primeira Infância totaliza R$ 1,36 bilhão em outubro, atendendo 9,58 milhões de crianças de zero a 6 anos com o adicional de R$ 150 para cada.

Entre os acréscimos do novo desenho do programa, relançado em março deste ano, há ainda R$ 30 milhões destinados neste mês para 632,5 mil gestantes, e outros R$ 723 milhões para 15,62 milhões de crianças e adolescentes de sete a 18 anos incompletos. Em outubro, quase 241,7 mil novas famílias foram incluídas no programa de transferência de renda do Governo Federal. Desde março, já são 2,39 milhões de novas concessões.

MONTES CLAROS

Em Montes Claros, o número de beneficiados pelo Programa Bolsa Família teve um aumento de 2,45% de setembro para outubro, saltando de 25.868 para 26.503 famílias. O montante repassado a esse público também teve um incremento de 2,59%, passando de 17.804.731,00 para R$ 18.265.520,00. A capital simbólica do Norte de Minas é a sétima maior em número de beneficiados. Está atrás de Belo Horizonte, com 138.067 famílias e montante de R$ 91.818.933,00; Contagem (48.149 – R$ 32.315.817,00), Betim (39.231 – R$ 26.336.515,00), Ribeirão das Neves (32.364 – R$ 22.114.520,00), Uberlândia (31.184 – R$ 21.163.886,00) e Juiz de Fora (28.732 – R$ 19.630.337,00).

NORTE DE MINAS

Além de Montes Claros, os municípios com os maiores números de beneficiários são os seguintes: Januária (11.668 famílias – R$ 8.084.927,00), São Francisco (10.107 – R$ 87.130.079,00), Janaúba (8.554 – R$ 5.751.845,00), Bocaiúva (7.071 – R$ 4.856.453,00), Jaíba (6.927 – R$ 4.842.430,00), Pirapora (6.833 – R$ 4.591.860,00), Espinosa (5.689 – R$ 3.787.785,00), Salinas (4.922 – R$ 3.277.045,00), Porteirinha (4.700 – R$ 3.160.614,00), São João da Ponte (4.276 – R$ 2.922.339,00) e Taiobeiras (4.009 – R$ 2.695.082,00).

COMPLETA

“A implantação do Programa Bolsa Família agora ficou completa, com pagamento para as nutrizes. São 287 mil em todo o Brasil, R$ 14 milhões chegando na proteção. E também temos a busca ativa alcançando 2,39 milhões de famílias que estavam passando fome. Fomos lá dar as mãos e trouxemos para o Bolsa Família”, destacou nesta semana o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias.

Para 1,97 milhão de famílias que estão em regra de proteção, o benefício médio do mês ficou em R$ 374,80. A medida permite a permanência no programa de famílias que elevaram a renda para até meio salário mínimo por integrante, de qualquer idade. Nesses casos, a família recebe, por até dois anos, 50% do valor do benefício a que teria direito, incluindo os adicionais para crianças, adolescentes, gestantes e nutrizes.

Também neste mês, 297,4 mil famílias foram canceladas do programa. Os dados do Bolsa Família são integrados ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), para garantir que fiquem no programa apenas as famílias que estejam dentro dos critérios de renda estabelecidos. O CNIS conta com mais de 80 bilhões de registros administrativos referentes a renda, vínculos de emprego formal e benefícios previdenciários e assistenciais pagos pelo INSS.

BLOQUEIO

Outra novidade do programa em outubro é que as famílias com parcelas desbloqueadas não necessitam mais ir a uma agência para sacar os valores acumulados. Eles serão creditados automaticamente na conta bancária onde o beneficiário já recebe os repasses mensalmente. Com essa inovação, serão liberadas 700 mil parcelas retroativas neste mês, resultando em cerca de R$ 278 milhões desbloqueados. Os beneficiários conseguem visualizar a informação da liberação do valor por meio dos aplicativos do Bolsa Família e Caixa Tem.

Do total de pessoas que receberam o Bolsa Família em outubro, 32,6 milhões (58%) são do sexo feminino. O percentual é ainda mais relevante ao se considerar as responsáveis familiares: 82,9% são mulheres. O programa tem ainda mais de 41 milhões de pessoas beneficiárias de cor preta ou parda (73%).

Montante aumenta 2,59% e paga R$ 18,2 milhões em Montes Claros
BOLSA FAMILIA lcança mais de 26 mil beneficiários neste mês

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Copasa investe R$ 10 milhões em obras de abastecimento de água
Copasa investe R$ 10 milhões em obras de abastecimento de água
Polícia Civil vai investigar incêndio em universidade
Polícia Civil vai investigar incêndio em universidade
Sebrae Minas e APACS realizam 1º Seminário da Cachaça em Salinas
Sebrae Minas e APACS realizam 1º Seminário da Cachaça em Salinas
Congresso da AMM reúne prefeitos
Congresso da AMM reúne prefeitos
Setenta mulheres são capacitadas para montagem de trackers solares
Setenta mulheres são capacitadas para montagem de trackers solares
Copasa garante recursos para universalizar saneamento
Copasa garante recursos para universalizar saneamento
Sexagenário desaparecido é encontrado em Bocaiúva
Sexagenário desaparecido é encontrado em Bocaiúva
Dirigentes se reúnem para votar porte de arma para advogados
Ocorrências de queimadas mais que dobraram em um mês em MG
Posto do Sine disponibiliza 92 vagas de empregos na cidade
CBM anuncia concurso com 329 vagas em Minas
Comunidades recebem Programa Água Doce
Município adia início do prazo de inscrições para o dia 1º de julho
Adolescente chama bombeiros ao ver cobra em refrigerador
Sudene quer criar Rede para fomentar inovação na região
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste