Missa de 7º dia de Walewska Oliveira acontecerá em duas cidades

Na última quinta-feira, 21 de setembro, morreu a ex-jogadora centra de vôlei, Walewska Oliveira, que foi campeã olímpica com a seleção de vôlei nos Jogos de Pequim, em 2008, e deixou as quadras no fim da temporada 2021/2022.

Na última quinta-feira, 21 de setembro, morreu a ex-jogadora centra de vôlei, Walewska Oliveira, que foi campeã olímpica com a seleção de vôlei nos Jogos de Pequim, em 2008, e deixou as quadras no fim da temporada 2021/2022.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o óbito da campeã olímpica de vôlei aconteceu em decorrência de uma queda do 17º andar. A polícia investiga as circunstâncias. De acordo com o documento, expedido pelo 78º Distrito Policial, no bairro dos Jardins, na Zona Oeste da cidade de São Paulo, existe a hipótese de que ela tenha cometido suicídio. Segundo o documento, a ocorrência aconteceu às 18h09 e foi comunicado aos órgãos competentes às 20h19.

Ela estava em São Paulo para divulgação de sua biografia e chegou a trocar livros com Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, no último dia 19. Walewska ainda participou de um podcast nesta semana e apresentou sua obra em um evento na capital paulista.

Nesta terça-feira, 26 de setembro, foi anunciado que a jogadora receberá duas missas diferentes de sétimo dia em cidades distintas, com a primeira acontecendo na quartafeira, 27 de setembro, às 19h, em Belo Horizonte, na Paróquia Santo Antônio da Pampulha.

“Você será recordada para sempre e por todos. Jamais esqueceremos do seu sorriso e o seu jeito humilde de ser”, afirmou o comunicado sobre a cerimônia, publicado nos stories do Instagram da Walewska, que também anunciou uma missa em Uberlândia no mesmo dia e horário.

Exímia nas quadras

Em sua biografia, intitulada “Outras redes”, ela contou sua trajetória desde os 12 anos, quando saiu de casa e pegou o ônibus para o primeiro teste de vôlei no Minas, dando os primeiros passos rumo a uma carreira de conquistas.

Conhecida por manter sempre um perfil elegante dentro e fora da quadra, Walewska influenciou uma geração de jogadoras no país. Na seleção, fez parte de diversas conquistas e marcou época. Walewska foi convocada para a seleção brasileira pela primeira vez por Bernardinho, em 1997.

Com ele, conquistou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, no Canadá, em 1999, e o bronze na Olimpíada de Sidney, em 2000. Depois, sob o comando de Zé Roberto, seguiu colecionando títulos.

No Praia Clube, Walewska se reafirmou como uma das maiores centrais da história do vôlei brasileiro. Na temporada 2017/2018, foi o pilar da primeira conquista do clube na Superliga. Depois, passou um ano no Osasco, mas retornou à cidade mineira para seus últimos anos como profissional.

O Sul-Americano de vôlei 2022 marcou a despedida oficial de Walewska das quadras. O último jogo da central foi diante do Regatas Lima, do Peru, pela fase de grupos.

Na semifinal contra o Sesi-Bauru e na final contra o rival o Minas, Wal ficou como opção no banco de reservas, mas não foi utilizada durantes as partidas. Após a aposentadoria, o clube de Uberlândia deixou de usar a camisa 1, que a central vestia.

Missa de 7º dia de Walewska Oliveira acontecerá em duas cidades
Missa de 7º dia de Walewska Oliveira acontecerá em duas cidades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Pela primeira vez, base do Montes Claros Vôlei disputará o Brasileiro
Pela primeira vez, base do Montes Claros Vôlei disputará o Brasileiro
Cruzeiro pega Unión La Calera em confronto de vida ou morte
Cruzeiro pega Unión La Caleraem confronto de vida ou morte
PRAÇA DE ESPORTES do Colégio Marista São José estará movimentada hoje
Torneio Missão de Solidariedade Marista será aberto nesta quarta
Em seu espaço, North recebe ET de Varginha com obrigação de vencer
Em seu espaço, North recebe ET deVarginha com obrigação de vencer
North EC vira a chave e foca a reabilitação sobre o Varginha
North EC vira a chave e foca a reabilitação sobre o Varginha
No Uruguai, o Atlético projeta o primeiro geral da Libertadores
No Uruguai, o Atlético projeta o primeiro geral da Libertadores
North busca liderança isolada em Patos
North busca liderança isolada em Patos
Grupo Sada é o novo patrocinador máster do Montes Claros Handebol
Grupo Sada é o novo patrocinador máster do Montes Claros Handebol
Cruzeiro precisa vencer Alianza na Colômbia para se manter vivo
Bastidores da venda do Cruzeiro teve choro um "não" preliminar
Unimontes e North Esporte Clube sinalizam parcerias
Tombense e Cruzeiro jogam neste domingo
Atlético fica fora do top 10 dos patrocínios
América tenta avançar em Maringá
Associação Jaíba Olímpica firma parceria com a Vale S/A
Com novo técnico, América vai tentar ser campeão após 7 anos
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito