Major Prates comemora 60 anos

Localizado na zona Sul de Montes Claros, o Bairro Major Prates é conhecido pela autonomia econômica, além de reunir diversos espaços de lazer, escolas, projetos sociais na comunidade, Igreja Nossa Senhora Aparecida, praça com quadra poliesportiva, consultórios médicos, dentários, Centro Médico da Santa Casa - Dom José Alberto Moura, Bispo Emérito de Montes Claros.

Localizado na zona Sul de Montes Claros, o Bairro Major Prates é conhecido pela autonomia econômica, além de reunir diversos espaços de lazer, escolas, projetos sociais na comunidade, Igreja Nossa Senhora Aparecida, praça com quadra poliesportiva, consultórios médicos, dentários, Centro Médico da Santa Casa – Dom José Alberto Moura, Bispo Emérito de Montes Claros. As pessoas costumam dizer que é uma cidade dentro da outra.

A trajetória da região será celebrada nesta quinta-feira (7), às 19 horas, na Câmara Municipal, proposta pelo vereador e 2º secretário da Mesa Diretora da Casa, Wilton Dias (PTB), do Grande Maracanã. Ao falar do momento vivido pelo bairro, que completou 60 anos de história, no último dia 18, Dias destaca a contribuição dos moradores para o desenvolvimento local. A festa de comemoração ocorrerá neste mês em data ser confirmada pela organização do bairro junto à prefeitura após a revitalização da Praça do Major Prates.

“Quinta-feira será um momento de confraternizar e homenagear pessoas ilustres, fundadoras do bairro com muito orgulho para nós, esperamos continuar lá para cada vez ajudar toda aquela comunidade”, evidencia o parlamentar ao NOVO JORNAL DE NOTÍCIAS, agradecendo a cada fundador e empreendedor da região, que serão homenageados 60 moradores que ainda fazem história e muitos deles já falecidos – representados pelos seus familiares que devem lotar hoje o Plenário do Legislativo montes-clarense.

DIDI – O eletricista – bombeiro hidráulico aposentado e ex-presidente do Time do Major Prates, Edvaldo Mattos, 79 anos, o Didi, que era amigo do ex-presidente da Câmara, Ademar Bicalho, da Rua Noé Luiz Soares, antiga Doze, perto de um dos Polos regionais, a Fetaemg Major Prates, com sede na Rua Antônio Maciel (Três) fala da satisfação de ser filho do Major Prates e da relação da sua família com a história da região. “É do Major que eu tive tudo da minha vida, o humor, a família. Então quero convidar todos para se fazerem presentes lá na Câmara”, conclamou.

A umbandista Clemência Alves de Souza (Dona Kelé) mãe do presidente da Associação do São Geraldo e administrador do POP Shopping, o ex-militar da PMMG, Wilton Antônio Alves (Tota), 70 anos, foi a primeira moradora do Major Prates, quando na época, adquiriu 70 lotes de 300 m², nas proximidades das Três Pilastras. Ela faleceu em 2000 com 84 anos e completaria em 2024, seus 107 anos é uma das mais lembradas em cada aniversário do Major Prates.

Naquela época, Tota lembra ainda, que sua mãe era muito admirada pelo trabalho que fazia junto à comunidade. Ali morou também os ex-prefeitos e médicos Dr. Pedro Santos, pai do empresário Jorge Antônio Santos, e ex-sócio do extinto Jornal do Norte, o Tone Santos, com o jornalista falecido Américo Martins Filho, Moacir Lopes, o primeiro na Rua Catanduva e tinha um Rural que atolava naquele bairro e a meninada corria para desatolá-la para ganhar uns trocadinhos de Dr. Pedro, numa chácara, onde o ex-presidente da República, Juscelino Kubitschek (JK) visitou aqui perto mesmo do Pop Shopping, relata. Ele também morou em uma chácara na Vila Atlântida, na Região do Grande Santos Reis.

Ainda menino, lembro-me que ali nas chácaras moraram Dr. Pedro Santos e Moacir Lopes, era onde o coronel Joaquim Costa possuía imóvel, mais precisamente no atual bairro Vargem Grande II, cujo córrego leva o mesmo nome e que recebeu uma grande avenida construída pelo prefeito Humberto Souto.

Os dois ex-prefeitos chegaram a morar nas proximidades do córrego, lembra à reportagem do NJN, Tota, nos anos 60, conta. E ainda, tem muitas histórias da antiga Luz Vermelha e bares dançantes no comerciante Zaru, na Avenida Francisco Gaetane, perto da ponte que separa o Major Prates e o Santo Expedito, na Avenida Cula Mangabeira e de um dos mais antigos moradores Zaru, das conhecidas Três Pilastras, perto da sede da Secretaria Paroquial São João Paulo II, na Castelar Prates.

Depois, veio a doação do terreno pela moradora Genoveva Mota, esposa do ex-deputado federal Milton Prates, que recebeu o nome dele e tios do deputado Arlen Santiago, que viveu boa parte de sua vida no Major Prates, recorda o líder comunitário.

EMPRESÁRIA – Outra empreendedora do Major Prates é a comerciante Luciene Ferreira da Silva, que há oito anos está no bairro, na Avenida Coração de Jesus, 445, com a Rua Pompeia, ao lado da Três Pilastras, com sua loja Fina Estampa, que vende confecções e roupas da moda. O espaço é grande e atende presencialmente e online, comemora as vendas, a empresária.

HOMENAGENS – Pelos 60 anos do Major Prates serão homenageados na noite desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores; José Cardoso da Fonseca, através de sua esposa Dona Amélia; Laudelino Cardoso Fonseca, Vicente Deodoro (Zaru) pela sua filha e ex-diretora da Escola Antônio Canela, Graça Silva; Manoel Alves Ferreira, Manel de Tereza; Lucas Alves Silva, Eva Silva, Geraldo Alves Ferreira, Dona Joaquina, Domingos de Hermógenes, José Barreiro, a filha Benedita, Antônio Fialho de Carvalho (Bilu), Paulo do Caminhão, pai das comerciantes Piu e Lena, da Rua José Catolino (antiga Onze); Edmar Rosa, presidente do Sindicato dos Bares, Restaurantes e Similares, proprietário do Bar do Parque, Edmar Rosa, Sindônio Soares de Medeiros; Benigno, José Maria de Medeiros, João Alves, Domingos Alves Costa, Carlos Moura, Catarino Lopes dos Santos, Paulo da Raiz, Antônio Ramiro Prates Neto (Tone Tabinha); comerciantes Honorato Pereira, da Rua Doze; Feliciano e Jair, Adão da Rua Cinco, Geraldo José dos Santos (Zé de Tatinha), Antônio Cardoso, Beatriz Alves, João Batista, Cosme Antunes de Souza, Cosme, Irmãos Pernambucanos, Wandi Ribeiro, ex- -presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Montes Claros, fazendeiro – proprietário da Drogasul, Wandi Ribeiro; Manoel Augusto Alves, o Manoel Raposa; contador e consultor Mário Sizílio dos Santos, Cabelereiro Ranulfo, Raimundo Gonçalves da Silva (Mundim); Eloy Cardoso dos Santos (Eloy Ferreiro) da Rua Onze, Chico Serralheiro; Veridiano Soares Souza; Gêra da Padaria; Chico Gomes; Seu Anderson; Noé Luiz Soares; Tone Leiteiro; José Isidório de Souza (Zé Boca Mucha); Supermercado Maciel; Sicoob Credinor; Gonzaga do Bar; Lucília; Amintas Borracheiro; Geraldo Soares de Moura; João JB Vidraçaria, Dezinho Mecânico; Wilson Padaria; Orlando; Joaquim Araújo; Cristiano Sena; André Casa de Carnes; Rei do Gado; dentista Ricardo Carvalho e Brunos Calçados.

História do Major Prates

O Major Prates tem uma população estimada em 28 mil habitantes e ainda congrega outros 16 bairros, sendo eles, Canelas II, Moradas do Parque, Sol, Augusta Mota, Vargem Grande I, II, Chiquinho Guimarães, Cyro dos Anjos, São Geraldo, Jardim São Geraldo, Povoado de São Geraldo, após a BR365, entre outros, que compõem a Região do Grande Major Prates.

O bairro é cortado pelas Avenidas Francisco Gaetani, Castelar, Olímpio Prates, Tito Versiane (antiga Avenida Quatorze), Penápolis, e abriga filiais de grandes redes de lojas de outras regiões do Estado, supermercados ataca rejo, drogarias, açougues, sacolões, boate, bares, restaurantes, casa lotérica, irrigação, depósitos de materiais de construção, elétricos, hidráulicos, caixas eletrônicos, agência bancária do Sicoob, pets shops, Parque Municipal Milton Prates, Pop Shopping, lojas de peças automotivas, motos, prestação de serviço, as Escolas Estadual Cristina Guimarães, Municipal Vidinha Pires, faculdades, auto escolas, antiga Secretaria Municipal de Educação, Campos do Globo, Terra Preta, sede do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros, Fetaemg, clubes da bola, Fundação Sara, POP da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, entre outras fundações e associações comunitárias de Montes Claros e corredor rodoviário para vários municípios como Coração de Jesus, Pirapora, Jequitaí, Buritizeiro, Três Marias,. Várzea da Palma, Uberlândia, Patos de Minas, Patrocínio, Rio de Janeiro, bem como de outros grandes centros do país.

O Major Prates é considerado o segundo centro comercial do Norte de Minas e tem acesso fácil para as várias rodovias federais, estaduais, Rodoviária, Polícias Rodoviárias Federal, Estadual da Polícia Militar PRMr, e localidades produtoras de alimentos. Antes o transporte nas décadas de 70 eram feitos por Kombis brancas até o Bairro Santos Reis.

Aos domingos há mais de 30 anos, é realizada de manhã, a feirinha livre, na Avenida Castelar Prates, uma das principais artérias que liga a 20 ruas e avenidas do Grande Major Prates e agora recebeu uma das maiores obras do Governo do Estado, que é o Anel Sul, quase concluído e que ligará os municípios de Bocaiúva, outros vizinhos e dezenas de bairros da zona sul.

As linhas são servidas de ônibus interestaduais, municípios do transporte coletivo urbano sem demora, durante a semana, quase 10 minutos do centro para o Major Prates e bairros situados no Grande Santos Reis, além de outras regiões da cidade e zona rural do município.

A solenidade homenageia 60 moradores e foi proposta pelo vereador Wilton Dias dado a importância do Major Prates para Montes Claros e região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
DPMG realizará mutirão em São Francisco
DPMG realiza Mutirão das Famílias nesta sexta
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Fórum abordará influência das redes na carreira profissional
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Lote sujo preocupa moradores e comerciantes
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Empresa vencedora vai executar obra de cratera
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Entidades empresariais realizam o Acelera 3.0 na cidade no dia 22
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Com uso de drone, homem desaparecido é encontrado
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Obra da ponte do JK avança e deverá ser concluída em maio
Jovem que ingeriu colher deixa hospital sem finalizar tratamento
Projeto MP em Movimento será lançado hoje em MOC
TRE instala posto temporário na Assembleia Legislativa
Amams promoverá encontro para discutir assistência social
Januária passará por inspeção técnica na Comarca
Lançamento será em Montes Claros no dia 18
Secretário exalta relevância de programa que atende a região
TJMG realiza Mutirões do Júri em comarcas do interior de MG
Emater investe R$ 2,6 mi em qualificação de colaboradores
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Pássaros da fauna silvestre apreendidos