Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma

Convenorte realiza reunião para apresentar projeto ao Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais

A Maçonaria de Montes Claros retoma as articulações com o propósito de viabilizar o projeto de construção do Hospital Regional do Trauma em Montes Claros, elaborado há mais de 15 anos pela Santa Casa, como forma de pelo menos amenizar a sobrecarga nos hospitais existentes, que recebem pacientes de todo o Norte de Minas e de parte da Bahia, pelo fato de a cidade ser referência em saúde para a região. O projeto deve consumir recursos da ordem de R$ 300 milhões e a perspectiva é de que o Ministério Público de Minas Gerais ajude a torá-lo do papel, já que conta com recursos para executar projetos de interesse coletivo.

Com este objetivo, o Conselho de Veneráveis do Norte de Minas (Convenorte) realiza reunião nesta quinta-feira, às 11 horas, na Loja Maçônica Obreiros de Adonhiran, com a presença do procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior. O evento contará com a participação de lideranças maçônicas da cidade, além do superintendente da Santa Casa, Maurício Sérgio Souza e Silva, um dos maiores defensores do projeto e que há mais de dez anos, como presidente do Convenorte, iniciou a mobilização para executar o importante empreendimento.

Durante a reunião, o então superintendente da Santa Casa, Samuel Figueira, idealizador do projeto, vai apresentá-lo com os mínimos detalhes ao procurador Jarbas Soares Júnior e mostrar sua relevância não só para Montes Claros, mas para toda a região. Um dos argumentos mais fortes é de que a cidade que é o segundo entroncamento rodoviário do país, com trânsito crescente nas rodovias federais, não pode ficar sem hospital especializado em trauma, para socorrer vítimas de acidentes graves, como tem acontecido causando transtornos aos hospitais, sem estrutura para atender demanda crescente de pacientes.

A expectativa é de que, na reunião, Jarbas Soares sinalize para apoio mais concreto ao empreendimento, com a destinação de pelo menos parte dos recursos necessários para o início das obras em terreno negociado pela Santa Casa com a Prefeitura, no bairro Planalto, transferido ao Estado há anos como uma das condições para tirar o projeto do papel, o que não ocorreu até o momento. Recentemente, em contato com o procurador, em evento na Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), o presidente do Convenorte e venerável da Loja Maçônica, União, Paz e Justiça, Ramon Ribas recebeu deste a sinalização de apoio ao projeto, o que pode ser concretizado na reunião desta quinta.

PROJETO – Idealizado pela Santa Casa há cerca de quinze anos, o projeto do Hospital Regional do Trauma recebeu apoio do então governador Antônio Anastasia, em reunião promovida pelo Convenorte, à época presidido por Maurício Sérgio, no Buffet Duca e Nazareth, com a presença de mais de mil maçons do Norte de Minas. Contudo, ele deixou o governo sem cumprir a promessa. Seu substituto, Alberto Pinto Coelho também reafirmou o compromisso, mas não o cumpriu. O ex-governador Fernando Pimentel, do PT, em campanha em Montes Claros foi outro a se comprometer com o empreendimento, mas a exemplo dos demais não deu qualquer resposta positiva.

O governador Romeu Zema, do Novo, assumiu o compromisso na campanha, em 2018, se elegeu, cumpriu o primeiro mandato sem falar no compromisso. E se reelegeu em 2022, no primeiro turno e nunca mais comentou sobre o Hospital do Trauma em Montes Claros, embora esteja garantindo recursos e retomando obras dos hospitais regionais em todo Estado. Por conta disso, a Maçonaria resolveu retomar as articulações para tentar viabilizar de vez o hospital, de reconhecida necessidade para a região.

Como a bancada do Norte de Minas na Assembleia Legislativa não cobra do governador atenção ao projeto, o superintendente da Santa Casa, Maurício Sérgio Souza e Silva se reuniu há poucos dias, com o presidente e a vice do parlamento, Tadeu Martins Leite, do MDB e Leninha, do PT, em busca de apoio ao empreendimento. A expectativa é de que os dois levem a reivindicação ao governador e este se manifeste sobre o compromisso de seu governo com a população de Montes Claros.

Maçonaria busca apoio para o Hospital do Trauma
Procurador Jarbas Soares Júnior pode contribuir para a construção do Hospital do Trauma em Montes Claros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Piso da Enfermagem será de R$ 3 milhões
Piso da Enfermagem será de R$ 3 milhões
População de Jaíba recebe reforço na saúde
População de Jaíba recebe reforço na saúde
Secretaria alerta sobre malefícios do consumo de cigarro
Secretaria alerta sobre malefícios do consumo de cigarro
Inaugurado Hospital do Câncer de Janaúba
Inaugurado Hospital do Câncer de Janaúba
Roda-Hans atende mais de 200 pacientes em Janaúba
Roda-Hans atende mais de 200 pacientes em Janaúba
Região vai receber R$ 750 mil para custear imunobiológicos especiais
Região vai receber R$ 750 mil para custear imunobiológicos especiais
Santa Casa realiza 2º Encontro de Planejamento Estratégico
Santa Casa realiza 2º Encontro de Planejamento Estratégico
Cievs alerta o Norte de Minas sobre casos de Febre Oropouche
Cievs alerta o Norte de Minas sobre casos de Febre Oropouche
Saúde lança campanha de prevenção ao uso de cigarros eletrônicos no País
Semana de formação do Projeto Integra Chagas movimenta profissionais
Governo recebe aeronaves que vão reforçar transporte de órgãos vitais e a segurança
Laudo aponta morte de menina por parada cardiorrespiratória
Exames de câncer bucal serão realizados no Major Prates
Aprovado projeto sobre uso de bactéria para controle do mosquito da dengue
Salas de Vacinação em Montes Claros
Governo antecipa parcelas da dívida com municípios
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste