[views count="1" print="0"]

Grupo de Atuação Especial de Combate celebra um ano de sua criação e atuação

Nessa terça-feira (6), Dia Internacional da Internet Segura, o Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Gaeciber) do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) comemorou um ano de sua criação. O Gaeciber é responsável por atuar junto com os promotores de Justiça no combate aos crimes cometidos por meio da internet, tais como estupro virtual, abuso e exploração sexual infantojuvenil, golpes, fraudes, extorsões, perseguição virtual, racismo, homofobia, entre tantos outros.

Pela resolução que regulamenta o Gaeciber, o enfrentamento à exploração sexual infantojuvenil na internet tem prioridade máxima.

Conforme levantamento do Gaeciber, em 2023 foram registradas em Minas Gerais246 ocorrências de crimes relacionados à pornografia infantil. Contudo, de acordo com o coordenador do Gaeciber, Mauro Ellovitch, muitas vítimas desse tipo de crime não procuram as autoridades por medo ou vergonha, o que gera uma imensa subnotificação.

Desde 12 de janeiro deste ano, por meio da Lei 14.811, o Brasil passou a punir as condutas relacionadas à produção, à transmissão em tempo real, à aquisição e ao armazenamento de fotos ou vídeos com qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais como crime hediondo.

“É necessário que o Estado brasileiro invista na capacitação e estruturação para investigar, processar e prender os envolvidos, direta ou indiretamente, no abuso e exploração sexual infantojuvenil na internet. Com o Gaeciber, o MPMG caminha nessa importante direção”, disse.

Grupo de Atuação Especial de Combate celebra um ano de sua criação e atuação
Segundo levantamento do Gaeciber, em 2023 foram registradas em Minas Gerais, 246 ocorrências de crimes relacionados à pornografia infantil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Rapaz esquizofrênico preso após matar homem a facadas
Rapaz esquizofrênico preso após matar homem a facadas
Homem indiciado por estuprar filhas, cunhadas e uma vizinha
Homem indiciado por estuprar filhas, cunhadas e uma vizinha
Estudante ferido a facadas por colega no momento da merenda
Estudante ferido a facadas por colega no momento da merenda
Condenado pelo assassinato do menino Sidney Júnior está de volta ao presídio
Condenado pelo assassinato do menino Sidney Júnior está de volta ao presídio
Dois irmãos presos por tráfico de drogas
Dois irmãos presos por tráfico de drogas
Advogado preso após agredir porteiro de hospital com socos
Advogado preso após agredir porteiro de hospital com socos
Jovem preso com drogas em Janaúba
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares
Polícia realiza primeira ação do Projeto Convivência Harmoniosa
Suspeito de tráfico preso com 100 pedras de crack
Idoso fica ferido ao ser agredido durante assalto
Rapaz preso com cocaína e crack no “Feijão Semeado”
Preso por posse ilegal de arma e maus tratos
Motociclista perde veículo para ladrão no Santo Inácio
BANNER 2
Escola supera marca de quase 700 mil certificações
Jovem preso com drogas em Janaúba
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares