[views count="1" print="0"]

Governo mira atração de novos investidores

Vice-governador destaca crescimento econômico, geração de empregos e sustentabilidade nos EUA

O vice-governador Professor Mateus, do Novo, representou o Governo de Minas, nos dias 1 e 2/ 9, no Lide Brasil Development Forum, realizado em Washington, nos Estados Unidos. Com o tema central “Potenciais de Investimentos Multilaterais no Brasil”, o evento faz parte de um ciclo de iniciativas internacionais para atração de investimentos para o país. Ele abordou sobre a energia solar fotovoltaica, em crescimento no Norte de Minas e a exploração do lítio na região e no Vale do Jequitinhonha.

Lideranças dos setores público e privado se reuniram para abordar, além das perspectivas econômicas, pautas como desenvolvimento sustentável, energias renováveis, meio ambiente, educação, saúde, serviços públicos, infraestrutura e saneamento. As discussões, ao longo da programação, foram distribuídas em painéis com os seguintes temas: “Fatores que promovem o Desenvolvimento Sustentável”; “Como obter melhor acesso aos fundos multilaterais: saneamento / energias renováveis / meio ambiente / saúde e educação”; “Oportunidades de financiamentos para infraestrutura e serviços públicos nos estados e nos municípios brasileiros”.

Ao lado de nove governadores (AC, AM, DF, GO, MS, RJ, RO e SE), outros dois vice-governadores (PA e ES), além de prefeitos de 11 cidades do país, Professor Mateus destacou, na oportunidade, alguns resultados que Minas Gerais tem alcançado, como a marca de R$ 350 bi em investimentos atraídos, crescimento relativo de 15% do PIB de MG na participação total do PIB do Brasil, além da geração de 750 mil empregos desde o início do Governo Zema, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

“Somos o estado com o menor índice de desemprego em todo o Sudeste e um dos oito em condição de pleno emprego neste momento, o que é motivo de muita alegria e satisfação para o governador Romeu Zema”, pontuou. “Vários dos resultados que atingimos foram alcançados com ajuda dos órgãos multilaterais que estão aqui – e esperamos poder continuar avançando com o apoio dos órgãos de financiamento ao longo do tempo”, sinalizou. O vice-governador de Minas Gerais elencou, também, com base no crescimento econômico, geração de empregos e sustentabilidade, os potenciais do estado para atrair cada vez mais investimentos nacionais e internacionais.

“Tudo isso tem a ver com o que estamos discutindo aqui: captação de recursos para o setor público. Reconhecemos que, para a gente poder continuar crescendo nessa velocidade, é preciso assumir e desempenhar alguns compromissos”, disse, citando a qualificação profissional (por meio do maior programa de formação técnica da história de Minas Gerais – o Trilhas de Futuro), melhoria nas condições de fornecimento de energia e, ainda, investimentos em infraestrutura, tendo em vista que Minas tem a maior malha rodoviária do país.

“O Estado de Minas Gerais, ao longo dos últimos anos, vinha sofrendo com uma falta de capacidade de investimentos derivada de uma gestão financeira catastrófica. Mas a gente já colocou a casa em ordem e, hoje, temos condições de voltar a falar nas grandes áreas de estruturação econômica de MG”, ressaltou Professor Mateus. ”Seguimos com o desenvolvimento de novos projetos e temos certeza de que vamos continuar contando com as parcerias internacionais. Venham a Minas Gerais: é o melhor lugar para se viver e para se trabalhar”, concluiu o vice-governador.

MEIO AMBIENTE E ENERGIA – Minas Gerais foi o primeiro Estado da América Latina e Caribe a aderir à campanha mundial Race to Zero para zerar emissões de carbono. Além disso, fez história em relação à energia solar fotovoltaica como primeiro estado brasileiro a superar a marca de 5 GW em operação, segundo com dados públicos divulgados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“Minas Gerais também acaba de ser reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) como primeiro lugar entre todos os entes subnacionais do mundo como o Estado que mais se comprometeu com o processo de descarbonização e com as políticas de reversão das mudanças climáticas ao longo do tempo”, afirmou Professor Mateus.

VALE DO LÍTIO – Outro destaque econômico e sustentável de Minas Gerais é a exploração do lítio, o metal da transição energética. Como resultado do projeto Vale do Lítio, lançado mundialmente pelo governo Romeu Zema, 15 mil toneladas já foram embarcadas, a partir do trabalho desenvolvido pela empresa Sigma Lithium, com atuação entre as cidades de Itinga e Araçuaí.

O ponto alto do projeto Vale do Lítio – e também da esperança – é o objetivo de gerar transformação econômica e social para o Vale do Jequitinhonha e Norte de Minas, regiões com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado, mas extremamente representativas na concentração do metal raro, utilizado em baterias, ligas metálicas, dispositivos médicos e produção de fármacos (princípio ativo dos medicamentos). ”O Vale do Lítio abriu uma fronteira em uma das regiões mais pobres do nosso estado e vai ser motivo de muito crescimento ao longo dos próximos anos”, enfatizou, lembrando, ainda, que Minas também produz 95% de todo o nióbio consumido no mundo, além de ser um dos maiores produtores mundiais.

Governo mira atração de novos investidores
Matheus Simões participou de evento nos EUA em busca de novos investidores para Minas Gerais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

FABIANO VEM REESTRUTURAR PROGRESSISTAS PARA ELEIÇÕES
Fabiano vem reestruturar Progressistas para eleições
Prefeitura tem mais de R$ 364 mi em caixa
Prefeitura tem mais de R$ 364 mi em caixa
Governador de Minas Gerais promove mudança na equipe
Governador de Minas Gerais promove mudança na equipe
Projeto Jequitaí será licitado na Bolsa de Valores
Projeto Jequitaí será licitado na Bolsa de Valores
Prefeitura anuncia mais um pacote de obras
Prefeitura anuncia mais um pacote de obras
Vices firmam aliança para eleições municipais
Vices firmam aliança para eleições municipais
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Pacheco garante emenda de R$ 2 milhões para Patis
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Municípios terão recursos para retomar obras paradas
Relatório do Código Eleitoral deve prever fim da reeleição
STF invalida regra sobre distribuição de sobras eleitorais
Prefeitos convocados para nova mobilização nacional
Prefeituras vão receber capacitação com foco em projetos sustentáveis
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
TSE vai iniciar análise das resoluções na terça
Governo pagará parcelas da dívida com os municípios
Assembleia recebe vetos parciais ao PPAG e ao Orçamento de 2024
BANNER 2
Escola supera marca de quase 700 mil certificações
Jovem preso com drogas em Janaúba
PC conclui inquérito sobre desvio de verbas públicas
Acusado de matar jovem no dia do aniversário pega 16 anos de prisão
Jovem baleado pula muro de casa e é socorrido por populares