Governo federal apresenta proposta para restauração

Embarcação histórica está parada desde 2014 e, atualmente, impacta operação de usinas hidrelétricas no São Francisco

O Ministério de Minas e Energia apresentou, quarta-feira (6/12), proposta para a restauração do barco a vapor Benjamin Guimarães, patrimônio histórico tombado pelo Estado de Minas Gerais. A embarcação é do município de Pirapora, cujo projeto de restauração tem investimento de aproximadamente R$ 2,3 milhões. A proposta foi realizada no âmbito do Programa de Revitalização dos Recursos Hídricos das Bacias dos Rios São Francisco e Parnaíba, instituído pela Lei 14.182/2021, cujo Comitê Gestor foi definido pelo Decreto nº 10.838/2021.

O barco está com casco aberto e sem condições de flutuação. Em caso de cheia do Rio São Francisco, o patrimônio pode ser danificado e, por isso, a necessidade de concluir a restauração paralisada a cerca de dois anos. A retomada das operações da embarcação irá fomentar o turismo e gerar empregos em Minas Gerais.

“A revitalização do Vapor Benjamin Guimarães não é apenas uma restauração física; ela compatibiliza interesses do setor elétrico com um resgate da nossa história e um compromisso com as futuras gerações”, afirmou o ministro Alexandre Silveira. O Benjamin Guimarães é um barco a vapor construído em 1913, nos Estados Unidos, e chegou ao Brasil para servir à Amazon River Plate Company, no Rio Amazonas.

Durante a década de 1920 foi levado ao Rio São Francisco, para transporte de passageiros e cargas entre Pirapora, Norte de Minas, Juazeiro, na Bahia e, a partir da década de 80, promovia passeios turísticos. Foi tombado como patrimônio histórico em 1985. Em 2014, foi desativado e teve restauração iniciada em 2020, posteriormente paralisada sem a conclusão, deixando o patrimônio em risco às margens do ‘Velho Chico’.

Governo federal apresenta proposta para restauração
Proposta de restauração do barco que é patrimônio histórico tombado pelo Estado de Minas Gerais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Macaco fica preso em para-choque após atropelamento
Macaco fica preso em para-choque após atropelamento
Estado assina o protocolo para regularização de uso de águas
Estado assina o protocolo para regularização de uso de águas
Prefeitura realiza fiscalização educativa nos bares da cidade
Prefeitura realiza fiscalização educativa nos bares da cidade
Município começa a enfrentar período de amplitude térmica
Município começa a enfrentar período de amplitude térmica
Ecocrédito preserva mais de 2 mil hectares
Ecocrédito preserva mais de 2 mil hectares
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Reforço na fiscalização ambiental em Minas
Cachoeiras e montanhas encantam turistas na região
Cachoeiras e montanhas encantam turistas na região
Onça-parda encontrada morta na rodovia MGC-135
Onça-parda encontrada morta na rodovia MGC-135
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Cerrado e caatinga apresentam índices de 43% e 37% em Minas
Programa da Prefeitura investe em sustentabilidade e inclusão
Estado entrega 81 novos carros para unidades regionais do IEF
Defesa Civil faz alerta para nova onda de calor em Minas Gerais
Simpósio acontecerá em Salvador
Membros do CBHSF participam do encontro de comitês em BH
Dnocs participa de evento de apresentação do prognóstico de chuvas e seca no semiárido
Saúde reforça prevenção e enfrentamento às doenças respiratórias
Sindicato da PP ameaça ‘parar’ visita a detentos
Bombeiros realizam captura de serpente em área urbana
Sejusp intensifica acesso à documentação para detentos
CB participa de ação preventiva em escola contra acidentes de trânsito