Foragido da Justiça recapturado após matar cachorro da vizinha

Um foragido da Justiça, de 35 anos, foi recapturado nessa quarta-feira (8/5) após matar uma cadela a tiros na zona rural de Janaúba, no Norte de Minas

Um foragido da Justiça, de 35 anos, foi recapturado nessa quarta-feira (8/5) após matar uma cadela a tiros na zona rural de Janaúba, no Norte de Minas. A própria tutora do animal, que é vizinha do suspeito, acionou a Polícia Militar, que conseguiu localizar e prender o atirador, que, além de ser detido, precisará pagar uma multa de mais de R$ 5 mil.

Segundo depoimento da tutora, o homem, sem motivos, atirou no cão e, em seguida, fugiu em direção a uma área de mata. A partir das informações, os policiais iniciaram buscas pelo atirador, encontrado em uma residência localizada às margens de uma estrada de terra.

Militares da Polícia Militar do Meio Ambiente cercaram a residência e, em seguida, abordaram o suspeito. Ele confessou o crime e informou que havia escondido a arma no meio da mata. Os policiais conseguiram localizar uma espingarda de pressão e uma garrucha, além de munições. O homem foi encaminhado para a delegacia onde foi autuado em flagrante. Em seguida ele foi conduzido para o sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.

Além disso, teve lavrado em seu nome um auto de infração no valor de R$ 5,2 mil. Durante consulta, os policiais ainda constataram que o homem estava foragido. O crime pelo qual ele era procurado não constava no sistema da PM, mas ele possui registros por furto, ameaça, lesão corporal e descumprimento de medida protetiva.

MAUS-TRATOS CONTRA ANIMAIS – Maltratar animais é crime no Brasil. Desde setembro de 2020, a Lei 14.064, que serviu de marco na luta contra essa crueldade, endureceu as penas para quem praticasse condutas contra cães e gatos. A legislação ficou conhecida como Lei Sansão, em homenagem a um cachorro da raça pitbull que teve as pernas traseiras decepadas em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A partir da lei, a pena para maus-tratos contra cães e gatos aumentou de 3 meses a 1 ano de detenção (que podia ser cumprida em regime aberto ou semiaberto) para de 2 a 5 anos de reclusão (em regime fechado), além de multa e perda da guarda do animal. Caso o crime resulte em morte, a pena pode ser aumentada em até 1/3. Antes, os crimes eram considerados de menor potencial ofensivo.

Foragido da Justiça recapturado após matar cachorro da vizinha
Espingarda utilizada pelo suspeito para matar cão na zona rural de Janaúba foi apreendida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Pedestre fica ferido ao ser atropelado por carro
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Vítimas de acidente em estradas federais caem 60% em Minas Gerais
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Criminosos rendem motorista de coletivo e tentam incendiar veículo
Casos de ‘stalking’ crescem 40% em um ano em Minas Gerais
Casos de ‘stalking’ crescem 40%em um ano em Minas Gerais
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
Homem condenado a 166 anos por abusos sexuais contra quatro filhas
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PRF faz operação com 800 policiais nas rodovias de MG
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
Forças de segurança protestam por reajuste
Cegonheira apreendida e motorista detido por direção perigosa na 251
Assaltantes levam mochila com R$ 38 mil
Bandidos invadem casa em Janaúba e roubam R$ 100 mil
Criminosos fingem ajudar motociclista para assaltá-lo
PC investiga suposto envenenamento de duas irmãs de 3 e 6 anos em Jaíba
Operação Corpus Christi nas rodovias do Norte de Minas
PC alerta para notícias falsas sobre carteira de identidade
TJMG participa do anúncio das obras de quartel dos Bombeiros
Polícia Civil lança site sobre desaparecimento de pessoas
Polícia de Meio Ambiente lança Operação “Curupira”
Forças de segurança protestam por reajuste