Fiscalização da piracema termina com apreensão de 1,5t de pescado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) realizou, no período de 1/11/2023 a 29/2/2024, 890 fiscalizações relacionadas à pesca no Estado de Minas Gerais, com 21 atuações em Montes Claros.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) realizou, no período de 1/11/2023 a 29/2/2024, 890 fiscalizações relacionadas à pesca no Estado de Minas Gerais, com 21 atuações em Montes Claros. A maior parte das fiscalizações (467) ocorreu motivada por operações de fiscalização já planejadas e programadas no Plano Anual de Fiscalização (PAF).

Realizadas em parceria com a Polícia Militar de Meio Ambiente, as ações também contaram com 601 blitze em estradas e rodovias; 315 patrulhas de fiscalização de comércio de pescado e carvão empacotado; 1.124 patrulhas desembarcadas em local de pesca; além de 200 patrulhas diurnas embarcadas e 38 patrulhas embarcadas noturnas.

No período analisado, os dez municípios onde ocorreu a maior parte das fiscalizações da pesca no Estado foram: Governador Valadares (52), Morada Nova de Minas (41), São Gonçalo do Abaeté (24), Montes Claros (21), Unaí (20), Betim (17), Pedra Azul (17), Além Paraíba (15), Três Marias (15) e Uberlândia (15). Nas fiscalizações, foram constatadas 150 infrações, com aplicação de multas simples e advertências. Os municípios com a maior parte das infrações foram: Morada Nova de Minas (35), São Gonçalo do Abaeté (24), Presidente Olegário (12), Coromandel (6), Formiga (6), Pompéu (4) e Santa Vitória (4).

O PAF é elaborado de forma conjunta e articulado entre o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), anualmente, e contempla as ações de fiscalização que serão executadas pela Semad e suas entidades vinculadas: Instituto Estadual de Florestas (IEF), Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam).

PMMG – Nas ações executadas pela Polícia Militar de Meio Ambiente, foram apreendidos 1.528 quilogramas de pescados, além de 67 tarrafas, 65 molinetes, sete carretilhas,três embarcações e dois motores de popa, dentre outros objetos como: 20 espinhéis, 118 pindas, 28 caniços ou varas, 26 armas de fogo e 398 munições. Além disso, 345 redes foram apreendidas e outras 679 foram recolhidas. Foram efetuadas 66 prisões e apreendidos dois menores.

Os valores dos Autos de Infração da pesca lavrados pela PMMG somaram R$ 1.065.452,44. Já os valores de emolumento de reposição da pesca (ERP) totalizaram R$ 139.776,68. O pagamento de ERP, para além da multa imposta pela prática de infração tipificada no Decreto Estadual 47.383/2018, é penalidade aplicada nos casos de apreensão de pescado. Os valores são calculados com base na quantidade de pescado apreendido.

INFRAÇÕES – As infrações mais constatadas foram as dos seguintes códigos do Decreto Estadual 47.383/2018:

• Capturar, portar, guardar, acumular ou transportar, durante o período da piracema, quantidade superior de espécimes autorizadas por dia ou jornada: 38 constatações;

• Portar, guardar ou transportar aparelhos de pesca de uso proibido para a categoria ou não autorizados na licença: 31 constatações; deixar de realizar ou realizar incorretamente a Declaração de Estoque do Pescado, no prazo estabelecido na norma: 12 constatações; capturar, adquirir, portar, guardar, utilizar, doar, receber, transportar, comercializar, manter em depósito para comércio;

• Industrializar ou beneficiar espécies nativas protegidas na piracema, ou espécies nativas fora do período da piracema que estejam protegidas e/ou ameaçadas de extinção, conforme estabelecido em normas vigentes, sem autorização do órgão ambiental competente ou em desacordo com a mesma: nove constatações; capturar, adquirir, portar, guardar, utilizar, doar ou receber, transportar;

• Comercializar, armazenar, manter em depósito para comércio, industrializar ou beneficiar espécies nativas com tamanho inferior ao mínimo estabelecido pelas normas vigentes ou seccionados em partes com tamanho inferior ao mínimo estabelecido para a espécie: seis constatações.

“Entre as apreensões, as que mais se repetiram foram de pescados e aparelhos de pesca”, observa a diretoria de Estratégia da Fiscalização da Semad, Larissa Madureira Martins.

O Governo de Minas, por meio da Semad, disponibiliza diversos canais de denúncias ambientais e conta com o apoio da sociedade para monitorar e denunciar práticas evidentes ou suspeitas de irregularidades ambientais. A denúncia ou solicitação de fiscalização ambiental pode ser feita pelo LigMinas (ligue 155 – opção 7) ou por meio deste link, que traz mais informações sobre o assunto.

Fiscalização da piracema termina com apreensão de 1,5t de pescado
FISCALIZAÇÃO da piracema terminou com a apreensão de 1,5 toneladas de pescado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Presos suspeito investigado em 10 furtos cometidos em dois meses
Presos suspeito investigado em 10 furtos cometidos em dois meses
Casal preso cultivando plantação de maconha
Casal preso cultivando plantação de maconha
Casal abordado por assaltantes na porta de casa e tem carro roubado
Casal abordado por assaltantes na porta de casa e tem carro roubado
Pássaros da fauna silvestre apreendidos
Pássaros da fauna silvestre apreendidos
PC incinera mais de 200 kg de droga em Taiobeiras
PC incinera mais de 200kg de droga em Taiobeiras
Operação contra desmatamento ilegal gera R$ 15 mi em autuações
Operação contra desmatamento ilegal gera R$ 15 mi em autuações
Alvo de bandidos na 251, carreta dos Correios é localizada pela PM
Alvo de bandidos na 251, carreta dos Correios é localizada pela PM
Cantor morre ao ser atropelado por moto
Cantor morre ao ser atropelado por moto
Dupla detida suspeita de tráfico de drogas
Homem condenado a 14anos de prisão por homicídio
Polícia Civil investiga furto em casa após interdição de prédio
Furto de veículos volta a crescer no Estado
Igreja arrombada e armários são revirados
Foragido da Justiça recapturado após perseguição a motociclista
Jovem é agredido e amarrado dentro de casa durante assalto
Roubada carga de 20 toneladas enviada para prédio interditado
Cimams e Unimontes realizam Seminário
Clínica quebra todos os paradigmas e torna acessível a saúde especializada a todos
Cejuscs de Bocaiúva, Francisco Sá e Buenópolis recebem visita técnica
PEC das Drogas inconstitucional pode agravar cenário de violência
Presos suspeito investigado em 10 furtos cometidos em dois meses