Empregadores têm até o dia 29 para informar sobre rendimentos

Os empregadores têm até o dia 29 de fevereiro para enviar aos funcionários o informe com os rendimentos referentes a 2023.

Os empregadores têm até o dia 29 de fevereiro para enviar aos funcionários o informe com os rendimentos referentes a 2023. O prazo também vale para bancos e corretoras de valores, que devem disponibilizar o documento referente aos rendimentos de aplicações financeiras aos seus clientes. A disponibilização dos informes de rendimentos é obrigatória e pode ser feita pelo correio ou na forma digital, por e-mail, internet ou intranet.

Os informes são necessários para preencher a declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física 2024 (IRPF). Este ano, o período de entrega das declarações do Imposto de Renda, sem multa, vai de 15 de março a 31 de maio. Entre as informações contidas nos informes de rendimentos estão o total dos rendimentos tributáveis, a exemplo dos salários; os descontos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); os rendimentos tributáveis exclusivamente na fonte, como o 13º salário; imposto de renda retido na fonte, se houver; eventuais rendimentos isentos, como venda das férias e descontos; e despesas com plano de saúde ou odontológico coletivo, se houver.

A declaração do IRPF é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis acima de dois salários mínimos. A nova tabela foi publicada em uma medida provisória no dia 6, e alterou a primeira faixa da tabela progressiva mensal, com elevação do limite de aplicação da alíquota zero, que passou de R$ 2.112 para R$ 2.259,20.

O contribuinte com rendimentos de até R$ 2.824 mensais será beneficiado com a isenção porque, em razão do desconto simplificado de R$ 564,80, que resulta em uma base cálculo mensal de R$ 2.259,20, o mesmo limite máximo da faixa de alíquota zero da nova tabela.

A Receita orienta o contribuinte a guardar os informes de rendimentos por, no mínimo, 5 anos, contados a partir de 1º de janeiro do ano seguinte ao do processamento da declaração. A regra também vale para os demais documentos que servem para comprovar as informações prestadas na declaração.

Empregadores têm até o dia 29 para informar sobre rendimentos
INFORMES são necessários para preencher a declaração do Imposto de Renda da Pessoas Física

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Secretaria de Fazenda divulga balanço da arrecadação do IPVA
Secretaria de Fazenda divulga balanço da arrecadação do IPVA
Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2024
Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2024
Pagamento da segunda parcela do IPVA começa nesta segunda
Pagamento da segunda parcelado IPVA começa nesta segunda
Empregadores têm até o dia 29 para informar sobre rendimentos
Empregadores têm até o dia 29 para informar sobre rendimentos
Montes Claros tem a 7ª maior arrecadação de Minas Gerais
Montes Claros tem a 7ª maior arrecadação de Minas Gerais
Pagamento do IPVA 2024 vai começar no próximo dia 15
Pagamento do IPVA 2024 vai começar no próximo dia 15
Escala de pagamentos do IPVA começará no dia 15 de janeiro
Escala de pagamentos do IPVA começará no dia 15 de janeiro
Contribuintes podem ajudar instituições através da Declaração do IRPF
Lançado programa para ajudar empresas com dívidas de ICMS
Terceira parcela do IPVA 2024 começa a vencer nesta segunda
Governo aumenta limite de isenção para 2 salários
Produtor tem até o final deste mês para optar por qual regime recolherá a contribuição do Funrural
Municípios já podem estimular contribuintes
Estado consolida liderança nacional em energia solar
Jovem é agredido e amarrado dentro de casa durante assalto
Roubada carga de 20 toneladas enviada para prédio interditado
Motociclista bate em carro e é arremessado em avenida
Carro furtado em SP é apreendido na MGC-122