[views count="1" print="0"]

Dupla presa suspeita de matar idoso em Indaiabira

Dois investigados por envolvimento em um homicídio motivado por disputas de terras em Indaiabira, no Norte de Minas, foram presos pela Polícia Civil na tarde dessa segunda-feira (5).

Dois investigados por envolvimento em um homicídio motivado por disputas de terras em Indaiabira, no Norte de Minas, foram presos pela Polícia Civil na tarde dessa segunda-feira (5). Eles têm 24 e 37 anos e estavam com mandado de prisão em aberto desde dezembro do ano passado. Um terceiro suspeito do crime, de 59 anos, já havia sido preso. Conforme a PC, a vítima, um idoso de 64 anos, foi assassinado na comunidade de Mocambo. Na época da primeira prisão, a PC afirmou que um dos três suspeitos é sobrinho dele.

“A investigação realizada pela Delegacia em Taiobeiras apontou que o crime foi motivado por disputas de terras em região produtora de eucalipto. Conforme apurado, antes do crime, a vítima havia ingressado com uma ação de esbulho possessório contra o suspeito, acirrando as disputas entre eles”, detalhou a PC nessa terça-feira (6).

SOBRE O CRIME – O ancião foi encontrado sem vida na zona rural de Indaiabira no dia 12 de outubro do ano passado. O cadáver dele estava ao lado do carro dele, em Mocambo. Segundo a Polícia Militar, a perícia identificou que a vítima levou um tiro no peito e apresentava hematomas na testa e orelho, provenientes de objeto contundente.

Durante os levantamentos, a PM foi até a casa da vítima, onde encontrou marcas de sangue perto de um cano de espingarda. Uma testemunha contou para os policiais que no dia anterior houve um desentendimento entre o idoso e um outro homem, que foi procurado, mas não foi encontrado.

Enquanto faziam as buscas, os policiais foram informados sobre a identidade de um segundo suspeito, que foi visualizado enquanto tentava pegar carona na estrada da Barra da Alegria. Ao ver a viatura, ele fugiu por um matagal e não foi localizado.

PRISÃO – “Os mandados foram cumpridos de forma simultânea por policiais civis da Delegacia em Taiobeiras e pela Polícia Militar em Indaiabira, resultando na prisão dos dois suspeitos”, explicou o delegado. Após os trabalhos de polícia judiciária, ambos foram encaminhados ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendadas a você

Sudene vai beneficiar pequenos produtores
Sudene vai beneficiar pequenos produtores
PM apreende revólver e drogas com dupla durante a madrugada
PM apreende revólver e drogas com dupla durante a madrugada
Corpo de homem morto a tiros é retirado de dentro de cisterna
Corpo de homem morto a tiros é retirado de dentro de cisterna
Promotores definem objetivos prioritários no combate ao crime
Promotores definem objetivos prioritários no combate ao crime
PCMG apresenta balanço de operações realizadas no Estado
PCMG apresenta balanço de operações realizadas no Estado
Grupo de Atuação Especial de Combate celebra um ano de sua criação e atuação
Grupo de Atuação Especial de Combate celebra um ano de sua criação e atuação
Polícia Civil se mobiliza em todo o Estado
Polícia Civil se mobiliza em todo o Estado
PF dá início às celebrações de 80 anos com lançamento de logomarca
PF dá início às celebrações de 80 anos com lançamento de logomarca
PF recaptura condenado a 96 anos que participou da Chacina de Unaí
Mulher baleada no rosto e braço em São João do Paraíso com 38
Retido ônibus com mercadorias avaliada sem R$ 200 mil na BR-135 em Montes Claros
Ferido à bala ao furtar celular em Pirapora
PM descobre esconderijo de drogas em Rio Pardo
Reincidência específica como único fundamento pode aumentar pena
Legislador prescreve alguns requisitos para a obtenção da reabilitação criminal
PM prende acusado com drogas em Salinas
BANNER 2
Rotary repassa recursos ao Lar Padre Henrique
Projeto aprovado pelo Senado vai novamente para a Câmara Federal
PF recaptura condenado a 96 anos que participou da Chacina de Unaí
Mulher baleada no rosto e braço em São João do Paraíso com 38
Retido ônibus com mercadorias avaliada sem R$ 200 mil na BR-135 em Montes Claros